Vitrine Brasilplast 2009 – O que há para ver na feira*

EXFAK

Novos modelos de lâminas fabricados em tungstênio e com durabilidade superior estão entre os destaques nesse estande. Com experiência de mais de catorze anos na fabricação de lâminas industriais, a empresa também levará ao público lâminas para refiles com diversos formatos para cortes, além de suportes que garantem a segurança de utilização e o total aproveitamento das lâminas.

EXTRUSÃO BRASIL

A expositora comparecerá à feira com dois equipamentos de sua linha de fabricação: um conjunto completo (composto de extrusora dupla-rosca com diâmetro de 67 mm, mesa porta-calibradores, puxador tipo Caterpillar, serra automática e calha receptora) modelo EB-DR 67 para extrusão de perfis, destinado à produção de forros de até 200 mm de largura, à velocidade de 7 m/min; e uma extrusora dupla-rosca contrarrotante modelo EB-DR 75:28, equipamento com rosca de 75 mm de diâmetro, L/D 1:28, de produção estimada de 400 kg/h, destinada à produção de perfis de PVC rígido, do tipo forro duplo 200 mm, e tubos de PVC rígido.

FCC

Serão dois os principais lançamentos. Um deles é o Fortiprene TPV 6005, uma nova opção ao TPV tradicional (PP mais EPDM), totalmente nacional e 100% reciclável, que pode ser usado na fabricação de peças injetadas, sopradas e extrudadas. A outra novidade, o Fortiflex TPO, trata-se de uma família de elastômeros termoplásticos de base olefínica, desenvolvida para substituir o PVC flexível. Os produtos Fortiflex TPO apresentam excelente resistência à água, sabões, sais e ácidos, dissolvidos em água, bem como solventes leves. Também resiste ao ozônio e ao UV (na cor preta), podendo ser utilizado em aplicações que sejam expostas às intempéries. Está disponível nas cores natural e preta, com durezas de 55 shore A até 60 shore D. Entre as vantagens estão: os compostos são livres de halogênios, metais pesados e substâncias tóxicas; não liberam gases tóxicos e nem corrosivos quando expostos à alta temperatura, podem ser utilizados numa ampla faixa de temperatura de serviço, e são até 30% mais leves, se comparados ao PVC, com densidade a partir de 0,97, entre outras.

Plástico Moderno, Vitrine Brasilplast 2009 - O que há para ver na feira*
Ferramentas Gerais mostra injetora Ideale Primma

FERRAMENTAS GERAIS

A participação será marcada pela apresentação da linha de injetoras high speed, Ideale Chronos FG 160S. Com capacidade de força de fechamento de molde de até 160 toneladas e motor com potência de 22 Kw, a máquina foi desenvolvida com tecnologia de ponta, configurada para operações de transformação de plástico em alta velocidade. A empresa mostrará ainda as injetoras Ideale Primma. O modelo FG 68 V atua com até 68 toneladas de força de fechamento e é equipado com cilindro de plastificação e rosca nitretados, com acionamento por motor hidráulico e bomba de vazão variável. Além das injetoras, o estande da Ferramentas Gerais contará com sua ampla variedade de equipamentos periféricos.

FLEXO STEEL

Ampla gama de cilindros para impressão flexográfica poderá ser conferida nesse estande. Entre os destaques estão cilindros nicroanilox cerâmicos, gravados a laser ou mecanicamente, cilindros para banda estreita, cilindros cromados e gofradores contínuos. Além de fabricar, a empresa também se dedica à recuperação de cilindros gravados tanto para impressão flexográfica como para rotogravura.

Plástico Moderno, Vitrine Brasilplast 2009 - O que há para ver na feira*
Extrusora Torino contempla várias configurações

FLEXO TECH

A nova linha de equipamentos para extrusão será a novidade da empresa. Controlados via PLC e IHM, os modelos Firenze 50 e 60 mm e Torino 75 e 100 mm são os destaques. O diferencial dos projetos se refere ao sistema de aquecimento do conjunto de rosca e cilindro, feito por um sistema infravermelho, que oferece vantagens como o reduzido consumo de energia e a baixa necessidade de manutenção. Também sobressaem porque contemplam várias configurações, como cabeçote monofluxo ou bifluxo, fixo ou giratório; torre fixa ou giratória; bobinador simples ou duplo, contraposto ou sobreposto; troca-telas tipo leque, pneumático, hidráulico ou cartucho; sistemas de corte manual, semiautomático ou automático, e rosca/cilindro nitretado ou bimetálico.

A Flexo Tech ainda quer mostrar ao visitante que neste ano priorizará o desenvolvimento de novos projetos, como os de coextrusão. Quem passar no estande também poderá conferir vídeo com as máquinas produzindo na sede da empresa, em Curitiba, ou na fábrica de clientes.

Página anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38Próxima página

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios