Embalagens

Por um mundo melhor! SINPLAST

Plastico Moderno
19 de novembro de 2020
    -(reset)+

    Plástico Moderno - Por um mundo melhor! SINPLAST ©QD Foto: iStockPhoto

    O Programa Tampinha Legal, iniciativa gaúcha do Instituto Sustenplást que já ganhou o Brasil, acaba de completar quatro anos de existência, com mais de 500 toneladas de tampinhas recolhidas e um valor que está chegando a R$ 1 milhão. Todos esses resultados favoreceram mais de 270 entidades e foram alcançados até 2020, apesar das aulas paradas e do isolamento social decorrente da pandemia.

    O projeto envolve milhares de pessoas, não só no Rio Grande do Sul, mas em diversos outros estados que se propuseram a colaborar. É, também, um programa ganha-ganha, ou seja, todos os participantes recebem: as instituições que vendem as tampinhas diretamente a recicladores com o apoio do Instituto Sustenplást, sem nenhum valor retido pelos instituidores do Programa; o setor de reciclagem, pela matéria-prima que passa a ter; e a imagem do plástico, de que é 100% reaproveitável.

    Química e Derivados - Gerson Haas, presidente do Sinplast-RS ©QD Foto: Divulgação/João Alves

    Gerson Haas, presidente do Sinplast-RS

    Acima de tudo, todas as pessoas que recolhem tampinhas e as repassam às instituições participantes também ganham: ajudam nas receitas necessárias a pequenas melhorias físicas, consertos, pagamentos de contas de água, luz, e outras despesas relativas à estrutura desses locais. Sendo assim, as tampinhas envolvem toda a sociedade, com conceitos de reaproveitamento, reciclagem, educação ambiental e consciência para, então, fecharmos o sistema da economia circular.

    Os benefícios do programa ainda não param por aí, pois também envolvem outras iniciativas, como o lançamento do Copinho Legal. Neste novo projeto, entidades assistenciais do terceiro setor coletam e posteriormente destinam copos plásticos e outros descartáveis aos centros de recebimento e em seguida a um reciclador cadastrado. Os valores obtidos com a venda do material são destinados respectiva e integralmente às entidades assistenciais participantes, assim como funciona também com as tampinhas.

    É uma atitude simples, mas que mostra o valor da indústria e de um material nobre e fundamental para o desenvolvimento da economia e para o bem-estar do indivíduo: o plástico. Cuidemos dele, evoluímos como ele. Pelo futuro do planeta, dê o destino correto a tampinhas, copinhos e outros artefatos plásticos. (Re)pense suas atitudes por um mundo melhor!

    Gerson Haas – Presidente do Sinplast-RS – sinplast@sinplast.org.br

    Plástico Moderno - Por um mundo melhor! SINPLAST ©QD Foto: Divulgação

    Sinplast

    O Sinplast – Sindicato das Indústrias de Material Plástico no Estado do RS foi fundado em 1982 com o objetivo de congregar e fortalecer as indústrias gaúchas do segmento transformador do plástico. Criado originalmente como Associação Profissional das Indústrias de Material Plástico do Rio Grande do Sul, o Sinplast veio atender às necessidades de um mercado que entrou em expansão com a fundação do Pólo Petroquímico do Sul, em 1976.
    Atuando como parceiro das indústrias gaúchas da terceira geração do setor plástico, o Sindicato desenvolve, através de Comitês Temáticos, programas e projetos que visam à capacitação e ao desenvolvimento das organizações. Entre suas principais atuações, está a defesa aos interesses das empresas do setor no cenário estadual e nacional frente a temas econômicos, políticos e tributários que ameacem a sua competitividade. Trabalha também pela valorização do material plástico perante à sociedade, além de auxiliar e apoiar as indústrias do setor em temas relacionados à gestão empresarial.
    O Sinplast congrega mais de 800 indústrias no Estado, entre filiadas e associadas. O Sindicato é dirigido por empresários do setor plástico do Rio Grande do Sul em regime presidencialista. A gestão de cada diretoria, eleita por votação das empresas associadas, é de três anos.



    Recomendamos também:








    0 Comentários


    Seja o primeiro a comentar!


    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *