Notícias

Notícias – Design por computador ganha versão mais veloz

Marcio Azevedo
23 de janeiro de 2009
    -(reset)+

    O programa de CAD (desenho auxiliado por computador, em inglês) 3D mais popular do mercado ganhou nova versão. O SolidWorks 2009 chega aos clientes mantendo a elevada média de aprimoramentos ano a ano, com mais de 260 modificações em relação à edição de 2008, voltadas a satisfazer três metas principais: a conclusão mais ágil do trabalho; o foco no projeto, e não na ferramenta de CAD; e o aumento da qualidade do produto.

    Plástico Moderno, Fielder Hiss, diretor de gestão de produtos da DS SolidWorks, Notícias - Design por computador ganha versão mais veloz

    Velocidade aumenta com tamanho do conjunto, explica Fielder Hiss

    A melhora do desempenho do software no quesito velocidade, aliás, é um dos pontos fortes do atual SolidWorks, em resposta às consultas que a Dassault Systèmes SolidWorks Corp., fornecedora do programa, comumente faz com seus clientes. A empresa recebeu muitos pedidos por maior velocidade na criação de montagens de desenhos de grandes conjuntos, até mesmo de clientes brasileiros, pois a velocidade do software diminuía rapidamente com o aumento do número de componentes. “Quem utiliza a versão 2009 percebe que as coisas estão mais rápidas”, explica Timoteo Mateus Müller, gerente técnico da DS SolidWorks no Brasil. A melhora não se deve a alguma nova tecnologia, mas sim a um intenso trabalho de otimização do código de programação e dos algoritmos, que possibilitou a redução de até 65% no tempo que o software demanda para realizar  ações. Outra estratégia foi concentrar a otimização nas tarefas mais executadas pelos usuários do programa de CAD 3D, com base na análise de suas rotinas de trabalho, ou ainda, permitir ao usuário operar com simplificações das montagens, a fim de reduzir a demanda por memória. A característica mais interessante dessa redução de tempo, entretanto, é que ela se intensifica quando cresce o número de componentes do projeto, segundo o diretor de gestão de produtos da DS SolidWorks, Fielder Hiss. Testes avaliando conjuntos com 5 mil a 100 mil componentes, afirma Hiss, comprovaram o ganho de desempenho.

    A cada novo lançamento, a DS SolidWorks também procura tornar a utilização de sua ferramenta CAD mais simples, de modo que o usuário empenhe mais tempo na construção do projeto que na tarefa de aprender a utilizar o programa. Essa tendência já vem de versões anteriores, em uma tentativa de desmistificar o desenho tridimensional em computador. Reflexo desse esforço é a consolidação da tecnologia de recursos inteligentes SWIFT (SolidWorks Intelligent Feature Technology) na versão de 2009, com recursos que tornam mais amigável a interface com o usuário. Um exemplo é a capacidade de movimentação de conjuntos em tempo real, possibilitando a realização de alterações em geometrias com dimensões específicas tanto no ambiente de montagem quanto no de peça, tarefa que sofria restrições no ambiente de peça do SolidWorks 2008. A observação dos fluxos de trabalho dos clientes também mostrou ser muito comum a tarefa de acessar áreas específicas dos conjuntos para selecionar um determinado componente. Em conjuntos de grandes dimensões, esse passo aparentemente simples pode se tornar trabalhoso, pois o usuário, “perdido” entre tantas peças, pode ficar sem referência, ou ter dificuldade para selecionar pontos específicos. Por isso, uma das inovações do lançamento é uma lente de aumento que permite ampliar (aplicar um “zoom”) áreas determinadas do projeto, o que torna muito mais simples as seleções de entidades.

    Outra inovação que pretende melhorar a interface com o usuário relaciona-se com a exibição de posicionamentos. Na edição de 2009, o SolidWorks permite que, dentro de um conjunto, o usuário determine a exibição exclusiva dos componentes de interesse, enquanto o programa mantém oculto o que não pertencer à visualização escolhida, sem distorcer as relações de medidas e posicionamento dos componentes não exibidos na tela do computador. A preocupação com a interface homem-máquina também está clara no aprimoramento do suporte para monitor duplo, que agora permite arrastar, de um monitor a outro, a maior parte das janelas que poderiam conturbar a área gráfica de trabalho, tornando as telas do computador mais “limpas”.

     

    Plástico Moderno, Timoteo Mateus Müller, gerente técnico da DS SolidWorks no Brasil, Notícias - Design por computador ganha versão mais veloz

    Müller: design tem recursos que oferecem mais inteligência

    Produto aperfeiçoado – Dentre os pilares que a DS SolidWorks elegeu para o desenvolvimento da atual versão de seu programa, também está contemplada a obtenção de produtos finais com melhor qualidade. Segundo o gerente técnico Müller, muitos recursos de inteligência foram adicionados à criação de projetos, especificamente no quesito design, para produtos como peças plásticas. Alguns projetos desse tipo representavam, na visão de Müller, grande desafio para designers e engenheiros de produto, caso das peças com múltiplos corpos. A versão 2009 introduz um analisador inteligente de divisão de peça, que fornece em tempo real o comportamento da linha de divisão.

    Embora a habilidade para lidar com peças de corpos múltiplos não seja nova no SolidWorks, a versão atual possui recursos inéditos, como o comando “saliência e ranhura”. Para facilitar sua montagem e desmontagem, peças de corpos múltiplos utilizam um determinado tipo de encaixe que, anteriormente, precisava ser calculado “no braço” pelo projetista. Com o novo comando, no entanto, basta selecionar a face e a aresta interna pertinentes para o programa gerar a conformação entre as partes, seguindo uma geometria de encaixe determinada pelo operador. Esse processo, agora automatizado, poderia facilmente levar uma hora, se efetuado à maneira antiga. As nervuras, muito comuns nos projetos de peças plásticas para elevar sua resistência mecânica, também são feitas de maneiras mais simples no SolidWorks 2009, eliminando o processo de tentativas e erros anteriormente necessário para tal tarefa.


    Página 1 de 212

    Recomendamos também:








    0 Comentários


    Seja o primeiro a comentar!


    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *