Ferramentaria Moderna

Transformação – Como parar uma injetora de plástico

Plastico Moderno
26 de agosto de 2020
    -(reset)+

    Plástico Moderno -

    Como parar uma injetora de plástico sem muitos danos ao equipamento

    Por causa da Covid-19, muitas fábricas de transformação de plásticos, de todos os segmentos, tiveram que suspender ou reduzir suas atividades produtivas e, consequentemente, suas máquinas ficaram paradas. Aí vêm a pergunta: “como parar esse tipo de equipamento sem que ele gere manutenções quando do seu retorno à operação?”

    A pandemia fez com que muitas empresas precisassem parar suas atividades, mas poucas sabiam como cuidar de seus equipamentos e preservar a integridade dos mesmos para operação após a parada.

    Quando o assunto é manutenção, dentro das empresas é algo que se torna indesejado, por ser sinônimo de contas e despesas inesperadas. A maioria das empresas trata a manutenção em geral como despesa e não como investimento necessário para o bom funcionamento dos equipamentos. Pouco se fala em manutenção preventiva, o que seria o mais indicado dentro de qualquer empresa, mas sim em manutenções corretivas, aquela só realizada quando o equipamento para de vez. Isso dá uma falsa impressão de que a peça ou componente do equipamento foi aproveitado ao máximo antes de ser substituído.

    E quando a parada do equipamento for necessária por um período indeterminado, por razões de força maior, o que fazer?

    Vamos dar algumas dicas de como aproveitar esse tempo não produtivo e torná-lo produtivo, preservando os componentes das máquinas injetoras de plástico.

    Primeiro: aproveite esse tempo para corrigir problemas existentes, faça uma inspeção visual no equipamento, tomando anotações de problemas a serem corrigidos. Mangueiras danificadas, barulhos incomuns, vazamentos de óleo ou água, etc.

    Segundo: faça uma limpeza geral nos equipamentos, retirando graxas velhas em toda máquina, galhos ou canais de alimentação, resíduos de óleos lubrificantes e etc.

    Terceiro: filtre todo o óleo do sistema hidráulico e limpe os filtros.

    Quarto: limpe o sistema de refrigeração, como o trocador de calor, e se possível a torre de refrigeração.

    Quinto: reaperte todo o sistema elétrico principalmente o motor elétrico, sistema de aquecimento e chave geral.

    Sexto: não deixe o cilindro de plastificação com nenhum tipo de resina, faça uma limpeza esgotando todo material.

    Sétimo: engraxe os pontos recomendados pelo fabricante do equipamento.

    Oitavo: retire o molde para facilitar a limpeza do equipamento e cubra a máquina com uma lona.

    Plástico Moderno -

    Alexandre Farhan

    Essas são algumas dicas de como preservar sua máquina injetora de plástico em uma parada por um tempo prolongado, evitando assim alguns problemas indesejados em seu retorno, mas isso não quer dizer que seu equipamento esteja totalmente livre de problemas na volta das atividades.

    Essas são dicas para ajudar a aproveitar o tempo de parada do equipamento, melhorar o seu desempenho e facilitar a retomada das atividades.

    Opte sempre por realizar as manutenções preventivas em seus equipamentos, sejam eles quais forem. Os danos de realizar uma manutenção preventiva, e inclusive os custos, podem ser muito menores, comparados com as manutenções corretivas, nas quais você pode perder ainda mais horas de produção aguardando um técnico ou a peça que precisa ser trocada.

    Plástico Moderno -

    Ronaldo Gomes de Morais

    Autores:

    Alexandre Farhan é Administrador de Empresas e técnico em plásticos pelo Senai-SP, com 30 anos de atuação no setor. Atualmente, é diretor da Escola LF, especializada na formação de profissionais para a indústria de transformação plástica pelos processos de injeção, sopro e extrusão. (www.escolalf.com.br e/ou alexandre@escolalf.com.br)

    Ronaldo Gomes de Morais é técnico do processo de injeção, câmara quente e materiais plásticos, formado na Escola LF, da qual é instrutor desde 2014. Trabalha na área de injeção de plásticos desde 2002, tendo atuado em várias empresas do setor plástico, chegando ao cargo de gerente. Também atendeu vários clientes com cursos profissionalizantes na escola e treinamentos in company pelo Brasil.



    Recomendamos também:








    0 Comentários


    Seja o primeiro a comentar!


    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *