Injetoras aprimoram comandos para seguir maré da indústria 4.0

Feira K - Injetoras aprimoram comandos para seguir maré da indústria 4.0 e proporcionar mais flexibilidade com custos competitivos

Reforço na linha – A alemã Arburg mostrou na feira a nova injetora da série Allrounder.

Com acionamento híbrido, ela conta com força de fechamento de 650 toneladas. Antes, essa linha contava com máquinas de 12,5 a 500 toneladas de força de fechamento.

No estande, a máquina fabricou, em um único molde, oito peças de um banquinho, retirado da máquina e depois montado por robôs. “A operação provocou uma das maiores filas da feira”, informa Leandro Goulart, gerente de vendas do escritório brasileiro da empresa.

A máquina presente no estande da empresa veio equipada com o novo comando Gestica, que deve chegar ao mercado dentro de um ano e é uma evolução do comando Selogica, hoje presente nos modelos da empresa.

Goulart lembra que outros fabricantes de injetoras usam comandos fabricados por terceiros, mas os da empresa são desenvolvidos e fabricados pela própria Arburg. “Eles são projetados a partir das necessidades das injetoras, isso proporciona grande flexibilidade e facilidade de operação ao equipamento”.

Plástico Moderno, Arburg desenvolveu o Gestica, mais interativo e fácil de operar
Arburg desenvolveu o Gestica, mais interativo e fácil de operar

O Gestica mantém muitas características da versão anterior, como a estrutura hierárquica e gráfica do sistema de programação. “A perfeição não precisa ser reinventada”, diz o gerente, sem falsa modéstia.

À nova versão foi adicionada a tecnologia conhecida como easyslider. “Ela permite maior facilidade de operação, aumenta a interatividade da máquina com o operador”.

A empresa também oferece o sistema ALS (Arburg Host Computer System), ferramenta central para a organização moderna e eficiente da produção de peças.

O ALS possui diferentes módulos que atendem os mais exigentes requisitos, como administração da produção, programas de molde e geração relatórios. Todos os indicadores da máquina podem ser vistos de qualquer lugar por meio da telefonia móvel.

Plástico Moderno, Injetora Allrounder chega a 650 t de força de fechamento
Injetora Arburg – Allrounder chega a 650 t de força de fechamento

Outra atração da empresa na exposição foi a Freeformer, máquina de manufatura aditiva apresentada ao mercado em 2013 e disponibilizada em março deste ano. “Seu grande diferencial está no fato de ela permitir a obtenção de peças em qualquer material plástico, inclusive commodities, ao contrário das concorrentes, que produzem peças apenas em determinados materiais”.

Como trabalha por meio da distribuição de microgotas, ela só não opera com plástico reforçado, como os com fibra de vidro, por exemplo. No mercado internacional, o alvo principal da Arburg com a Freeformer é o de empresas que necessitam produzir pequenos lotes de peças. Um segundo foco está no nicho da prototipagem. “No Brasil, a procura por esses equipamentos se concentra mais entre os que atuam com prototipagem”.

Goulart se mostrou favoravelmente impressionado com o número de brasileiros presentes na K’. Ele se mostra otimista sobre uma recuperação das vendas nos próximos meses. “No segundo semestre, melhorou um pouco. O mercado existe, faltam oportunidades, falta estabilidade da economia para gerar maior confiança entre os investidores”.

 

Procurando Injetoras para o seu negócio – Consulte o GuiaQD

 

Página anterior 1 2 3 4 5Próxima página

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios