Feiras e Eventos

Vitrine Brasilplast 2009 – O que há para ver na feira*

Plastico Moderno
20 de abril de 2009
    -(reset)+

    selantes, entre outros. O produto tem sido usado como expansor físico, em processos que necessitam de maior segurança e baixa toxicidade, além de ser utilizado como carga de baixa densidade para materiais termorrígidos. Já os pigmentos estarão em exposição com outros produtos da Day Glo, como os pigmentos invisíveis, fosforescentes e os de interferência, além dos branqueadores ópticos.

    Outras representadas estarão presentes no estande da Braschemical, como: Taizhu, com glitters de poliéster em diversas cores e tamanhos de partículas, e pigmentos perolados; Meadowbrook, com glitters de alumínio resistentes à alta temperatura; Matsui, apresentando pigmentos termocrômicos e fotocrômicos, e Karntner, que levará seu óxido de ferro micáceo, para plásticos reforçados.

    BRASFIXO

    Estará em destaque o fixomolde para a fixação de moldes até 100 toneladas. Com prendedor de troca rápida para moldes, as injetoras terão setups reduzidos e elevada produtividade. Em máquinas até 8 mil toneladas de força de fechamento, pode eliminar chaves, prolongadores, porcas sextavadas, arruelas e esforços físicos, fixando moldes com abas ou aberturas laterais.

    BRASKEM

    Diversas novidades em polietilenos, polipropileno e PVC prometem agitar o público no estande da indústria petroquímica. Só em polipropileno são oito novos grades. Os mercados de eletrodomésticos, peças técnicas e compostos automotivos serão beneficiados pela CP202XP, resina caracterizada por excelente processabilidade, estabilidade dimensional e acabamento superficial, além de alta rigidez e resistência ao impacto, propriedades que permitem a injeção de peças grandes, de design complexo e com requisitos de elevada resistência mecânica associada à ótima qualidade dimensional. O segmento de injeção de peças que requerem um novo patamar de transparência, superior em relação a um copolímero random convencional, será contemplado com a Prisma 3410, que ainda incorpora excelente desempenho mecânico e boa processabilidade, indicada como substituta do poliestireno cristal, do SAN e do policarbonato, com ganhos de qualidade e de custos. Ainda para o segmento de injeção, a empresa lança a nova CP 404XP, uma resina com melhor processabilidade e excelente balanço de propriedades mecânicas, desenhada em especial para a fabricação de tampas para embalagens de bebidas carbonatadas e não-carbonatadas.
    O mercado de fibras de PP ganha três novos produtos, baseados em uma nova tecnologia que resulta em grades de melhor processabilidade e produtividade: o H214, o H216 e o H217. Os três possuem distribuição estreita de peso molecular, sinônimo de maior resistência ao estiro e níveis elevados de tenacidade no fio. O destaque fica por conta do H216, indicado na produção de fibras cortadas especiais para substituir o amianto em telhas de fibrocimento. A H217 conta com proteção antiultravioleta e a H214 possibilita altas velocidades de fiação de filamentos contínuos de baixo título para fios e malharia.

    Também o mercado de filmes será contemplado com dois novos grades selantes: o Symbios 3102 e o Symbios 4102. Ambos atenderão o segmento de coextrudados convencionais, com um diferencial para o 4102, que também será aplicável nos filmes coex biorientados. O primeiro se destaca por excelentes propriedades óticas e elevada resistência da solda ainda quente, que, associada à ampla janela de processamento, confere excelente desempenho e produtividade em processos como empacotamento automático. Permite, ainda, utilização em estruturas submetidas a processos como autoclavagem e cozimento. O segundo proporciona ótimas condições para tratamento superficial, com excelente desempenho em processos como impressão, laminação e metalização.

    No campo dos polietilenos, a Braskem lançará nova família de PELBD de base octeno, com destaque para o LL5801N, grade caracterizado pelo baixo nível de géis, ótimas propriedades mecânicas, óticas e de selagem, desenhado para o segmento de filmes especiais. O novo LL6801N tem no foco o mercado de filmes técnicos e industriais. Mais apropriado para uso em filmes industriais, o LL6800N assegura ótimas propriedades mecânicas e resistência de solda.

    O processo de rotomoldagem também terá novidades. A resina ML3601 U embute maior resistência mecânica e é indicada para aplicações de alto desempenho, como grandes tanques para armazenamento de água e de produtos químicos, além de cisternas. A resina atende à produção de peças com requisitos de maior rigidez, resistência ao impacto a baixas temperaturas e elevada resistência ao stress cracking.

    O mercado automotivo será beneficiado com duas novas resinas: a GM 7746 C e a GM 7746 CA. Desenvolvidas para aplicação em tanques de combustível mono ou multicamadas, os lançamentos substituem as GM 7746 e GM 7746 A. Os diferenciais das novas resinas ficam por conta das propriedades mecânicas, elevadas resistências ao impacto e ao tensofissuramento. A variedade C destina-se em especial à produção de tanques de combustível para automóveis, enquanto a CA tem foco na produção dessas peças para caminhões.



    Recomendamos também:








    0 Comentários


    Seja o primeiro a comentar!


    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *