Periféricos – Fabricantes priorizam mais proximidade com o cliente

“A moagem de peças defeituosas, galhos e rebarbas ao lado da máquina principal é uma necessidade cada vez mais atendida pelas indústrias de transformação, tendo em vista que se pode eliminar os riscos de contaminação dos plastificados, a estocagem de peças a moer e de materiais já moídos, eliminando-se também as fases intermediárias dos processos, como as misturas de materiais virgens com moídos, o que ajuda a manter a organização e a limpeza do ambiente de trabalho”, considerou Ronaldo Cerri, diretor da Rone Moinhos.

Plástico Moderno, Ronaldo Cerri, Diretor da Rone Moinhos, Periféricos - Fabricantes priorizam mais proximidade com o cliente
Cerri: separação dos pós de moagem é essencial

Especializada na fabricação de moinhos, a empresa, ao tomar conhecimento das últimas necessidades dos clientes, introduziu uma novidade ao seu portfólio de produtos. Trata-se de um acessório para moinhos, que pode ser instalado em qualquer modelo ou tamanho de equipamento, e que é utilizado para separar os pós de moagem.

“Antes, indicávamos somente a instalação de peneira vibratória, cem por cento eficiente e com a capacidade de estabelecer a medida dos pós, ou seja, permite especificar a granulometria a ser selecionada para a separação do material moído. Mas, como opção à peneira vibratória, resolvemos agregar à nossa oferta um pequeno exaustor que, instalado junto ao bocal de saída do silo do transporte pneumático do moinho, succiona a maior parte dos pós oriundos da moagem, e os envia para um reservatório apropriado”, informou o diretor.

Segundo Cerri, a separação dos pós de moagem se torna essencial, principalmente quando são utilizados materiais moídos na injeção de resinas mais nobres e coloridas com cores vibrantes e brilhantes, e/ou transparentes, pois os pós de moagem podem alterar as características de acabamento das peças e também prejudicar os processos, alterando os tempos de ciclo e/ou causando entupimentos nos filtros dos alimentadores, situações que podem ser evitadas com a instalação do novo acessório exaustor nos moinhos.

Página anterior 1 2 3 4 5

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios