Plástico

Plástico Brasil 2019 – Retomada econômica anima expositores

Jose Paulo Sant Anna
21 de março de 2019
    -(reset)+

    Entre as empresas importantes do setor presentes na feira se encontra a Polimold, fabricante nacional de porta-moldes e componentes de moldes padronizados, câmaras quentes, controladores de temperatura e outras soluções para a indústria de ferramentas voltada para a operação de injeção. A empresa vai expor toda a sua linha de produtos, com destaque para os sistemas de câmara quente Infinity e soluções para injeção em moldes de múltiplas cavidades. Também divulgará seu novo portal de vendas, dotado com vasta biblioteca em duas e três dimensões, a partir da qual projetistas podem fazer downloads de diversos itens, inclusive porta-moldes de duas ou três placas.

    A Romi, que além de máquinas para transformação de plástico é nome tradicional no segmento de máquinas-ferramenta, lançara a nova geração de centros de usinagem da linha D. Na feira, irá mostrar um modelo D 1250 trabalhando na usinagem de um molde para injeção. De acordo com a empresa, entre os diferenciais da máquina se destacam a estabilidade térmica e geométrica e a alta capacidade de absorção dos esforços de usinagem, características que garantem grande capacidade de remoção de cavacos e redução dos tempos de trabalho.

    A Oerlikon, multinacional especializada em tratamentos de superfícies, promete vários lançamentos. Entre eles alguns novos serviços, como o Balinit Triton (DLC-Diamond Like Carbon), revestimento aplicado pela tecnologia PACVD com base em carbono, indicado para elementos móveis, gavetas e extratores. O Balinit Croma Plus (CrN, nitreto de cromo) é um revestimento multicamadas depositado pela tecnologia PVD, que apresenta alta resistência a corrosão, abrasão e adesão de material. É recomendado tanto para os moldes de injeção quanto para os moldes de extrusão de filmes e tubos.

    Enquanto isso – Outros acontecimentos acontecerão em paralelo à exposição e se mostram valiosos aos visitantes interessados em se aprofundar em temas importantes para o aperfeiçoamento tecnológico de suas empresas. A indústria 4.0, assunto a ser muito discutido nos estandes de vários expositores, contará com o seminário “RoadShow VDI: Boas Práticas Alemãs para a Indústria 4.0”, organizado pela VDI Brasil (Associação de Engenheiros Brasil-Alemanha), em parceria com a VDMA (Associação Alemã de Fabricantes de Máquinas e Instalações Industriais). O seminário tem objetivo de demonstrar os benefícios da aplicação de boas-práticas alemãs por meio de palestras ministradas por especialistas internacionais, representantes de empresas como Arbug, Stäubli, Wittmann Battenfeld, e da própria VDMA.

    O projeto “Parque de Ideias” promoverá a aproximação entre universidades e setor produtivo, apontado como fator preponderante para o desenvolvimento tecnológico, econômico e social dos países industrializados. Nesse espaço da feira, algumas das maiores instituições de ensino do Brasil apresentarão projetos de inovação e palestras sobre temas relevantes e estratégicos. Dois assuntos receberão atenção especial: design de embalagens e reciclagem.

    Outro evento será a demonstração e informações sobre o sistema SMED (Single Minute Exchange of Die) desenvolvido pelas empresas Romi e Stäubli para agilizar a operação de setup de moldes de injeção nas linhas de produção. Com a técnica, a operação pode ser feita sem qualquer interação humana em menos de dez minutos.



    Recomendamos também:








    0 Comentários


    Seja o primeiro a comentar!


    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *