Injetoras aprimoram comandos para seguir maré da indústria 4.0

Feira K - Injetoras aprimoram comandos para seguir maré da indústria 4.0 e proporcionar mais flexibilidade com custos competitivos

 

Muitas novidades – A Sumitomo Demag

A empresa nascida em 2008 a partir da aquisição da alemã Demag pela japonesa Sumitomo, apresentou na K’ sua quinta geração de máquinas elétricas, a nova série IntElect.

Ela é formada por modelos de 50 a 450 toneladas de força de fechamento e indicada para a transformação de peças de elevada precisão e ciclos rápidos. “As máquinas ganharam motores de maior velocidade e proporcionam consumo de energia muito baixo”, afirma Christoph Rieker, gerente geral do escritório brasileiro do grupo.

As novidades da empresa não pararam por aí. No seu estande, foi instalada uma unidade da nova versão da linha de injetoras Elexis ST, que passou por processo de reengenharia.

Seu desempenho impressionou os visitantes. “Na feira, em um molde de quatro cavidades, fabricamos copos com rótulos aplicados por meio do processo de in mold label em ciclos de 1,77 segundos”. De acordo com o gerente, foi um recorde. “Foi o ciclo mais veloz da K’. Resolvemos encarar esse desafio, adotamos uma postura bem agressiva para demonstrar a que velocidade e precisão podemos chegar”.

A linha Elexis ST já está no mercado há algum tempo e é bastante conhecida pela indústria do plástico. “Já temos mais de 2,4 mil unidades dessa linha instaladas em todo o mundo”.

O gerente credita o sucesso à robustez e confiabilidade. “As máquinas são híbridas, têm sistema de plastificação movido por motor elétrico e sistema de fechamento hidrostático”.

Plástico Moderno, EL-Exis SP 420-2500, da linha atualizada pela Sumitomo Demag
EL-Exis SP 420-2500, da linha atualizada pela Sumitomo Demag

Outra atração da Sumitomo Demag chamou a atenção. Trata-se da divulgação do processo de injeção por pressão, técnica hoje restrita a poucos fabricantes de injetoras de todo o mundo. “Acho que somos uma das três ou quatro que dominam a tecnologia”, estima.

O processo prevê o início da injeção do plástico antes do molde ficar totalmente fechado – quando ele está com uma abertura em torno de um milímetro. Depois de uma fração de tempo muito reduzida – 0,2 segundo, em média – o molde é fechado e o ciclo se encerra.

“A injeção por pressão permite a obtenção de paredes muito finas e peças muito leves a um custo competitivo, vantajoso em relação a outros processos de transformação, como o de termoformagem”.

Para realizar a operação, as injetoras precisam contar com alguns itens opcionais. “O molde tem alguns segredos, não é possível realizar a operação em moldes comuns”.

Para a indústria automobilística, a surpresa apresentada ficou por conta da demonstração da produção de frisos internos para automóveis com decoração personalizada, feita pela adição de um filme aos moldes em processo similar ao in mould label.

A técnica é muito útil nos dias atuais, quando a oferta de produtos personalizados conquista a simpatia dos consumidores.

Rieker lembra que o conceito de indústria 4.0 está consolidado, é uma realidade. Ele ressalta que os comandos instalados nas máquinas Sumitomo estão totalmente preparados para essa realidade. “Hoje se fala muito sobre isso, mas há um bom tempo nossos comandos permitem total integração com os periféricos.

Todos os equipamentos utilizados em uma linha de produção podem ser controlados pela injetora”. As informações dos controles também podem ser captadas por tablets e smartphones.

Rieker se mostrou impressionado com o movimento da feira. “Havia visitantes de todo o mundo em grande número, inclusive da América do Sul.

Atendemos brasileiros, argentinos, chilenos, colombianos e peruanos”, conta. Sobre o mercado nacional, ele se surpreendeu de forma favorável com o bom número de projetos novos idealizados pelos clientes. “O ambiente melhorou, estou otimista de que no próximo ano ocorra a recuperação das vendas”.

Fornecedores de Injetoras:

Página anterior 1 2 3 4 5Próxima página

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios