Plástico Brasil: Palestras e cursos apoiam avanços

Atividades paralelas à exposição chamaram a atenção do público presente na Plástico Brasil.

Bastante concorrido, o Parque de Ideias promoveu todos os dias várias palestras sobre temas contemporâneos muito comentados, como economia circular, nanotecnologia e indústria 4.0, além de apresentar cases de sucesso patrocinados por empresas bastante conhecidas.

Destaque para a participação nas palestras de pesquisadores de instituições de ensino superior bem conceituadas no mercado nacional.

Ainda no campo da integração entre empresa e escola, o Senai levou sua escola móvel de nanotecnologia, dotada de equipamentos científicos de ponta e materiais ilustrativos.

Foi montada uma unidade de atendimento presencial do Sebrae, com o objetivo de orientar os profissionais empreendedores interessados em enriquecer seus conhecimentos em gestão, planos de negócios e marketing.

A Associação Brasileira da Indústria de Ferramentas (Abinfer) organizou um ciclo diário de palestras apresentadas por profissionais de empresas ligadas ao setor, casos da Maffer, Casafer, Diferro e outras que discutiram temas de interesse, como soluções em aços, tratamentos superficiais, câmaras quentes, e outros.

Uma atração concorrida ficou por conta das demonstrações feitas cinco vezes ao dia sobre o funcionamento do sistema Smed (Single Minute Exchange of Die).

O sistema, desenvolvido pelas empresas Romi (injetoras), Stäubli (soluções mecatrônicas) e Previsão (movimentação e fixação), prevê a troca de moldes de injeção nas linhas de produção em prazo menor do que dez minutos – nas demonstrações, a troca do molde acontecia em prazo próximo dos três minutos.

Ao lado do local da demonstração, a Escola LF ministrou aulas sobre como aplicar o método.

Leia Mais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios