Reciclagem do plástico

Veja o que é reciclagem, qual a sua importância, quais plásticos podem ser reciclados, os tipos de processos de reciclagem e muito mais

Já comentamos várias vezes sobre a importância do plástico no mundo e os avanços trazidos para a sociedade atual, proporcionando a produção de uma série de produtos e inovações, além da redução da utilização dos recursos, movimentação na economia e muito mais. Agora vamos tratar da reciclagem, que é uma tendência e uma das alternativas para diminuir o impacto ambiental.

Cada vez mais temos observado uma preocupação mundial em oferecer inovações em tecnologia de plástico para reduzir os prejuízos ao meio ambiente. Alguns países como China, Japão, Coréia, Estados Unidos, Alemanha e França têm avançado há um bom tempo nesse sentido, no entanto é preciso que o crescimento no reaproveitamento do plástico seja maior.

No Brasil, o número de resíduos coletados e reciclados fica em torno de 23% a 25%, variando conforme a região do País. Tem crescido nos últimos tempos, mas é pequeno perto de outros países. Ainda tem muito espaço para avançar e o público consumidor espera por soluções sustentáveis e que apresentem baixo impacto ambiental.

Acesso Rápido no post
O que é reciclagem?
Importância da reciclagem
Quais são os tipos de plástico?
Quais plásticos podem ser reciclados?
Como funciona a cadeira produtiva da reciclagem?
Tipos de reciclagem
Aplicações da reciclagem em diversos setores

    Orçamento Rápido

    Informe os produtos que deseja receber cotação.

     

     

    O que é reciclagem?

    É o processo por meio do qual ocorre a transformação de resíduo sólido em matéria-prima ou novo produto. Em outras palavras, significa pegar algo que não tem mais aproveitamento ou utilidade e transformá-lo em matéria-prima, ou mesmo produto ou novo produto.

    A reciclagem destina-se tanto aos plásticos de sobra industrial como aos descartados pós-consumo, isto é, aqueles recuperados por meio de coleta seletiva.

    A reciclagem consiste em um dos três “Rs”, que também incluem a reutilização e redução. Na reutilização, o item é destinado para outra função, enquanto na redução é evidenciada a diminuição do consumo de certo produto.

    Veja o conceito de reciclagem estabelecido na Política Nacional de Resíduos Sólidos:

    “Para os efeitos desta Lei, entende-se por: reciclagem: processo de transformação dos resíduos sólidos que envolve a alteração de suas propriedades físicas, físico-químicas ou biológicas, com vistas à transformação em insumos ou novos produtos, observadas as condições e os padrões estabelecidos pelos órgãos competentes do Sisnama e, se couber, do SNVS e do Suasa (art. 3º da lei 12.305/2010).

    Qual é a sua importância?

    • Beneficia o meio ambiente e a vida das pessoas: reduz a utilização da matéria-prima, no caso o petróleo, que é um bem não renovável, e o volume de lixo nos aterros sanitários. Além disso, evita o descarte indevido e, consequentemente, a poluição, a contaminação dos recursos naturais e os prejuízos à biodiversidade.
    • Favorece a economia: gera empregos, cria renda para milhares de pessoas, aumenta as cooperativas de catadores de lixo, estimula o crescimento de empresas de reciclagem e o desenvolvimento de novas ideias e tecnologias, movimenta diversos setores da economia.
    • Reduz a utilização de energia: Utiliza-se menos energia para a reciclagem do que para a produção a partir de uma matéria-prima virgem.

    Quais são os tipos de plástico?

    Os plásticos são produzidos a partir de resinas plásticas derivadas do petróleo e pertencem ao grupo dos polímeros e dividem-se em termoplástico e termorrígido ou termofixo.

    a) Termoplástico: aqueles que podem ser remoldados sob aquecimento, uma vez que possuem estrutura menos rígida. Exemplos: PET, PEAD, PVC, PEBD, PP, PS, entre outros. Estes correspondem a 80% do plástico consumido e podem ser reciclados.

    b) Termorrígido ou termofixo: aqueles que não derretem quando aquecidos. Vale dizer que estes não podem ser reutilizados nos processos comuns de reciclagem. Exemplos: PU, EVA e mais.

    Agora que já conhecemos os tipos de plásticos, vamos conferir quais atualmente podem ser reciclados, confira:

    • PET (Tereftalato de Polietileno): tipo de plástico muito popular, utilizado na indústria alimentícia para a produção de embalagens, como garrafas, e outras indústrias, como a produção da malha têxtil. Vale dizer que ele é rígido, transparente e é reciclado sozinho, por métodos mecânicos ou termomecânicos.
    • PEAD (Polietileno de alta densidade): outro tipo de plástico muito popular, presente em tampas, embalagens de produtos químicos mais fortes, sacolas de supermercado, tambores ou garrafas de detergente, sacos de lixo. Utilizado em processo de reciclagem mecânica, termomecânica e mais.
    • PVC (Policloreto de Vinila): usado em embalagens de alimentos, brinquedos, e materiais da construção civil (canos e tubos). A reciclagem de PVC segue caminhos diversos do PET.
    • PEBD (Polietileno de baixa densidade): utilizado em embalagens de leite e iougurtes, sacolas, e materiais de saúde.
    • PP (Polipropileno): utilizado em objetos do uso doméstico e em itens da construção civil.
    • PS (Poliestireno): presente em produtos descartáveis e utilizado para armazenar alimentos como iogurtes e sorvetes.

    Como funciona a cadeia produtiva da reciclagem?

    • Inicia-se no consumidor, o qual deve descartar os resíduos corretamente para a coleta seletiva ou aos Pontos de Entrega Voluntária (PEV).
    • O material é levado pelos catadores ou pelas cooperativas aos centros de triagem, onde ocorre a separação pelo tipo de resina (identificação feita por uma numeração de 1 a 7).
    • Após a triagem, o material é direcionado as recicladoras.
    • Por fim, estas encaminham a matéria-prima reciclada aos transformadores da cadeia produtiva do Plástico.

    Veja Mais
    Entidades apoiam a reciclagem – Economia Circular
    Economia circular: Soluções viáveis de reciclagem
    Reciclagem do EPS pede apoio da população : Economia circular
    Reciclagem de PET por métodos mecânico ou termomecânicos são preferidos: Economia Circular
    Uso de Degradantes Prejudica a Reciclagem dos Filmes Plásticos: Economia Circular
    Só Polietileno nas embalagens, se possível: Reciclagem de Embalagens – Parte II: Economia Circular

    A reciclagem do plástico pode ser feita por meio de três processos:

    • Reciclagem mecânica:
      Trata-se da reciclagem mais utilizada e é composta por 4 etapas: moagem, lavagem, secagem e extrusão. Nesta reciclagem, os produtos são transformados em itens granulados para a produção de outros produtos plásticos, como pisos, embalagens não alimentícias, mangueiras, sacos de lixo, entre outros.

    – Moagem ou fragmentação: resíduos são reduzidos em um moinho.

    – Lavagem: os fragmentos (flakes) são lavados com água, e a separação é feita pela densidade. Os materiais mais densos afundam, enquanto os menos densos permanecem na superfície.

    – Secagem: os fragmentos passam por uma secagem em grandes secadores com ar quente.

    – Extrusão: os fragmentos secos são alimentados em uma máquina extrusora, onde são fundidos por aquecimento e direcionados à uma matriz, resultando em filamentos contínuos que  são cortados em uma granuladora, dando origem aos grânulos de material plástico reciclado.

    • Reciclagem química:
      É um processo mais elaborado que a reciclagem mecânica, consiste na transformação dos produtos plásticos em materiais petroquímicos básicos. É realizado com materiais separados e produz uma matéria-prima de maior qualidade. Vale dizer que normalmente está associada a processos de despolimerização.
    • Reciclagem energética:
      Consiste na incineração do resíduo plástico para gerar energia elétrica e térmica.

    Aplicações da reciclagem em diversos setores

    A reciclagem é utilizada para a produção de uma série de produtos comuns em nosso dia a dia, como embalagens de produtos de limpeza, mantas, edredom, moletom, cabide, vassoura, cordas do varal, caixas d’água, tubos, torneiras, telhas, para-choques, bolas, redes e muito mais. Veja alguns destaques:

    • Construção civil: O plástico reciclado tem sido utilizado neste setor para o desenvolvimento de tijolos de plásticos.
    • Moda: Já é possível observar tecidos recicláveis desenvolvidos com materiais plásticos como garrafas pet e plásticos retirados do mar. O plástico reciclável também tem sido utilizado em chinelos e tênis.
    • Cosméticos: Algumas empresas já estão incentivando a devolução das embalagens plásticas em troca de outro produto para facilitar o processo de reciclagem.

    Leia Também
    Embalagem Plástica Flexível fica mais Reciclável e evolui para Facilitar a Reciclagem: Economia Circular
    Produção limpa e reciclagem influenciam Design das Embalagens
    Reciclagem de EPS – Poliestireno Expandido (Isopor)
    Últimas Mudanças na Legislação de Resíduos Impacta a Reciclagem
    Reciclagem química deve crescer – Economia circular
    Sopro – Cadeia produtiva estimula reciclagem
    Reciclagem de PVC – Indústria quer ampliar a reciclagem – Extrusão
    O crescimento da reciclagem do PET

    Fornecedores de plásticos reciclados

    Acesse o Guia QD para encontrar os principais fornecedores de plásticos reciclados no Brasil. Este portal consiste no mais mais completo guia eletrônico de compras e vendas do setor e importante ferramenta da editora QD para o desenvolvimento de negócios entre fornecedores e compradores. Em um só lugar você acessa diversas empresas e solicitar orçamentos de uma só vez.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Adblock detectado

    Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios