L’Oreal veta uso de resina virgem

A L’Oreal já utiliza no Brasil PET pós-consumo reciclado, em embalagens de diversas marcas: Elseve, Vichy, La Roche Posay e L´Oreal Professionel, entre outras.

E, em toda a América Latina, os produtos das linhas Garnier Hair Care e Elvive Hair Care têm embalagens 100% feitas em PET PCR.

Na linha Biotherm, a empresa utiliza PET obtido por um processo de reciclagem enzimática desenvolvido pela francesa Carbios.

Em outras regiões, já está mais avançado o processo de utilização de resinas recicladas pela empresa.

“Na América do Norte, na Europa e na Ásia, já utilizamos também polietileno PCR em pouches monomateriais”, relata Camila Storel, diretora de Desenvolvimento de Embalagens da L’Oréal Brasil.

Futuramente, prevê Camila, apenas plásticos reciclados mecânica ou quimicamente, ou provenientes de fontes renováveis, serão utilizados nas embalagens da L’Oreal.

L'Oreal veta uso de resina virgem - Camila Storel, diretora de Desenvolvimento de Embalagens da L'Oréal Brasil
Camila Storel, diretora de Desenvolvimento de Embalagens da L’Oréal Brasil

“Não terão mais espaço plásticos virgens de origem fóssil, nem aqueles que não possam ser direcionados às cadeias de coleta e reciclagem”, projeta.

Em dois gêneros de embalagens, a L’Oreal substituiu por outros materiais ao menos parte do conteúdo composto por resinas de origem fóssil: nas embalagens do tipo paper bottle (frasco feito com celulose proveniente de madeira) e paper tube, no qual papel papel-cartão substitui parte da matéria-prima plástica (desenvolvidas, respectivamente, em parceria com as fabricantes de embalagens Paboco e Albéa).

Signatária, em âmbito global, das propostas de redução e otimização do uso de plásticos da Fundação Ellen MacArthur, no Brasil a L’Oreal implementa a logística reversa de suas embalagens por meio do programa Dê a Mão Para o Futuro, mantido pela Abihpec.

L'Oreal veta uso de resina virgem

“E todos os materiais utilizados em nossas embalagens devem ser food grade, de forma a garantir a qualidade e segurança dos nossos produtos e consumidores”, afirma Camila.

Leia Mais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios