Ferramentaria Moderna

Telhas: Mercado nacional se rende ao PVC e deve gerar boas oportunidades de negócios

Jose Paulo Sant Anna
1 de fevereiro de 2013
    -(reset)+

    Outro aspecto importante é a divulgação do produto no segmento da construção civil, no qual as telhas de PVC ainda são pouco conhecidas. Aumento de produção e divulgação são fatores que precisam correr em paralelo. Não adianta produzir as telhas se não houver clientes que as conheçam. E vice-versa. Uma grande demanda sem a correspondente oferta causa estragos à imagem do produto.

    A preocupação com o êxito futuro das telhas de PVC foi o motivo principal da criação da Abitelha, idealizada há cerca de um ano e criada de maneira oficial no último mês de novembro. Ela agrupa empresas envolvidas, das fabricantes das telhas aos fornecedores de equipamentos e matérias-primas. Braskem e Precon resolveram fundar a entidade, preocupadas com a possibilidade de surgir no mercado fabricantes oportunistas, fornecedores de produtos de qualidade duvidosa capazes de comprometer os interesses das empresas sérias.

    As primeiras providências têm sido desenvolver pré-normas a serem seguidas pelos fabricantes nacionais. “Queremos dar ao mercado suporte institucional. As telhas não são iguais em todo o mundo, existem detalhes específicos para a realidade brasileira”, explica Nilton Valentim, diretor executivo da associação.

    Pioneira, parte I – A Braskem entrou no desenvolvimento deste projeto em 2009, em parceria com a Precon. Sua primeira missão foi trabalhar no desenvolvimento da fórmula do PVC capaz de se adaptar melhor às necessidades da telha. Foram estudados aspectos voltados de acordo com as condições climáticas brasileiras, sujeitas a intempéries como características das chuvas, radiações ultravioleta, temperaturas e outras variáveis.

    Para Americo Bartilotti Neto, diretor comercial de PVC da Braskem, o processo teve como mote principal avaliar os efeitos de diferentes aditivos na composição do PVC. O diretor comercial explica que os diversos materiais são utilizados de forma que contribuam com suas propriedades inerentes. A camada do PVC, usada como base da telha, é responsável pela rigidez, resistência às chamas, resistência ao impacto e cargas externas, e acabamento interno. “A formulação é bastante distinta da utilizada em tubos”, ressalta.

    Outro grande desafio foi compatibilizar a coextrusão com o acrilato. “Este desenvolvimento levou aproximadamente um ano e aperfeiçoamentos seguem acontecendo.” O acrilato tem como função a resistência às intempéries e o acabamento externo em diferentes cores. Também precisa ser resistente às chamas.

    Toda essa preocupação vem acompanhada, é lógico, da necessidade de se chegar ao custo final afinado com as necessidades do mercado. O esforço do trabalho, para o representante da Braskem, será compensador. Bartilotti destaca o incremento anual de 30 milhões de metros quadrados do mercado nacional de telhas ocorrido nos últimos anos. “Somente esse incremento representa cerca de 60 mil toneladas de resina de PVC”, calcula.

    Hoje, o retorno já é considerado satisfatório. Tudo deve melhorar com a finalização do processo de aprovação técnica formal das telhas de PVC no âmbito do Sistema Nacional de Avaliações Técnicas (Sinat). A aprovação é exigência da Caixa Econômica Federal para listar o produto como utilizável nas construções do projeto Minha Casa, Minha Vida.

    Pioneira, parte II – O grupo Precon, com matriz instalada no município de Pedro Leopoldo-MG, é bastante conhecido e tem forte atuação no setor de materiais para construção. O conhecimento desse mercado e o potencial do produto incentivaram o nascimento da empreitada. “Começamos a produzir as telhas no final de 2010”, conta Eder Campos, diretor de operações de mercado. Hoje, a empresa fornece três formatos: “colonial”, “trapezoidal” e “ondinha”, cada um indicado para diferentes tipos de construções. Os compradores também contam com três opções de cores.

    A produção não para de crescer. “Durante 2012, produzimos uma média de 600 toneladas por mês”, revela. Em 2013, a produção inicial será o dobro da daquele ano. “Até o final de 2013, queremos chegar a 1,5 mil toneladas por mês”, diz. Hoje, a empresa tem cinco linhas de extrusão em funcionamento instaladas em uma fábrica em Pedro Leopoldo. Outras quatro linhas começam a ser instaladas no local.

    Campos anuncia incrementos na capacidade produtiva da fábrica

    Campos anuncia incrementos na capacidade produtiva da fábrica

    Também entram em operação cinco linhas em planta inaugurada em Maceió-AL. “Cada uma dessas duas plantas tem espaço para operar até vinte máquinas”, explica. O diretor de operações dá uma ideia do significado desse potencial. “Se estivéssemos produzindo com as quarenta máquinas, a capacidade produtiva representaria 4% do mercado nacional de telhas”, calcula.

    Mesmo com o aumento da capacidade, a empresa não tem conseguido atender aos interesses dos clientes. “A procura tem sido muito boa.” Os motivos do sucesso, para Campos, são os mesmos apontados pelos entrevistados: as vantagens do produto em relação aos feitos com matérias-primas concorrentes.



    Recomendamos também:








    23 Comentários


    1. Luiz Claudio Bellotto

      algum representante no oeste do PR?


    2. pedro

      quanto custa o mtr quadrado e um calculo para uma area de 200 mts quadrado e qual a forma de pagto.


    3. Alves

      Quantos anos podem durar,são resistentes aos raios UV?


    4. Vera

      Para uma casa com 145 metros quadrados quantos telhas de 2,30 de comprimento devo comprar? Aguardo resposta.Obrigada.


    5. onde encontro estas telhas no oeste do parana ???… moro em toledo-parana


      • Luiz Claudio Bellotto

        Leandro. tb moro em Toledo PR. e quero saber mais a respeito dessas telhas. Mas até agora ninguem me respondeu. conseguiu alguma coisa??


    6. Qual o valor das peças.
      Onde posso adquirir , telhas de PVC , em Paulo Afonso BA, ou em cidades mais próxima.
      A empresa tem como entregar , via transportadora ,no meu endereço.
      Quantidades 18,00 M/2.

      valos responder
      Att
      Silas Pinto.


    7. CLAUDEMIR

      ONDE ENCONTRAR ESSAS TELHAS EM SANTA BARBARA D`OESTE E QUAL SEU PREÇO POR METRO QUADRADO


    8. Adinaldo

      qual o valor das telhas tamanho e a onde eu encontro aqui no Pará.


    9. wilson pereira silveira

      Gostaria de saber as metragens das telhas,o preço das telhas e onde comprar moro em Mogi Das Cruzes


    10. Rosilene Domingues

      gostatria de saber quantas telhas vou usar no telhado que mede 15 x 4m…posso comprar diretamente com vcs? qual o valor da peça?


      • Gostaria de saber onde encontrar as telhas, metragem e preço para um telhado com duas águas cada uma 6 x 12 total das duas 144m2 de preferencia com telha americana.

        Sou de Bragança Paulista SP

        Desde já muito obrigado

        Vander


        • edilceu gonçalves de oliveira

          gostaria de saber se tem representante em porto alegre rgs,pois preciso de mais ou menos 400-telhas 2,44×1.10-6mm se ja é fabricado,tambem as cunheiras,e se as mesmas se adaptam as de fribrocimento,gostaria de ver catalagos.Preciso de resposta rapida,pois estamos com muitas telhas quebradas atenciosamente


    11. Ana Marly de Oliveira Hegouet

      Qual a durabilidade das telhas Precon e qual o preço de cada unidade; Quantas telhas vou precisar para um telhado de 4,30 x 4,50m.


    12. Gostaria de saber da durabilidade,e medidas, onde comprar. Qual as cores.


      • sonia

        queria saber e ver as opiniões das pessoas que tem esse tipo de telhado e o tempo que dura porque estarei refazendo o meu telhado que é de telhas francesas que estão durando até hoje em torno de 58 anos ou mais pois estou com 60 e não quero refazer o telhado por mais outros 58 anos.Meus filhos são jovens ainda e permanecerão na moradia pois, pretendem construir suas casas aqui futuramente e querem que dure tanto quanto o meu.


    13. quantos anos de garantia tem as telhas de pvc



    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *