Notícias – Basf mostra novidades em turnê pelo mundo

Em calçados esportivos, o TPU constitui material viável para substituir EVA, PVC e TR. Entretanto, as propriedades dos poliuretanos termoplásticos possibilitam aplicações diversificadas. De acordo com Barbosa, o produto oferece alto grau de excelência não somente às necessidades do mercado calçadista, como também aplicações em filmes, fibras têxteis, materiais para identificação animal, rodas, amortecedores de vibrações de trilhos, empunhadeiras, fios e cabos, entre outros.

Pacote de soluções para acabamento de superfícies – Uma nova tecnologia desenvolvida pela Basf também possibilitou o acabamento de superfícies de madeira, metais, plásticos e materiais compostos. Trata-se de tecnologia patenteada denominada PermaSkin, já instalada em clientes do Reino Unido e em fase de finalização em clientes da Alemanha.

“A tecnolgia foi desenvolvida originalmente para aplicações em madeiras para uso externo, como portas. Mais tarde, percebemos que o sistema também funcionava em alguns plásticos como poliestireno expandido e polipropileno expandido, incluindo também possibilidades de uso em peças metálicas”, informou Renata Oki, analista de marketing.

Um dos aspectos mais inovadores no projeto, informa Renata, é o modelo de negócio. “A área de especialidades estirênicas tradicionalmente produz e comercializa matérias-primas plásticas para as indústrias automobilísticas, eletroeletrônicas, de embalagens, construção civil, entre outras, mas o sistema PermaSkin apresenta-se como uma solução completa, um pacote de soluções que compreende o filme plástico feito de ASA (Luran S), denominado LuraSkin, o adesivo em base água para a laminação do filme na superfície do material, e a máquina laminadora. Ou seja, o cliente negocia o pacote inteiro com a Basf, que irá desenvolver parcerias para oferecer a solução completa ao cliente”, afirmou Renata.

Apto a ser empregado em qualquer tipo de aplicação voltada ao acabamento de superfície com alta durabilidade tal qual fosse uma pintura, o sistema PermaSkin conta com aplicações inéditas no mercado automotivo europeu graças às suas propriedades de resistência química e às intempéries, encontrando-se atualmente em estágio de desenvolvimento e análise também em um cliente da América do Sul.

Plástico Moderno, Notícias - Basf mostra novidades em turnê pelo mundo
Brinquedo de PVC apresenta menos de 0,01% de ftalato

Plastificante seguro – A Basf também investiu mais de quatro milhões de euros para desenvolver e testar o novo plastificante Hexamoll Dinch, para atender às exigências européias relacionadas com a segurança toxicológica para uso do produto em aplicações de compostos de PVC para brinquedos (bonecas, bolas etc.), artigos médicos (tubos para alimentação interna e hemodiálise, bolsas de soro e sangue, tubos respiratórios, cateteres, luvas, máscaras de oxigênio etc.), filmes para alimentos, artigos esportivos, produtos para lazer, entre outras prevendo contato humano.

“O plastificante Hexamoll Dinch contém menos do que 0,01% de ftalato, ou seja, está praticamente isento de ftalatos e apresenta o menor índice de migração nos produtos de PVC, constituindo a melhor opção em questão de segurança para a nossa saúde”, informou o gerente de marketing Fabrício Soto.

Sua importância tecnológica assumiu maior peso no Brasil recentemente, segundo Soto, em razão da entrada em vigor da Portaria 369, do Inmetro, que exige que todos os brinquedos fabricados em vinil, para crianças entre zero a três anos, apresentem concentração inferior a 0,1% de ftalato.

 

Saiba mais:[box_light]Notícias – Envase e impressão ganham novas opções[/box_light]

[box_light]Notícias – Mercado de PU ganha filial do grupo Cannon[/box_light]

Página anterior 1 2 3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios