Pigmento Negro de fumo também é aditivo

Mais que um pigmento preto, em diversas aplicações como tubos de irrigação, filmes para mulching, geomembranas, entre outras, o negro de fumo tem como principal finalidade conferir proteção à radiação UV, observa Alexandre Carmello, gerente de marketing e serviços técnicos da Cabot. “É o aditivo que fornece a mais alta proteção UV aos polímeros”, ressalta. É ainda, ressalta Carmello, uma opção de custo inferior ao de outros aditivos anti-UV e oferece proteção permanente. Mas tem um limitante: deixa as peças pretas.

Na linha de negros de fumo, complementa Carmello, há também alguns graus condutivos, usados com função antiestática/condutiva em aplicações como fibras, caixas, embalagens de eletrônicos feitas de materiais como PE, PP e ABS.

Como aditivos para plásticos, a Cabot fornece também sílicas pirogênicas, capazes de conferir aos polímeros maior resistência mecânica e efeito anti tacking (anti-adesão). Por seu custo ainda relativamente elevado, elas ainda são utilizadas basicamente em compósitos feitos com poliéster, epóxi, PU, entre outras resinas. Mas podem ser interessantes também para aplicações de termoplásticos que necessitem de grande melhoria das propriedades mecânicas, mantendo suas propriedades de transparência ou sofram com blocagem (forte efeito de adesão).

Um exemplo: “bobinas ou filmes plásticos depositados um sobre o outro e armazenados durante algum tempo, quando da sua utilização se percebe que há uma colagem, é difícil a separação”, aponta o profissional da Cabot.

Leia Mais:

Para encontrar fornecedores de negro de fumo, acesse o Guia QD, maior plataforma eletrônica de compras e vendas do setor, com mais de 300 mil consultas mensais por produtos e mais de 400 anunciantes ativos. Consulte também empresas que trabalham com negro de fumo, dispersão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios