Plásticos nos Eletroeletrônicos: As empresas do setor elétrico e eletrônico torcem pela melhoria das condições

Indústria Elétrica e Eletrônica

Outro segmento importante para a indústria do plástico, as empresas do setor elétrico e eletrônico torcem pela melhoria das condições do mercado. Para a Associação da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee), a expectativa é de crescimento de 1% no faturamento do setor em comparação a 2016. Esta projeção é compatível com a estimativa de crescimento do PIB em torno de 1%.

As exportações e as importações devem permanecer estáveis no próximo ano, assim como o emprego. Os investimentos da indústria eletroeletrônica devem apresentar ligeiro crescimento (2%), chegando a R$ 2,5 bilhões.

Estima-se que o faturamento da indústria eletroeletrônica deva ter atingido R$ 131,2 bilhões, queda nominal de 8% em relação ao ano passado, quando alcançou R$ 142,5 bilhões.

Em termos reais (descontada a inflação), o resultado representa retração de 11%.

Em termos de produção industrial, a projeção é de queda de 10%.

Já os investimentos devem ter fechado o ano com retração de 25% em relação a 2015.

O número de empregados do setor deve ter fechado o ano em 234 mil trabalhadores, com redução de 14 mil postos de trabalho. “No acumulado dos últimos dois anos perdemos quase 60 mil empregos”, lamenta o presidente Conselho da Abinee, Irineu Govêa.

As exportações no ano passado apresentaram redução em torno de 5%, caindo de US$ 5,9 bilhões para US$ 5,5 bilhões. As importações devem recuar 20%, passando de US$ 31,4 bilhões para US$ 25,3 bilhões.

Com isso, o déficit da balança comercial atingirá US$ 19,7 bilhões, total 23% inferior ao apresentado no ano passado.“Os números falam por si. E quando se leva em conta a base de comparação de 2015, quando já tivemos uma queda nominal de 7% na comparação com 2014, os dados se tornam ainda mais preocupantes”, diz o presidente executivo Humberto Barbato.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios