Plástico

Transformação: Recalque alivia injeção e evita tensionar peças

Plastico Moderno
1 de novembro de 2017
    -(reset)+

    Em outras regulagens, percebe-se a peça sendo completada com o recalque, praticamente com a mesma pressão de injeção. Enfim, se eliminarmos o recalque, o produto vai ser preenchido da mesma maneira.

    O recalque, de uma maneira geral, deverá entrar logo após o preenchimento da cavidade da peça, com uma pressão menor que a pressão de injeção. Ele vai atuar compactando o produto e evitando que o material retorne da cavidade do molde à medida que ocorre a dosagem.

    O tempo de recalque pode ser maior, menor ou igual ao tempo de injeção e dependerá do produto, molde e resina que está sendo injetado, da temperatura do molde e de outros fatores já citados.

    Imaginemos o canal de injeção ainda no estado pastoso, sem ocorrer a solidificação e, ao terminar de preencher a peça, iniciar a dosagem.

    A própria rosca poderá “puxar” o material que ainda estará fundido dentro da cavidade, provocando chupagens na peça, deformações, redução de peso e fazendo com que as dimensões do produto sejam reduzidas.

    O recalque, portanto, serve para compactar a peça enquanto o canal de injeção se solidifica, evitando esses defeitos nos produtos injetados.

    Plástico Moderno, Tela do simulador mostra redução do recalque a 0,5, 3 e 10 segundos

    Tela do simulador mostra redução do recalque a 0,5, 3 e 10 segundos

    Podemos deduzir que, em geral, a pressão de recalque deverá ser menor que a de injeção e, à medida que o canal de injeção se solidifica, essa pressão poderá ser cada vez mais reduzida, por isso existe o escalonamento da pressão de recalque, por meio do qual essa pressão vai diminuindo a medida que o tempo passa.

    Esse escalonamento pode ser feito dentro do tempo de recalque, por exemplo, 0,5 s, 3 s ou 10 s, dependendo da peça que está sendo injetada, ou seja, podemos iniciar o recalque com pressão de 40 bar e termine com 5 bar, utilizando um tempo de recalque de 0,5s ou 3s ou 10s.

    A partir do momento que o canal de injeção se solidificou, o recalque será totalmente desnecessário e não irá alterar nenhuma propriedade ou característica do produto final e essa verificação normalmente é feita pesando-se a peça com balanças de extrema precisão.

    O recalque pode ser comutado de diversas maneiras, seja por tempo, por posição, por pressão hidráulica ou pressão na cavidade do molde.

    Normalmente, nas peças grandes, o recalque é regulado por curso (posição), peças pequenas por tempo e, nas peças de muita precisão, o recalque é determinado por pressão na cavidade onde se faz necessários sensores de pressão em pontos específicos de preenchimento dentro do molde.

    A pressão hidráulica normalmente é usada amarrando regulagens de recalque por tempo e curso, utilizando-se de maior segurança no processo, nas cavidades do molde, evitando por exemplo, que um bico de injeção venha a entupir e a pressão suba demasiadamente, ou quando ocorre uma alteração na fluidez do material, viscosidade do óleo, material reciclado, etc.

    Pode-se verificar, portanto, que o recalque é um recurso que deve ser utilizado com bastante critério e com conhecimento de como e quando utilizá-lo corretamente, caso contrário, não existirão melhorias na qualidade do produto injetado e muito menos na redução do ciclo da máquina.

    Quando bem aplicado, consegue-se melhorar o aspecto visual, controlar dimensionamento, reduzir tensionamento e peso de peças, reduzir tempos de ciclo, esforços de máquina, energia elétrica, evitar danos nas cavidades de moldes, diminuir manutenções em moldes, aumentando-se assim a produtividade.



    Recomendamos também:








    3 Comentários


    1. Alan carvalho

      Muito boa essa sua reportagem sobre recalque estou no ramo pastico a mais de 18 anos e nao sabeis disso


    2. jansem

      Esta teoria e relativa. Pecas de precisão dimensionais, que se preenche facilmente e aparentemente estão perfeita mais as dimensiones não ficam corretas. podemos precizar de + ou – ou tempo de injeção para colocar nas dimensões corretas.


    3. Luiz Barbosa Albuquerque

      meu bom dia, essas dicas de injeção e recalque e muito importante , principalmente para os mais velhos com mais experiência q. acha q sabe de tudo. más a cada dia aprendemos algo novo ,basta está atento as mudanças e qerer aprender a cada dia um com o outro . muito obrigado.



    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *