Economia

Interplast – Com mais expositores e visitantes, o evento gera negócios pós-feira estimados em valores acima de R$ 480 milhões

Rose de Moraes
28 de setembro de 2012
    -(reset)+

    Injetoras nacionais e importadas– Os visitantes da 7ª Interplast foram contemplados pela exibição e demonstração de várias injetoras nacionais eimportadas com as mais diversas forças de fechamento e produzindo itens variados. A injetora comercializada recentemente para a Plast-Pack Embalagens, de São José dos Pinhais-PR, foi a grande atração no estande da Sandretto do Brasil. Veterana em participações na Interplast, a empresa escolheu expor

    Plástico, Interplast - Com mais expositores e visitantes, o evento gera negócios pós-feira estimados em valores acima de R$ 480 milhões

    Baksa Júnior: máquina injeta espessuras inferiores a 0,6 mm

    modelo da série Nove HP Fast, considerada top em tecnologia, com 220 toneladas de força de fechamento, e concebida para ciclos rápidos de paredes finas, pelos recursos avançados que apresenta para as mais variadas aplicações.

    “Os mercados de Joinville e região são muito fortes para nós e por isso é importante enfatizarmos os recursos oferecidos pelas injetoras da série Nove HP Fast, como acumuladores de injeção para paredes finas, que permitem produzir espessuras até menores do que 0,6 mm de parede, muito interessantes para quem produz descartáveis, tampas e potes”, disse Gilberto Baksa Junior, diretor de marketing e tecnologia da Sandretto do Brasil.

    Fabricadas em Americana, no interior paulista, com índice de nacionalização de 95%, só recebendo como importados os comandos eletrônicos, da Automata, da Itália, máquinas dessa série estão entre as mais vendidas pela empresa no mercado brasileiro.

    Baksa Junior, porém, lembrou da série ecoLogica, versão acionada por servomotores, e destinada a injetar produtos com ciclos longos de resfriamento – acima de 30 segundos –, permitindo economizar energia elétrica enquanto ocorre o resfriamento.

    Plástico, Venceslau B. Salmeron, diretor comercial da BPS, Interplast - Com mais expositores e visitantes, o evento gera negócios pós-feira estimados em valores acima de R$ 480 milhões

    Venceslau B. Salmeron: antecipa lançamento de injetoras de maior porte

    “As máquinas da série ecoLogica são, hoje, o nosso carro-chefe de vendas e atendem a todos os segmentos e nichos de mercado, como automotivo, linha branca, utilidades domésticas, entre outros”, observou Baksa Junior.

    Participando com dois estandes na 7ª Interplast, a BPS – Brasil Plastic System –, importadora e distribuidora, com sede em Atibaia-SP, apresentou ao público as últimas novidades em máquinas asiáticas das marcas Jon Wai e Tederic.

    Da Jon Wai foi exposta a máquina de 180 toneladas da linha TW, com acumulador e molde de duas cavidades, injetando na feira pote de PP em ciclo de 4,5 segundos. Da Tederic, foi exibida ao público a injetora TRXM, com 120 toneladas de força de fechamento, sistema monobloco de injeção e servomotor (Rexroth), fabricado na Alemanha, ilustrando a linha formada por máquinas com forças de fechamento que vão desde 60 toneladas até 1.050 toneladas.

    “Nossos clientes estão pedindo máquinas cada vez mais potentes e de grande capacidade e, por isso, vamos lançar em breve novos modelos, que já estão sendo produzidos na China para fornecimento ao mercado brasileiro, com novas tecnologias nos sistemas hidráulico e eletrônico e nos comandos CLP e com forças de fechamento desde 60 toneladas até 6 mil toneladas”, antecipou

    Plástico, Interplast - Com mais expositores e visitantes, o evento gera negócios pós-feira estimados em valores acima de R$ 480 milhões

    Injetora da Romi produziu conexões de PVC à velocidade de 480 peças/h

    Venceslau B. Salmeron, diretor comercial da BPS.

    Grande veterana na Interplast, a Romi demonstrou ao público a injetora EN 150. A máquina, com força de fechamento do molde de 170 toneladas, produziu durante a feira conexões de PVC, ao ritmo de 480 peças/hora, tendo capacidade para processar 66 quilos/hora. Além de possuir acionamentos hidráulicos por servobomba, economizando até 40% de energia, o modelo também agrega buchas autolubrificantes na unidade de fechamento e parafuso plastificador standard com padrão L/D igual 20.1, oferecendo níveis de plastificação 30% superiores em comparação com outros ofertados ao mercado.

    Em complemento à sua tradicional linha, a Himaco lançou a injetora Átis Eco 3000. Com 300 toneladas de força de fechamento, sistema hidráulico e servomotorizado, a máquina foi concebida para atender, segundo o gerente comercial Cristian Heinen, às necessidades dos mais diversos setores, como injeção de peças para motocicletas, suportes para bebedouros, entre outros.



    Recomendamos também:








    Um Comentário


    1. […] tiram o metal de grande fatia d…Plastech 2011 – Organizadores apostam em forte expansão do eventoInterplast – Com mais expositores e visitantes, o evento gera negócios pós-feira estimados em valo… 0 comentários » […]



    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *