MarinaWeek 2022 – Plastivida

Certamente, a versão 2022 do MarinaWeek, evento organizado pela Cátedra Unesco para Sustentabilidade do Oceano e pela Scientific American Brazil, e que repensa a importância dos oceanos para a vida das pessoas e os impactos que eles vêm sofrendo, poderá ser realizado de forma presencial.

Mas, ainda por conta da pandemia de Covid-19, a edição 2021 foi realizada 100% online, com representantes de todo o mundo.

Nós da Plastivida, orgulhosamente, fizemos parte desse debate, representando as ações do Brasil nesse contexto.

Logo no primeiro dia do evento, participamos do painel “Oceano Sustentável – perspectivas do Brasil e dos países nórdicos”, juntamente com a embaixadora para o Oceano, do Ministério das Relações Internacionais da Suécia, Helen Âgre, a chefe do Departamento de Oceano, do Ministério das Relações Internacionais da Noruega, Unni Klevstad, a representante da Secretaria de Pesquisa e Formação Científica – Sepef, do Ministério da Ciência, tecnologia e Inovações (MCTI), Karen Silverwood-Cope, além de Alexander Turra, professor e pesquisador do Instituto Oceanográfico da USP (IO-USP).

O oceano e suas grandes dimensões unem povos e culturas diferentes.

Em torno do tema sustentabilidade dos mares, conseguimos promover o encontro dessas culturas diferentes para debater o futuro e os desafios para esse ambiente.

Um dos pontos levantados no evento foi a necessidade e de se mudar a relação da sociedade com os oceanos e com o meio ambiente de forma ampla.

Nesse sentido, tivemos a oportunidade de expressar o trabalho de educação que a indústria tem feito dentro de casa, para que ela mesma tenha um olhar diferenciado e equilibrado sobre a sua atuação como um agente ativo no processo responsável de preservação ambiental.

É anseio da indústria poder contar com um ambiente limpo e um planeta preservado, sendo parte do processo de preservação, e essas ações para o futuro já começaram.

Tivemos a oportunidade de apresentar o trabalho inovador que temos realizado como protagonistas na implementação do Programa Pellet Zero – OCS® na América do Sul.

Criado com o objetivo de auxiliar indústrias do setor plástico na eliminação de eventuais perdas de pellets plásticos para o ambiente, por meio de educação ambiental, o Programa Pellet Zero – OCS® foi adaptado à realidade brasileira, sob os parâmetros estabelecidos no “Fórum Setorial dos Plásticos – Por Um Mar Limpo”, com base no manual original do programa criado nos Estados Unidos pela ACC (American Chemistry Council) e PIA (Plastics Industry Association).

Como licenciadora do Programa Internacional Operation Clean Sweep (OCS®) e coordenadora do Fórum Setorial dos Plásticos – Por um Mar Limpo, a Plastivida já certificou 25 empresas, inclusive com a emissão do primeiro certificado OCS® Blue da América do Sul, a categoria mais alta dentro do programa. Lembrando que, no Brasil, a Abiplast também é licenciadora.

Outra questão levantada no debate, durante o evento, foi sobre inspiração.

Há mais de 10 anos protagonizando a atuação do setor plástico brasileiro sobre as questões ligadas aos resíduos nos mares, em parceria com o Instituto Oceanográfico da USP, pudemos expressar a nossa inspiração no sentido de transformar o olhar sobre os plásticos e sua importância para a saúde e bem estar da sociedade, assim como transformar o entendimento da sociedade, da academia e do poder público sobre a relação da indústria com os oceanos.

Plástico Moderno - Ilegal, imoral ou engorda - Plastivida ©QD Foto: iStockphoto
Miguel Bahiense da Plastivida

Todos nós pretendemos a mesma coisa: um planeta limpo e saudável para viver. Nossa inspiração é trabalhar para que a relação produção-consumo-descarte seja equilibrada, sem que haja prejuízo social, econômico ou ambiental.

Acreditamos que pudemos contribuir com as discussões e levar ao conhecimento mundial o esforço que temos empreendido sobre essa questão, em função de sua importância hoje e para o futuro.

Miguel Bahiense é graduado em Engª Química (UFRJ), pós-graduado em Comunicação Empresarial (FAAP/SP) e é presidente da Plastivida – Instituto Socioambiental dos Plásticos.

Plástico Moderno -

PLASTIVIDA

Desde a sua invenção, os plásticos são um avanço para a sociedade. Mas além das suas funções e vantagens inquestionáveis, estamos aqui para iniciar uma nova fase da relação dos plásticos com a sociedade. Uma relação mais racional no consumo e mais responsável no descarte; para o nosso bem e o bem do planeta.
Mais informações: http://www.plastivida.org.br/

Leia Mais:  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios