Notícias

Notícias – Feira confirma força do nordeste

Plastico Moderno
23 de outubro de 2009
    -(reset)+

    Ingredientes e Serviços para as Indústrias Farmacêutica, Química e Cosmética. A Alimentécnica abrigou a cadeia do setor de Alimentos que responde por mais de 40% do PIB nordestino e a Alquimia reuniu os principais fornecedores para os segmentos farmacêutico, químico e cosmético, que vieram ao encontro dos seus clientes na região.

    Englobando essas quatro feiras-satélites, a Embala Nordeste poderá ser desdobrada em feiras isoladas, como já ocorreu em São Paulo, segundo André Mozetic. “Se continuarmos no ritmo de consumo que estamos tendo no Nordeste, e parece ser irreversível, pois cresceu mesmo com crise, em quatro ou cinco anos as feiras terão que ser separadas ou teremos que contar com mais espaço físico, como o Anhembi – cinco vezes maior que o Centro de Convenções de Pernambuco (Cecon)”, prevê o diretor. Este ano, mesmo com vinte mil metros quadrados de área, cem empresas ficaram de fora do Cecon por falta de espaço para estandes. Mas não se cogita a saída da feira de Pernambuco porque o Estado é a primeira opção dos expositores graças à sua logística regional e ao processo de interiorização industrial que vem vivendo.

     

    Leia também:



    Recomendamos também:








    Um Comentário


    1. Roberto Carlos p do santo

      Tenho polibutileno tereftalato PBT presciso vender e não sei qual é o valor do material se houver interesse me ligar (19) 982256167 ZAP



    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *