Resinas plásticas: Acrílicos tendem a repetir 2023

Acrílicos tendem a repetir volume de negócios de 2023

Resinas plásticas: Acrílicos tendem a repetir 2023 ©QD Foto: iStockPhoto
Erika Bernardino Aprá, Presidente da Almaco (Associação Latino-Americana de Materiais Compósitos)

Presidente da Almaco (Associação Latino-Americana de Materiais Compósitos), Erika Bernardino Aprá tem para este ano, como perspectiva mais otimista para o mercado no qual atua, um incremento de negócios similar à elevação do PIB nacional; porém considera mais provável obter volumes de negócios similares aos de 2023.

“Os mercados ligados à construção civil, energia e transmissão, aplicações industriais, devem seguir estáveis, ajudando o volume do mercado a não cair. Porém, pelas expectativas da economia, da construção civil e do setor automotivo, devemos seguir muito parecidos com o ano passado”, detalha.

Em 2023, informam as estimativas da Almaco, o mercado nacional de compósitos registrou quedas de 25% no valor da produção e de 10% no consumo de matéria-prima. “As perspectivas podem melhorar se houver redução de juros ou alguma redução de impostos específica para construção civil ou setor automotivo”, observa a presidente da entidade.

Leia Mais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios