Poliuretana Derivada de Óleo de Soja: Estados Unidos também investem em novas tecnologias em matérias-primas renováveis

Renováveis

Na onda do álcool motor e do biodiesel, os Estados Unidos também investem em novas tecnologias baseadas em matérias-primas renováveis. Espumas de poliuretana produzidas com polióis derivados de óleo de soja já estão no mercado norte-americano, por iniciativa de ao menos duas empresas locais:

  • Urethane Soy Systems Co. (Volga, Dakota do Sul), produtora do poliol SoyOyl,
  • Biobased Insulation (Rogers, Arkansas), que, além de empregar poliol de soja, revoluciona ao empregar água para espumar suas resinas de células fechadas.

Utilizáveis em proporções entre 5% e 85% da fração poliólica das poliuretanas, os novos insumos oferecem, segundo os fabricantes, polímeros superiores aos obtidos com polióis de origem exclusivamente petrolífera, incluindo superioridade em resistência à água, estabilidade contra termo oxidação e isolamento elétrico.

Óleos de soja, constituídos tipicamente de triglicerídios, contendo ácido esteárico (15%), ácido oleico (25%), ácido linoleico (51%) e ácido linolênico (9%), podem ser convertidos em polióis com índices de hidroxila entre 80 e 100 mg KOH/g por epoxidação ou hidroformilação, gerando resinas com propriedades distintas.

Combinados com metileno difenil diisocianato (MDI), polióis obtidos por hidroformilação geram poliuretanas com tempos de geleificação de alguns minutos (ideais para moldagem por injeção RRIM).

Polióis produzidos por epoxidação do óleo, por sua vez, originam poliuretanas com tempos de geleificação prolongados, de cerca de uma hora.

O potencial de mercado para os novos polióis é espantoso.

O consumo mundial de polióis é estimado em 5 milhões de t anuais, um terço dos quais empregados nos EUA.

Quase 4 milhões de t destes polióis vão para a produção de poliuretanas, sendo estas últimas determinantes para sustentar a taxa de crescimento mundial da demanda de polióis, da ordem de 5% a 8% ao ano.

Outras Reportagens:

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios