Plástico PLA e PE verde são transformados em artigos

Economia circular: Grupo Extrusa-Pack transforma biopolímeros em artigos

Com nove plantas em diferentes regiões brasileiras, onde produz sacolas plásticas, sacos para lixo e bobinas, o grupo Extrusa-Pack disponibiliza duas linhas feitas com biopolímeros. Uma delas, com o PE verde da Braskem, atende às legislações de municípios que exigem determinado percentual de material de biomassa nessas aplicações. Outra, com sacolas e sacos para lixo orgânico biodegradáveis feitos de plástico PLA.

Sacolas biodegradáveis, lembra Gisele Barbin, gerente comercial do grupo Extrusa-Pack, são obrigatórias em Brasília-DF e Bombinhas-SC.

“Algumas empresas de outras regiões também compram, pelo apelo da sustentabilidade, mas isso ainda é um nicho”, diz.

Economia circular: Empresa transforma PLA e PE verde em artigos ©QD Foto: Divulgação
Gisele Barbin, gerente comercial do grupo Extrusa-Pack

“Para PLA, utilizamos os mesmos equipamentos, com temperatura diferenciada, mas a espessura é maior: cerca de 40 micrômetros, enquanto a de PE é de 25 micrômetros. Isso também ajuda a elevar o custo”, pondera.

Desde a fundação da empresa, em 2012, “sempre cresceu” a demanda pelos produtos da eeCoo, afirma Cintia Godoi, sócia-fundadora dessa distribuidora sediada em Aparecida de Goiás-GO, dedicada apenas a produtos de origem biológica, como talheres e tampas de plástico PLA, copos revestidos com essa resina, artigos feitos de polpas vegetais, papel e madeira, entre outros materiais.

“Vendemos para todo o Brasil: para redes hoteleiras, restaurantes, hospitais e empresas de catering (que fornecem refeições para eventos, aviação, e para outras atividades)”, acrescenta.

Economia circular: Empresa transforma PLA e PE verde em artigos ©QD Foto: Divulgação
Sacos para lixo orgânico biodegradáveis feitos de PLA

Essa demanda, pondera Cintia, se expandiria ainda mais com políticas de investimento e normas de incentivo para uso de materiais compostáveis.

“A China sugere normas gradativas de incentivo ao uso de bioplásticos em setores como hotelaria e catering, entre outros”, destaca.

Leia Mais:

Economia circular; Bioplásticos ganham força e atraem as petroquímicas
Braskem ampliará a capacidade produtiva de biopolímeros
Biopolímeros usam fontes naturais e biotecnologia – Economia circular

Não deixe de acessar o Guia QD, a maior plataforma de compras e vendas online do setor plástico, químico, de saneamento, petrolífero, energético e laboratorial. Nela, você encontra rapidamente os fornecedores que você precisa e ainda solicita orçamentos para empresas variadas de uma só vez. Ainda não conhece essa fantástica ferramenta? Experimente agora e veja como ela pode te ajudar a ganhar tempo com suas cotações.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios