Máquinas e Equipamentos

Moldes: Fabricantes buscam mais eficiência no conceito 4.0

Jose Paulo Sant Anna
24 de outubro de 2018
    -(reset)+

    Química e Derivados, Carneiro: sistema de assinatura multiplicou o uso de softwares

    Carneiro: sistema de assinatura multiplicou o uso de softwares

    Crise? – Uma empresa há vinte anos no mercado brasileiro que no ano passado cresceu 35% e esse ano pretende alcançar um crescimento ainda maior? Parece uma façanha e tanto. Pois esse é o resultado informado por Mário Carneiro, gerente de vendas da Autodesk Brasil. A multinacional especializada no desenvolvimento de softwares traz para o país, entre produtos destinados a uma gama enorme de aplicações, linha completa de CAE/CAD/CAM voltada para a indústria de moldes de injeção de plásticos.

    Alguns motivos explicam o ótimo desempenho. Além da disseminação da tecnologia no mercado nacional, fator indiscutível, a mudança do modelo de comercialização adotado pela empresa ajudou bastante. No passado, as empresas interessadas precisavam adquirir licenças perpétuas para a utilização dos softwares. Isso custava muito caro e, quando surgisse uma evolução com recursos mais avançados, o usuário precisava adquirir o produto novamente caso quisesse se manter atualizado com a tecnologia.

    Há dois anos a comercialização passou a ser feita pelo sistema de assinaturas. A empresa interessada paga por períodos determinados para manter a licença de uso dos softwares. Carneiro aponta as vantagens para os clientes. “O preço caiu muito, de três a quatro vezes. E os usuários podem contratar o serviço em períodos de alta dos projetos e ficar sem a assinatura quando o nível do trabalho não exigir, o gasto é proporcional”. Outra vantagem. “Ao assinar, as empresas têm sempre à disposição a tecnologia atualizada”. A procura disparou. “As ferramentarias que antes não consideravam a possibilidade de usar os softwares passaram a considerar”.

    Entre os produtos oferecidos, o gerente comercial destaca a linha de Moldflow, para implantação de tecnologia CAE. Ela permite o teste no computador do molde recém-projetado antes da realização do tryout no chão da fábrica. Podem ser conferidas a eficiência da ferramenta e a adequação da escolha da matéria-prima. Também podem ser calculados os ajustes necessários da injetora para o preenchimento completo do molde e adotadas correções de problemas, como a má aparência das peças. A simulação não substitui o tryout, mas a antecipação de muitas experiências no computador economiza tempo e reduz o estresse dos profissionais envolvidos.

    Química e Derivados, Tela do Moldflow compara diferentes preenchimentos de moldes

    Tela do Moldflow compara diferentes preenchimentos de moldes

    A linha Moldflow possui bancos de dados minuciosos com as principais características das resinas mais demandadas pelo mercado. Entre as informações carregadas no computador que permitem verificar o comportamento exato da resina dentro do molde se encontram viscosidade, calor específico, condutividade térmica, coeficiente de expansão térmica e outras obtidas em testes feitos em laboratórios com equipamentos sofisticados, difíceis de serem encontrados no Brasil.

    Outros softwares ressaltados pelo gerente para esse nicho de mercado são os de CAD Fusion/Inventor, que permitem ao usuário a total visualização nas telas do projeto em desenvolvimento. Por meio deles, o projetista visualiza qualquer seção da peça ou do molde onde será injetada, de maneira instantânea, com recursos como mudança de escala, utilização de cores, rotações, sombras e luzes, entre outros. Podem ser definidos, por exemplo, os ângulos mais apropriados para que a peça seja moldada com maior facilidade, ou as nervuras necessárias para se chegar aos níveis de resistência mecânica adequados às necessidades. Sempre levando em conta as características das resinas a serem transformadas.



    Recomendamos também:








    0 Comentários


    Seja o primeiro a comentar!


    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *