Tratamento térmico do aço melhora desempenho dos moldes de injeção

Nova fábrica – O grupo Bodycote International, com sede no Reino Unido e mais de trezentas fábricas em diversos países, é um dos principais nomes do ramo de tratamento térmico no mundo. No Brasil, a multinacional adquiriu, em 2006, a Brasimet, empresa fundada em São Paulo em 1942. Ao longo de sua história, a Brasimet, além de realizar tratamentos térmicos, ficou conhecida por fabricar fornos, produtos químicos para metalurgia e outras atividades. Hoje, a Bodycote Brasimet atua exclusivamente como prestadora de serviços industriais, entre os quais os tratamentos térmicos aparecem com destaque.

Plástico Moderno, Shun Yoshida, Gerente nacional de engenharia e desenvolvimento, Tratamento térmico do aço melhora desempenho dos moldes de injeção
Forno da Bodycote é o único com certificado aeroespacial

A multinacional inaugurou no início de 2011 em Jundiaí-SP uma moderna unidade voltada exclusivamente para tratamentos térmicos. A nova fábrica tem, entre outros equipamentos, cinco fornos de revenimento a vácuo, entre os quais o maior do Brasil, com 1,8 tonelada de carga e possibilidade de tratar peças de até 1,5 metro de comprimento. Também possui o único forno do país certificado pela indústria aeroespacial, conhecida pelo rigor de suas normas. A empresa conta com outras unidades industriais, localizadas em São Paulo, Campinas-SP, Joinville-SC e São Leopoldo-RS.

“A Bodycote é líder mundial e no Brasil de tratamentos térmicos”, orgulha-se Shun Yoshida, gerente nacional de engenharia e desenvolvimento. A indústria do plástico corresponde a 30% do faturamento da empresa. “É um nicho muito importante para nós.” O gerente lamenta a importação em elevada escala de moldes chineses, o que prejudica ferramenteiros e seus fornecedores como um todo. Uma das vantagens, afirma o executivo, é possuir equipe de engenheiros altamente especializada. “Ao recebermos uma consulta, fazemos a análise das solicitações às quais se submeterão os moldes e, de acordo com as variáveis, adequamos o tratamento térmico a ser realizado às necessidades dos clientes”, afirma Yoshida.

Os serviços de têmpera e revenimento da empresa são prestados em fornos a vácuo. “Temos maior quantidade de equipamentos e adequação logística, com fornos nos estados de São Paulo, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, próximos dos grandes polos ferramenteiros”, ressalta. Para Yoshida, o processo a vácuo permite controle total de temperatura, tanto no núcleo como na superfície das peças. Não há risco de descarbonetação e as distorções dimensionais são mínimas. Outras vantagens são a ausência de ataque químico à superfície das peças e de risco de corrosão ou oxidação.

Plástico Moderno, Tratamento térmico do aço melhora desempenho dos moldes de injeção
Equipamento usado para o processo Durotin PVD

A Bodycote Brasimet também conta com equipamentos voltados para a realização de operações de tratamentos superficiais. Um deles é a nitretação a plasma com a marca Ionit. O processo, realizado em temperaturas de até 450ºC, é conduzido em câmara a vácuo, preenchida com mistura de gases como nitrogênio, argônio e metano. Uma descarga elétrica de alta voltagem forma um plasma dessa mistura gasosa. Os íons de nitrogênio, então, são acelerados através do plasma e bombardeiam a superfície das peças, gerando uma camada de nitretos dura e resistente à fadiga e ao desgaste. Entre outros benefícios, permite controle preciso da profundidade, composição e presença ou não de compostos na camada nitretada.

Mais sofisticado é o revestimento superficial com a marca Durotin PVD (Physical Vapour Deposition), que permite depositar uma série de nitretos em diversas arquiteturas, casos de monocamadas, multicamadas, nanocamadas e camadas com gradiente de composição. Os centros de revestimento PVD operam com tecnologia de arco catódico e magnetron sputtering. A tecnologia utiliza duas etapas de deposição em diferentes temperaturas, selecionadas de acordo com o tipo de material a ser tratado. No caso da injeção de plásticos, proporciona às peças tratadas menor desgaste abrasivo, menor aderência do produto no molde, diminuição da frequência de repolimento e redução da necessidade de uso de desmoldantes. O Durotin Duplex, uma combinação dos processos de nitretação a plasma e PVD, proporciona aumento da resistência do ferramental à compressão, devido à transição gradual da dureza superficial. Também permite aumento da resistência à fadiga e recondicionamento da superfície.

Outro serviço oferecido pela Bodycote Brasimet bastante solicitado pelas ferramentarias é a brasagem. O processo permite a junção de dois ou mais componentes metálicos por meio do uso de calor, de um ambiente adequado e de um metal de adição com ponto de fusão superior a 450ºC, porém inferior ao ponto de fusão dos metais de base. “Com ele, é possível usinar canais de refrigeração com curvas, em muitos moldes indispensáveis para garantir maior rapidez aos ciclos de injeção”, explica Yoshida.

Atmosfera controlada – No ano 2000, a fabricante de máquinas Caterpillar planejou promover a terceirização de seu departamento de tratamentos térmicos. Para levar seu projeto adiante, fez parceria com alguns empresários interessados em abrir uma empresa do ramo. Assim nasceu a Thermix, no município de Piracicaba-SP. No início, funcionava apenas para atender o cliente famoso. Com o tempo, a empresa ganhou fôlego e diversificou a clientela. Hoje, conta com duas outras unidades instaladas no estado de São Paulo, na capital e em Sertãozinho, além de uma na cidade gaúcha de Caxias do Sul. Está prevista a inauguração no final do segundo semestre de uma quinta unidade em Valinhos-SP.

Página anterior 1 2 3Próxima página

Um Comentário

  1. Informação muito bem colocada, e digo mais a nitretação é tão importante que hoje podemos em alguns casos fazer toda parte de ajustes nos moldes e mesmo após submetidos a Nitretação os mesmo não perdem sua parte dimensional ajustadas. Então parabéns pelas informações passadas.
    Também sugerimos as informações voltadas para o seguimento de estampados, que por sua vez passam por todo este processo critico, antes de serem aplicados nas ferramentas. As solicitações podem ser diferentes em função de não ser um ataque a nível de injeção de uma matéria prima, mas geralmente são processos a frio de conformação ou até mesmo a quente, que com certeza submetidos a tratamentos específicos darão uma melhor qualidade as ferramentas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios