Masterbatches – Sustentabilidade norteia os novos desenvolvimentos

As pesquisas em andamento na Cromex também contemplam produtos nanotecnológicos, outra pauta muito em voga na indústria. Os estudos, em parceria com a Nanox, de São Carlos-SP, empresa dedicada à nanotecnologia, pretendem a veiculação da nanoprata em quatro matrizes poliméricas: o polietileno, o polipropileno, o poliestireno e o PET grau garrafa.

O master aditivado em escala nano, de função bactericida e bacteriostática, beneficia em particular a indústria de alimentos com embalagens que conferem aos produtos maior tempo de prateleira. Porém, suas características o endereçam às mais variadas aplicações, que devem ser isentas de contaminação por bactérias.

Plástico Moderno, Marina Howley, Representante internacional de marketing, Masterbatches - Sustentabilidade norteia os novos desenvolvimentos
Marina: nova linha viabiliza o uso do PLA em não-tecidos

Descartáveis verdes – A preocupação com produtos amigáveis ao meio ambiente chegou também aos laboratórios da Techmer, empresa americana com atuação no mercado brasileiro mais direcionada ao setor de não-tecidos, que concebeu concentrados baseados no ácido poliláctico.

Representante internacional de marketing, Marina Howley comemora a obtenção das fórmulas, que agregam corantes e aditivos, em particular estes últimos, por embutirem uma solução para um problema dos transformadores: a rigidez do PLA. Por conta dessa característica, durante a confecção dos não-tecidos é corriqueiro o rompimento das fibras. Além disso, são ásperos.

Os desenvolvimentos da Techmer auxiliam o usuário a aliviar os dois sintomas. Um tipo de concentrado baseado em PLA contém substância capaz de facilitar o processamento e melhorar o alongamento da fibra na ruptura. Outro confere características de maciez. O principal mérito dessa nova linha de masterbatches, no entender de Marina, consiste em viabilizar a comercialização do PLA no segmento de não-tecidos: “Muitas empresas não o utilizavam por causa da rigidez e agora contam com essas opções.”

O bioconcentrado PLAM14249 melhora as propriedades sem interferir na biodegradabilidade do polímero. Ao minimizar a ruptura das fibras, o produto ainda contribui para elevar a produtividade do transformador.

Os novos produtos seguem, na opinião de Marina, a tendência do mercado global de utilizar cores veiculadas em resinas biodegradáveis, o que requer maior trabalho de desenvolvimento e pesquisa das empresas. Daí que, embora as formulações de cores veiculadas com PLA sejam endereçadas em especial ao mercado de não-tecidos, sua tecnologia possibilita o desenvolvimento de novas cores e a extensão do seu uso também a outros segmentos, como filmes.

A demanda dos produtos biodegradáveis tende ao crescimento, na avaliação da representante internacional, pois sintonizam com o conceito de sustentabilidade requisitado pela indústria. Ainda com esse viés, a Techmer disponibiliza novos produtos antichama livres de halogênios, para aplicação em processos de injeção e de não-tecidos.

Outra tecnologia muito em voga, a nanotecnologia também dispõe de espaço nos laboratórios da Techmer, em associação com materiais biodegradáveis, ou dentro do conceito de sustentáveis. Entre as vantagens, a fabricante de masterbatches ressalta o uso de dosagens menores em nanocompostos, sinônimo de economia de peso e material. O cardápio de produtos sustentáveis da Techmer também inclui o bioplástico polihidroxialcanoato (PHA) e agentes de processamento para resinas recicladas.

Dos últimos investimentos, Marina relata a conclusão, em junho último, de negócio que resultou na aquisição da tecnologia de formulação do aditivo hidrofílico da Basf conhecido pelo nome comercial de Irgasurf HL. A nova linha complementará e fortalecerá a atuação da Techmer no mercado de fibras e não-tecidos. O acordo inclui a transferência de propriedade intelectual e informação técnica – a marca, não.

Plástico Moderno, Débora Costa, Sênior marketing South America, Masterbatches - Sustentabilidade norteia os novos desenvolvimentos
Débora: as ações sustentáveis começam dentro da empresa

Postura estratégica – O comprometimento em desenvolver soluções sustentáveis tem cunho essencial nos planos de crescimento da vetusta Ampacet (são mais de setenta anos de atuação no ramo), listada entre as maiores produtoras globais de concentrados de cor e de aditivos para a indústria do plástico. “Há objetivos agressivos para cada uma de nossas unidades industriais ao redor do mundo”, declara Débora Costa, sênior marketing South America.

O propósito de poupar os recursos renováveis envolve funcionários dedicados a definir e monitorar o cumprimento das metas, em período integral. Comprometimento que remeteu a Ampacet ao grupo World Research Institute (Instituto Internacional de Pesquisa), como membro oficial e coadjuvante na criação de uma norma de medição das emissões de CO2.

As medidas adotadas pela Ampacet para melhorar a saúde do meio ambiente se estendem a metas de ordem interna, como reduzir as emissões de CO2. Cada uma das plantas da empresa espalhadas pelo mundo segue projetos para o uso mais eficiente de energia, água e matérias-primas. Entre outras providências, Débora menciona o aproveitamento da energia térmica residual originada no processo produtivo: a água quente usada no sistema de refrigeração das máquinas é reutilizada no circuito de aquecimento dos escritórios e no fornecimento de água quente para os vestiários dos funcionários. Implantada em Tortuguitas, na Argentina, essa iniciativa resulta na economia de mais de 20.400 m³/ano de gás natural.

Além da incumbência de seguir os critérios de desenho LEED (Leadership in Energy Efficient Design), a unidade industrial brasileira, em Camaçari-BA, conta com sistema de aproveitamento de águas pluviais para a irrigação e usos higiênicos; tratamento de efluentes líquidos e sistema de controle de poluição; aproveitamento máximo do uso de luz natural; e, ainda, sistema de renovação de ar, para oferecer boas condições de trabalho aos funcionários.

Página anterior 1 2 3 4 5 6Próxima página

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios