Preço da Nafta – Indústria Química procura uma saída para impasse na definição

Perspectivas

Petrobras – O estouro do escândalo do Petrolão afetou os resultados da companhia petroleira nacional.

A divulgação intensiva de obras superfaturadas e da cumplicidade de pessoal interno – da diretoria, em especial – sufocaram o ambiente e mancharam a reputação da Petrobras.

Com a debandada de investidores e o mau desempenho financeiro, o mercado viu derreter o valor das ações da petroleira, comprometendo sua capacidade de financiar novos investimentos.

A demissão da diretoria encabeçada pela presidente Graça Foster – e sua demissão por Ademir Bendine, ex-presidente do Banco do Brasil – pouco ajudou a recuperar a imagem da empresa.

Nesse ambiente, o Plano de Negócios 2014-2018, anunciado com estardalhaço no ano passado, deverá sofrer modificações radicais, a começar pela desistência de construir as refinarias premium previstas para Cerará e Maranhão.

Além disso, mesmo os projetos de E&P com prazo de retorno mais elevado devem ser postergados, para que a empresa possa concentrar seus recursos em projetos que possam gerar caixa mais rapidamente.

É de se lamentar que o escândalo tenha eclodido no exato momento em que a companhia começasse a apresentar os primeiros sinais de melhoria nos resultados operacionais.

Depois de dois anos com produção de petróleo e gás em queda, com acentuada queda de produção dos poços da Bacia de Campos-RJ agora revertida, a estatal anunciou ter alcançado sua maior produção média diária no terceiro trimestre de 2014, com 2.090 mil barris diários de petróleo (bpd).

Em outubro, a produção diária chegou a 2.267 mil barris (considerando produção operada pela estatal). Isso se deve à entrada em operação de poços adicionais em Roncador, Lula Nordeste, Parque das Baleias, além do teste de longa duração (TLD) de Iara Oeste.

Os esforços da área de E&P conseguiram elevar a produção anual de petróleo em 6% de 2013 para 2014. Um bom resultado, porém um ponto percentual abaixo do prometido pela companhia (era 7,5%), fato explicado pelos atrasos na entrega de plataformas próprias e a necessidade de obras à bordo, demora nos licenciamentos dos projetos de produção e também para interligar alguns poços aos respectivos sistemas.

Os ganhos obtidos com eficiência operacional (Campos passou de 68% para 81%), replanejamento das paradas e pelo aumento da produção do pré-sal não foram suficientes para atingir a meta prevista, mas indicam uma inflexão na atitude da companhia, que se voltou a obter resultados positivos.

Plástico Moderno, HDT da Rnest está pronto para entrar em operação - Preço da Nafta
HDT da Rnest está pronto para entrar em operação

Na área de refino, a Petrobras conseguiu rodar suas unidades de produção com ocupação máxima de suas capacidades físicas. Com isso, a produção de derivados no terceiro trimestre de 2014 (de 2.204 mil bpd) apresentou um aumento de 1% em relação ao trimestre anterior (de 2.180 mil bpd), e de 4% sobre o mesmo período de 2013 (2.128 mil bpd).

Some-se a isso, o reajuste aplicado aos preços dos derivados, em contraposição com a queda nas cotações internacionais de petróleo, para se ter uma ideia da melhoria da geração de caixa da estatal no início de 2015.

A Petrobras comemora a conclusão de investimentos em seu parque de refino, como a entrada do hidrotratamento de diesel na Refap (RS), o final das paradas da Rlam (BA) e Recap (SP), e atribui a elas a evolução do refino. A Refinaria do Nordeste – Rnest (Abreu e Lima, oficialmente) iniciou 2015 em fase de start up, tendo entregue cargas de nafta para a Braskem e também de coque para clientes de outros setores.

Dentro de poucos meses, a refinaria deve entrar com sua capacidade total de processar 230 mil bpd de óleo cru, atenuando a sede local por derivados.

O mercado espera ávido pelos resultados das investigações e dos eventuais processos judiciais para avaliar o impacto sobre a companhia.

As empreiteiras e os fornecedores de grandes equipamentos também podem ser atingidos por processos criminais e cíveis, dependendo do andamento dos casos. Os efeitos sobre a atividade no setor ainda são imprevisíveis.

Leia Mais:

Página anterior 1 2 3 4

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios