Linha Branca: Nanotecnologia controla micróbios – Plástico Moderno

Plástico Moderno, Nanotecnologia controla micróbios
Luiz Gustavo Simões, diretor da Nanox

Boa parte das peças plásticas presentes nas geladeiras e freezers quando usadas nas casas dos consumidores entram em contato com alimentos de forma constante. Um diferencial usado por fabricantes dos aparelhos já há alguns anos é o de agregar às resinas utilizadas no interior dos aparelhos nanopartículas antimicrobianas à base de prata.

A Nanox, de São Carlos-SP, foi a pioneira no Brasil a produzir essas partículas. Criada por profissionais formados na conceituada rede acadêmica da cidade, a empresa lançou a linha NanoxClean em 2009. “As nanopartículas de prata são fabricadas mediante reações químicas geradas em superfícies cerâmicas e depois incorporadas nas resinas, vendidas na forma de masterbatches”, informa o diretor Luiz Gustavo Simões.

Hoje, a Nanox atende as fabricantes de eletrodomésticos de linha branca nacionais e também exporta para outros países, como México, Colômbia e Argentina. Uma novidade: os produtos NanoxClean foram aprovados recentemente pela FDA, agência de vigilância sanitária dos Estados Unidos. A aprovação deve facilitar a exportação dos produtos para o mercado norte-americano, onde a empresa já conta com base comercial.

De quebra, a Nanox também oferece masterbatches (sem componentes manométricos). Para a linha branca, estão os enriquecidos com aditivos que protegem os equipamentos contra raios ultravioletas. Estes são indicados para peças que precisam de proteção par manter a cor, entre elas algumas presentes em lavadoras de roupas, por exemplo.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios