Redução de tarifa para importação de polipropileno

Nota - ABIPLAST

A ABIPLAST cumprimenta o Governo pela iniciativa em convocar o setor produtivo para debater e buscar soluções com relação ao contexto de desbalanceamento de cadeias e desabastecimento de matérias-primas.

Nas últimas semanas, foram realizados encontros entre a Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade (Sepec), do Ministério da Economia, associações, setores consumidores e Braskem para discutir e traçar estratégias.

A associação vê acertos nas medidas do Governo, sobretudo na nova resolução da Câmara de Comércio Exterior (Camex) em reduzir a ZERO o imposto de importação da resina de polipropileno (PP) para uma cota de 77 mil toneladas, por 3 meses (podendo ser renovada).

A participação do executivo federal representado pelo Ministério da Economia é muito importante, pois somente o Governo tem o poder de intervenção no mercado, que traz questão estrutural há muito tempo.

Para a ABIPLAST, é equivocada a ideia de que uma associação ou setor deve encabeçar o debate isoladamente.

Por fim, a entidade reitera e incentiva a crença no diálogo constante para a solução de questões das cadeias produtivas.

Plástico Moderno -

O setor nacional de transformados plásticos e reciclagem encontra representação e apoio, há mais de cinco décadas, na Associação Brasileira da Indústria do Plástico (ABIPLAST), desde que o segmento começou a se desenvolver no País. O trabalho iniciado em 1967 responde atualmente a um total de 12 mil empresas e 325 mil profissionais.

Para manter forte essa representação, a entidade conta com o trabalho conjunto e colaborativo de 23 sindicatos estaduais, que fortalecem o setor regionalmente, e associações parceiras, que contribuem para reiterar a importância da nossa indústria.

A entidade, mais que defender os interesses e prestar assistência à categoria por meio de diversos serviços e iniciativas, tem o papel de valorizar o plástico, promover o setor e sua competitividade, bem como os avanços tecnológicos com foco na sustentabilidade. Para o Brasil, o progresso dessa atividade industrial causa um efeito multiplicador e mostra-se importante por trazer inúmeros benefícios econômicos e socioambientais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios