Chapas e Perfis

Soluções ao alcance de todos – IBPVC

Miguel Bahiense Neto
17 de julho de 2020
    -(reset)+

    Plástico Moderno -

    Vivemos os tempos difíceis de uma pandemia e, de repente, nos deparamos com soluções inusitadas que têm ajudado a salvar vidas. Tivemos notícia, por exemplo, de túneis de desinfecção que foram desenvolvidos no Senai e instalados em hospitais da Bahia. São túneis que podem ser feitos com tubulação, forros e até sistemas construtivos de PVC, além das bombas de alta pressão e bicos aspersores para a nebulização da solução e a descontaminação. Também soubemos que o Departamento de Engenharia de Produção da Universidade Federal do Triangulo Mineiro (UFTM), em parceria com a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), está desenvolvendo equipamentos complementares para os profissionais de saúde que trabalham no combate ao coronavírus a partir de filamento de impressão 3D, elástico e chapas transparentes de PVC.

    Mais próximos do nosso dia a dia, ao sairmos na rua nos deparamos com as pessoas usando filme de PVC para embrulhar o celular ou a maquininha do cartão de débito/crédito, para que não haja contaminação nos vãos do teclado e para que a higienização seja facilitada. Quantas soluções sustentáveis!

    Precisou uma pandemia para evidenciar todos os benefícios do PVC, principalmente quando se fala em sustentabilidade? É claro que não. Há muitos anos, o PVC vai além de suas aplicações tradicionais e, por sua versatilidade (possibilidade de cores, transparência, texturas, maleabilidade, rigidez ou flexibilidade, etc), vem sendo usado como solução eficaz e economicamente viável para diversas questões do cotidiano, principalmente na saúde.

    Plástico Moderno -

    Miguel Bahiense é graduado em Engª Química (UFRJ), pós-graduado em Comunicação Empresarial (FAAP-SP) e é presidente do Instituto Brasileiro do PVC

    Em 2006, tomamos conhecimento do trabalho da terapeuta ocupacional, Grace Gasparini, na Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), de Campo Grande-MS, que desenvolveu mobiliários adaptados de PVC que são usados no dia a dia de crianças com disfunções neuromotoras (www.mobiliariosadaptadospvc.com.br). Ganhadores do prêmio internacional INOVYN Awards 2019, esses mobiliários – cadeiras, mesas, andadores, carteiras escolares, cadeiras de banho, entre outros – que substituem equipamentos muitas vezes importados e caros, trazem inúmeras vantagens. Eles são desenvolvidos para cada criança especificamente e podem ser adaptados conforme o crescimento dessas crianças. São leves e de fácil manuseio. Resistem à água, são duráveis, fáceis de limpar e proporcionam excelentes resultados terapêuticos. Além disso, possibilitam que as famílias, mesmo as de baixa renda, tenham acesso ao equipamento e participem da construção do mobiliário, aumentando a interação com as crianças.

    Outro desenvolvimento na área da saúde é o módulo inflável de PVC, ConfortBanho (www.confortbanho.com.br). O produto permite o banho completo no leito e foi desenvolvido a partir da ideia de um enfermeiro brasileiro por uma startup também nacional. Trata-se de um produto pensado e desenvolvido para facilitar a vida dos pacientes acamados e de seus cuidadores no momento do banho.

    A cadeia produtiva do PVC inova diariamente. O PVC cada vez mais acompanha as demandas do mercado e se apresenta como solução, tanto nas aplicações voltadas à indústria formal, quanto em seu reaproveitamento e reciclagem. Unir eficiência, benefícios sociais, ambientais e econômicos se traduz na sustentabilidade do PVC.

    Texto: Miguel Bahiense

    Plástico Moderno -

    Instituto Brasileiro do PVC

    Instituto Brasileiro do PVC – Existimos para reunir e promover conhecimento técnico-cientifico sobre este material versátil e cheio de atributos, com a crença de que através da versatilidade do PVC podemos oferecer soluções sustentáveis para a saúde, habitação e bem-estar.
    Nosso propósito é disseminar a correta percepção da sustentabilidade do PVC na sociedade.
    Mais informações: https://pvc.org.br/



    Recomendamos também:








    0 Comentários


    Seja o primeiro a comentar!


    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *