Investimento setorial favoreceu inovação – Plástico

Setor do Plástico - ABIPLAST

A estimativa do montante total investido pelo setor do plástico em 2016 é de cerca de R$ 1,22 bilhão, com o setor de bens de capital sendo responsável por R$ 999,9 milhões, em torno de 82% do total.

Uma análise mais detalhada desses números revela um perfil um pouco diferente das prioridades dos transformadores. “Observamos que no ano passado houve migração de recursos da compra de máquinas e equipamentos para inovação, tanto em produto quanto em processos.

Investimento

A inovação apresentou aumento de 1,5% no montante investido”, informa José Ricardo Roriz Coelho, presidente da Associação Brasileira da Indústria do Plástico (Abiplast).

Para Coelho, o resultado revela as novas formas de negócio das empresas brasileiras, tanto no processo produtivo quanto na área de gestão e produto. “Visando uma produção mais integrada, com áreas cada vez mais interligadas, os empresários estão recuando nos investimentos em capacidade produtiva e direcionando recursos em ferramentas que possibilitem eficiência, como novos moldes, tecnologia da informação e novos instrumentos de gestão”.

Prova disso tem sido o crescente interesse na adoção de ferramentas da chamada Indústria 4.0, cujo formato está cada vez mais disseminado entre as indústrias. “A ideia não é apenas visar mudanças pontuais dentro de cada empresa, e sim na transformação mais radical do processo produtivo”.

O resultado dessa mudança de visão influencia as grandes feiras do setor, como as que serão realizadas em São Paulo nas próximas semanas.

Elas acabam sendo obrigadas a se adaptar ao novo perfil. “As novas soluções não mais estão baseadas somente em matérias-primas e máquinas e equipamentos, mas em inovação, automação, robótica, softwares e outras tecnologias de processo”, afirma o presidente da Abiplast.

Leia mais usando os links abaixo:

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios