O que é poliacetal POM?

Poliacetal é o plástico ideal para aplicações mais exigentes. Veja como este plástico robusto pode substituir o metal em diversas aplicações

O poliacetal é um plástico de engenharia que serve como excelente alternativa à utilização de metais, como bronze, ferro fundido e zinco. Suas características de rigidez e alta estabilidade mecânica o colocam como um perfeito substituto, atendendo uma grande variedade de aplicações em diferentes setores industriais, proporcionando alto desempenho.

Nesta matéria, você poderá encontrar uma abordagem completa sobre este fantástico material e entender como ele é um aliado indispensável no desenvolvimento de múltiplos produtos, dos simples aos mais complexos.

O que é poliacetal?

Trata-se de um polímero termoplástico de alta performance que apresenta diversas propriedades excepcionais, como alta rigidez, estabilidade dimensional, baixa absorção de água, baixo coeficiente de atrito, elevada resistência à abrasão e agentes químicos.

Seu nome oficial é poli-oxi-metileno, mas ainda pode ser reconhecido pela sigla POM e por outros sinônimos como poliacetal copolímero, acetal copolímero, polióxido de metileno (polioximetileno).

É encontrado comercialmente em variadas formas, incluindo chapas, peças, bastões, tubos e tarugos.

Quando o poliacetal foi descoberto?

Este material foi descoberto pelo químico Alemão Herman Staudinger, em 1922, no entanto o seu reconhecimento, com o prêmio Nobel, só veio em 1953.

Anos depois, o químico Dal Nagore superou suas dificuldades de estabilidade térmica, tornando-o uma ótima alternativa comercial.

Quais são suas características?

O poliacetal possui características únicas que o colocam como um plástico de engenharia notável, destacando-se principalmente quanto a rigidez e estabilidade. Confira abaixo suas principais características:

  • Alta rigidez: este material tem capacidade de resistir à deformação quando submetido a forças externas, como flexão, compressão ou impacto.
  • Alta estabilidade mecânica: essa característica aliada a rigidez faz com que o poliacetal enfrente situações de estresse e tensão com eficácia.
  • Baixo coeficiente de atrito: o poliacetal tem superfície lisa e autolubrificante, o que reduz o atrito e tem ótima aplicaçabilidade para peças que envolvem movimentos deslizantes. Essa propriedade proporciona uma eficiência energética de máquinas e equipamentos, minimizando o consumo de energia e os custos operacionais.
  • Excelente resistência ao impacto alto: ele consegue absorver e dissipar energia mecânica sem se romper ou sofrer deformações permanentes frente à grandes impactos.
  • Baixa absorção de umidade: como ele tem baixa higroscopicidade, ele absorve pouca água, contribuindo para uma melhor estabilidade dimensional
  • Alta estabilidade dimensional: este material tem baixa alteração em suas dimensões, mesmo sob conduções de variação de temperatura. Ele mantém suas propriedades inclusive quando imerso em água quente.
  • Boa resistência à produtos químicos: ele possui resistência a muitos produtos químicos, por exemplo ácidos, bases, solventes e óleos.
  • Alta isolação térmica: tem capacidade de impedir a transferência de calor de um lado para o outro do material.
  • Apresente excelente isolação elétrica: essa característica, torna o poliacetal ideal para aplicações em componentes elétricos e eletrônicos.
  • Boa resistência à fadiga a longo prazo: é um material que suporta cargas cíclicas sem se romper ou sofrer deformações permanentes ao longo do tempo.
  • Alta resistência à abrasão: tem capacidade para resistir ao por um longo período de tempo.
  • Reciclável: o poliacetal é um material 100 % reciclável, o que ajuda na redução do impacto ambiental.
  • Resistência à tração.
  • Atóxico.
  • Maior possibilidade de combinação de cores.
  • Proporciona menor custo de acabamento.
  • Usinabilidade (fácil usinagem): esta propriedade contribui para fabricação de peças com alta precisão dimensional; versatilidade de design; acabamento superficial de alta qualidade.
  • Termoplástico semicristalino

Em razão dessas características, este material é muito usado na produção de peças de precisão, as quais exigem alta resistência e rigidez em prejudicar o seu desempenho. Além disso, como ele é resistente e durável, proporciona uma longa vida útil aos produtos.

Quais são suas principais aplicações?

O POM é um plástico de engenharia multifuncional, portanto, atende uma ampla gama de aplicações nos mais variados setores industriais, como engenharia mecânica; engenharia civil, indústria elétrica; indústria eletrônica; tecnologia médica (produtos hospitalares), indústria automobilística, madeireira, agricultura, indústria farmacêutica, indústria têxtil, setor de ferramentaria entre outros.

Portanto, ele é utilizado para a produção de infinidade de peças, inclusive do nosso dia a dia. Veja abaixo algumas aplicações importantes do poliacetal:

  • Buchas.
  • Engrenagens.
  • Arruelas.
  • Guias de barramento.
  • Guias mancais.
  • Rotores.
  • Placas de desgaste.
  • Vedações.
  • Elementos de válvulas.
  • Parafusos.
  • Conexões.
  • Acoplamentos.
  • Flanges.
  • Roletes.
  • Roldanas.
  • Retentores.
  • Bobinas.
  • Rolamentos.
  • Correntes.
  • Dobradiças.
  • Roscas
  • Torneiras
  • Bombas articuladas
  • Fechaduras.
  • Trilhos deslizantes
  • Esteiras
  • Componentes do equipamento de embalagem.
  • Peças de encanamento.
  • luminárias.
  • zíper.
  • Roscas sem-fim
  • Roletes
  • Cones
  • Palhetas para instrumentos musicais.
  • Martelos.
  • Peças de eletrodomésticos.
  • Peças automotivas
  • Dispositivos médicos.
  • Peças para processamento de alimentos.

Como vimos, as propriedades de rigidez e alta resistência mecânica fazem com que o POM tem ampla aplicação na engenharia de precisão, servindo para a produção de componentes de máquinas, por exemplo engrenagens, rolamentos, buchas e muito mais.

No setor automobilístico, o poliacetal é aplicado para a produção de cintos de segurança; vidros e travas elétricas; carcaça de bombas de combustível; peças internas do motor; engrenagens da caixa de câmbio, engrenagens, buchas, rolamentos, componentes de sistemas de frenagem e direção, entre outros.

Já na indústria eletroeletrônica, ele é usado em invólucros de dispositivos, conectores, carcaças de equipamentos, peças de precisão, componentes de isolamento etc.

No setor de construção civil também tem ampla aplicação, sendo utilizado em ferragens, dobradiças, puxadores, peças para sistemas hidráulicos, etc.

Por sua vez, na indústria têxtil este termopolástico pode ser usado em diferentes aplicações, como fivelas, zíperes, peças para máquinas têxteis e muito mais.

Outras aplicações ficam por conta de utensílios domésticos, brinquedos, ferramentas e artigos esportivos.

Quais são os fornecedores do poliacetal no Brasil?

No Guia QD, você encontra rapidamente diversas empresas que trabalham com o fornecimento de POM. Se ainda não conhece essa plataforma online de compras e vendas, experimente agora! Veja como é fácil realizar suas consultas e solicitar diversos orçamentos de uma só vez.

Leia Mais

Plásticos de Engenharia – Polímeros Modernos respondem a desafios mais complexos
Transformação – Polímeros de Engenharia – Polioximetileno (POM)

    Orçamento Rápido

    Informe os produtos que deseja receber cotação.

     

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Adblock detectado

    Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios