Vitrine Brasilplast 2009 – O que há para ver na feira*

FLEXOPOWER

A impressora Flexo Beta 8 CNC/SE será o destaque da fabricante. A máquina opera sem engrenagem e apresenta setup rápido, estrutura fechada, além de comando numérico computadorizado para posicionamento dos cilindros do grupo impressor, com acionamento por servomotor com encoder absoluto. A impressora conta com registro lateral e longitudinal motorizado; sistema “doctor blade”, com posicionamento pneumático e revestimento antiaderente (o depósito coletor de tinta e as proteções laterais das camisas anilox também possuem revestimento antiaderente); interface homem-máquina com doze páginas do tipo tela touch screen; troca automática na entrada, com mancais porta-bobina, com abertura rápida e autotravantes; secagem final e entre cores dotadas de ventiladores para insuflamento de ar quente e exaustão independentes para extração de vapores saturados, e lubrificação centralizada automática e pré-programada, entre outras características.

FORTYMIL

Compostos industriais e resinas fabricadas com resíduos industriais poderão ser conferidos nesse estande. Os compostos são aditivados de acordo com as necessidades específicas apresentadas pelos clientes, entre eles as indústrias automobilísticas e fabricantes de peças técnicas e de linha branca. Já as resinas, também desenvolvidas para aplicações específicas, são isentas de cargas minerais, e podem atender aos pedidos das indústrias de utilidades domésticas, embalagens e os mercados agrícola e da construção civil.

FRANSSONS

Essa fabricante de periféricos estará na feira para mostrar sua experiência de sessenta anos de atividade na área de moinhos, trituradores e separadores. São 4 mil modelos destinados a um tratamento avançado de resíduos, dos quais os destaques ficam para inovações como rotor com corte geométrico e patenteado e moinho de alimentação horizontal com três eixos, entre outros. Os equipamentos também não necessitam de sistema de refrigeração do rotor. Os moinhos trituram fibra de vidro e de carbono, tubos de PEAD e big bags, entre outros, com produção 20% superior à de modelos similares. Da Suécia, a Franssons tem a Klimenko & Semblat como filial para toda a América Latina. A Brasilplast será ainda uma oportunidade para mostrar aos visitantes que a fabricante oferece serviço técnico e dispõe de peças originais para troca.

Plástico Moderno, Vitrine Brasilplast 2009 - O que há para ver na feira*
Redutor GH da Geremia garante alto rendimento

GEREMIA

Os visitantes poderão conferir a Linha GH. Trata-se de redutor GH que veio para complementar a linha de redutores da Geremia, com o diferencial de ser um redutor de eixos maciços paralelos ou ortogonais. Entre suas principais características estão: alto rendimento e facilidade de manutenção graças à caixa bipartida; instalação feita por órgãos auxiliares e a transmissão, por dentes helicoidais, com perfil retificado. O equipamento é solicitado para aplicações que exigem elevado torque, em setores de siderurgia, usinas e polímeros, entre outros, e se destina a motores de grande porte.

Plástico Moderno, Vitrine Brasilplast 2009 - O que há para ver na feira*
Máquina de eletroerosão por CNC, da GF

GF AGIECHARMILLES

A empresa pertencente ao grupo suíço Georg Fischer traz ao mercado brasileiro uma nova máquina de eletroerosão por penetração CNC. O modelo, denominado Form 30, é considerado ideal para a produção de peças de grande porte com usinagem de alto desempenho e baixo consumo de energia, contando com gerador de 104 A. De fácil operação, vem equipado com trocador de eletrodos de seis posições e trabalha com peças até 1.000 kg, nas dimensões de 1.000 mm x 700 mm x 400 mm.

GLOBAL

Produtora de máquinas automáticas e semiautomáticas para a fabricação de MOPS, a empresa apresentará também máquinas complementares, como soldadoras para embalar os produtos finalizados, e as cortadoras de rolos de tecidos sintéticos, formando as tiras para as esfregonas. Haverá ainda modelos para acabamento de vassouras e escovas, com equipamentos para recortar, plumar os fios e colocar automaticamente a capa plástica em vassoura angular.

GLOBALTEK

A estreia da empresa nesta edição da Brasilplast se dará com a apresentação de linha de equipamentos de tecnologia de ponta para automação do controle da qualidade de vários polímeros, que podem ser utilizados para automação do laboratório ou instalados on-line. Esses equipamentos, fabricados por sua parceira alemã OCS – Optical Control Systems, asseguram soluções tecnológicas como a leitura do índice de fluidez, miniextrusoras para filmes (flat die e blow), inspeção ótica para contagem de géis e pontos pretos em filmes, contaminação em pellets e pó, tamanho e forma de pellets, espectroscopia para aditivos, densidade, brilho, opacidade e linhas de transporte de pellets.

Página anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38Próxima página

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios