O que é PVC policloreto de vinila ?

PVC Policloreto de vinila: confira conceito, características, principais aplicações e onde comprar a resina no Brasil

Embora o PVC seja muito conhecido por sua aplicação em tubos e conexões, setor em que ele é amplamente consumido, é preciso dizer que este material ainda está presente em uma grande variedade de produtos e atende diversos segmentos, sendo uma excelente alternativa ao vidro, cerâmica, madeira, cobre, alumínio e borracha.

Acesso Rápido no post
O que é policloreto de vinila?
Quais são suas características?
Para que serve o PVC?
Onde comprar o policloreto de Vinila?

O que é o policloreto de vinila?

O policloreto de vinila também é conhecido pela sigla PVC, que é abreviação da palavra inglesa Polyvinyl chloride, a qual significa, em português, policloreto de polivinila ou policloreto de vinila, ou policloreto de vinil.

Ele consiste em um termoplástico composto por 57% cloro, obtido por eletrolise do sal marinho (cloreto de sódio), um recurso natural inesgotável, e 43% etileno (eteno), derivado do petróleo.

A obtenção do eteno é realizada através da destilação do óleo cru, em que se obtém a nafta leve. No processo de craqueamento catalítico da nafta ocorre a quebra de moléculas grandes em moléculas menores com a ação de catalisadores para acelerar o processo, gerando o eteno.

Da reação do cloro e do eteno, ambos na fase gasosa, é produzido o dicloro de etano (DCE), e a partir deste é produzido o monômero cloreto de vinila (MVC). Em um processo de polimerização, as moléculas do MVC se ligam formando um polímero (uma molécula maior), isto é, o policloreto de vinila (PVC).

Desta forma, podemos também dizer que o policloreto de vinila é um polímero, ou em outras palavras, um termoplástico produzido a partir da polimerização do monômero de cloreto de vinila (VCM).

    Orçamento Rápido

    Informe os produtos que deseja receber cotação.

     

    Quais são  suas características?

    O PVC é um plástico com propriedades únicas, as quais o tornam extremamente eficiente para diversos setores. Confira suas principais características:

    • Aspecto: sólido. Esta resina tem a aparência de um pó branco, muito fino, amorfo (em seu estado original, ou seja, logo após fabricação).
    • Atóxico.
    • Inerte.
    • Seguro.
    • Material leve (1,4 g/cm³): a sua leveza é proporciona facilidade no manuseio e instalação, além de economia no transporte.
    • Resistente à maioria dos reagentes químicos; a choques; às intempéries; à ação de fungos, bactérias, insetos e roedores.
    • Bom isolante térmico, elétrico e acústico.
    • Não propaga chamas (auto-extinguível).
    • Versátil: o PVC é um material muito versátil, visto que pode ser utilizado para a fabricação de uma série de produtos, tanto flexíveis como rígidos.

    Vale destacar que esta resina sozinha não tem as propriedades necessárias para ser utilizada em diversas aplicações, ela precisa receber determinados aditivos antes da transformação do produto final. São exemplos destes aditivos: plastificantes, estabilizantes, lubrificantes, pigmentos, espumantes, modificadores de impacto etc.).

    Para a adição de aditivos à resina dá-se o nome de formulação, e a mistura de aditivos (produtos químicos) e resina PVC é chamada de composto de PVC.

    Com a adição de aditivos é possível alterar as características do PVC, oferecendo rigidez, flexibilidade, cor, transparência, opacidade, melhores resistência ao calor, frio, choques, luz, corrosão, estabilidade térmica e muito mais.

    • Impermeável a gases e líquidos.
    • Ambientalmente correto: os produtos à base de PVC são fabricados com baixo consumo de energia e são duráveis.

    Na construção, O PVC é usado em produtos de longa duração e sua vida útil é superior a 50 anos. Confira o ciclo de vida útil dos produtos à base de PVC:

    De 15 a 100 anos em 70% dos produtos;
    De 2 a 15 anos em 22%;
    Até 2 anos em 8% dos produtos.

    • 100 % reciclável: Embora ele não seja biodegradável, é 100% reciclável. Como o PVC é um plástico que pertence a categoria dos termoplásticos, podemos afirmar que ele é um material que pode ser fundido e moldado diversas vezes.
    • Apresenta excelente custo-benefício: a produção e transformação do PVC consome pouca energia e ele é muito durável.

    Leia Mais:

    Produção de PVC: PVC mantêm ritmo de vendas e de novos usos
    Medicinal: PVC domina a produção de bolsas
    Telhas de PVC têm Baixo Custo e Praticidade: Coberturas Plásticas Práticas, Confortáveis e Econômicas
    Reciclagem de PVC – Indústria quer ampliar a reciclagem – Extrusão
    A importância da informação técnica na tomada de decisões – IBPVC
    A sustentabilidade e os estabilizantes térmicos para PVC – IBPVC

    Para que serve o PVC?

    O PVC vem ganhando cada dia mais espaço na produção de diferentes produtos graças as suas propriedades. Veja abaixo quais produtos são fabricados com PVC:

    • Setor de arquitetura e construção civil: O setor de construção civil é o maior consumidor de PVC, sendo responsável por cercar de 70% da demanda mundial. Neste setor, o PVC é usado em múltiplas aplicações, incluindo tubos; conexões; canos; mangueiras; fios; telhas; janelas; portas e muito mais.

    A aplicação de PVC nas tubulações para água potável proporciona alta durabilidade, grande resistência, evita corrosão, não libera toxinas na água e impede e reduz a perda de água.

    • Setor de infraestrutura e saneamento básico: Aqui ele também é usado principalmente para canos, conexões, cabos e fios. Este material é essencial no fornecimento de água e gás natural.
    • Setor médico e hospitalar: O PVC é produto extremamente seguro e eficiente para a área médica. Serve para a fabricação de bolsas de sangue e soro; tubos plásticos; catéteres; sondas; mangueiras plásticas; luvas; conjuntos usados para coleta, armazenamento e transferência de sangue e seus componentes; entre outros itens médicos e hospitalares.

    Em torno de 35% dos equipamentos plásticos aplicados na área médica são feitos de PVC e seguem normas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

    • Setor farmacêutico: neste setor o PVC é usado pra a produção de cartelas de comprimidos (blisters).
    • Setor de embalagens: ele também pode ser utilizado para a fabricação de filmes protetores de alimentos; garrafas de água mineral; embalagens de higiene e limpeza; entre outros.
    • Setor de brinquedos: a sua utilização em brinquedos é muito importante, uma vez que ele se mostra um material leve, durável e seguro para as crianças.
    • Setor de agronegócio: o PVC é aplicado neste segmento em diversos produtos, como tubos e conexões para irrigação; mangueiras; telas e geomembranas; coberturas para estufas e galpões; embalagens para produtos agrícolas entre outros.
    • Outros setores: transportes; automobilístico e mais.

    Onde comprar policloreto de vinila PVC?

    Quer encontrar rapidamente os principais fornecedores de PVC no Brasil? Acesso o Guia QD, o mais completo guia eletrônico de compras e vendas do setor plástico.

    Neste portal, você tem à disposição uma ampla de lista de empresas fornecedoras policloreto de vinila e consegue não só acessar o site destas empresas como realizar vários orçamentos de uma só vez, otimizando os seus negócios.

    Ainda não conhece essa ferramenta? Experimente agora e ganhe tempo nas suas cotações!

    Veja Também:

    Os benefícios do PVC na arquitetura e construção
    Livro Tecnologia do PVC suas Aplicações, Reciclabilidade e Função Socioeconômica à Sociedade
    Conectados por meio da informação – Instituto Brasileiro do PVC
    O PVC e o saneamento básico
    Aumento no consumo favorece mais as poliolefinas e o PVC
    Brasil avança na eliminação do chumbo nos produtos de PVC
    Resinas suprem avanços do mercado – Fabricantes de compostos PVC

      Orçamento Rápido

      Informe os produtos que deseja receber cotação.

       

      Deixe um comentário

      O seu endereço de e-mail não será publicado.

      Adblock detectado

      Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios