Reciclagem

Separação de resíduos avança com uso de sensores a laser

Marcelo Fairbanks
17 de abril de 2018
    -(reset)+

    Plástico Moderno, Autosort Laser opera com alta velocidade e precisão

    Autosort Laser opera com alta velocidade e precisão

    A Tomra Sorting Recycling – empresa ligada à norueguesa Tomra Systems – passou a oferecer um sistema de classificação e seleção automática de resíduos sólidos para reciclagem com sensores a laser. A tecnologia apresenta vantagens em relação aos sensores NIR (infravermelho próximo) já usados pela companhia em milhares de equipamentos vendidos em 50 países.

    O sistema Autosort Laser permite separar automaticamente cerâmicas, vidros, metais, pedras e plásticos com elevada eficiência. Com isso, é possível ampliar a venda de materiais separados adequadamente, com maior valor de mercado, aumentando as receitas dos recicladores de resíduos domésticos e industriais.

    Usando um plano de fundo, o sistema a laser consegue detectar e separar vidros finos, grossos e opacos dos plásticos transparentes, uma deficiência das tecnologias concorrentes. Os equipamentos Autosort contam com dispositivos que garantem alta velocidade operacional, com elevada precisão. Além disso, o sistema de comando permite escolher entre diversos programas de seleção por meio de uma interface touch screen, de fácil utilização.

    Segundo a fabricante, o design do sistema é compacto e atende a todos os requisitos de segurança e também facilita intervenções de manutenção. A Tomra já atua com sensores a laser desde 1997, mas só em 2017 os incorporou ao sistema Autosort.



    Recomendamos também:








    0 Comentários


    Seja o primeiro a comentar!


    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *