Feiras e Eventos

Interplast 2010 – Veja aqui os destaques da mostra

Plastico Moderno
16 de agosto de 2010
    -(reset)+

    CROMEX

    As últimas inovações preparadas por essa empresa, considerada líder no mercado nacional de masterbatches de cores e de aditivos, têm por foco o desempenho e a sustentabilidade dos produtos. A nova linha de masterbatches brancos com antifibrilantes e aditivos UV, desenvolvida para melhorar o processo de fabricação de ráfias, é um dos destaques. Os novos concentrados de cores para a fabricação de multifilamentos, filamentos contínuos e não-tecidos de PP e PET também integram outros destaques. A empresa ainda apresentará linha de cargas minerais, aditivos que promovem a melhoria das propriedades mecânicas, melhoram a estabilidade dimensional e as taxas de troca térmica. Os novos aditivos e cores com nanopartículas de prata, conferindo aos plásticos ação bactericida e bacteriostática também compõem novidades para incorporação em PE, PP, PS, ABS e PET. Poderão ainda ser conferidos pelos visitantes masterbatches de cores e aditivos adequados ao PE verde, além de concentrados de cores e aditivos veiculados em resinas biodegradáveis à base de PLA.

    CRW

    Com unidades no Brasil, Eslováquia e Estados Unidos, a multinacional brasileira, fundada em Guarulhos-SP, em 1979, tem forte atuação no setor de moldes e de transformação de termoplásticos por injeção, atendendo a grandes clientes das indústrias automobilísticas, de refrigeração, eletroeletrônica e mecânica e, especialmente para a Interplast, irá expor peças plásticas produzidas sob demanda para seus clientes.

    GEOMETRIC

    O misturador concebido para a mistura de resinas de PVC em pó será uma das atrações programadas para exibição no estande. Composto de recipientes para mistura e para resfriamento de aço inoxidável, conjunto de hélices de inox com cromo duro, estruturas tubulares (inferior e superior) e escada de acesso com corrimão, poderá ser visto ao lado de periféricos para a área de extrusão, bem como de equipamento para testes de golpes de aríete em tubulações de PVC.

    GNEUSS

    Plástico Moderno, Interplast 2010 - Veja aqui os destaques da mostra

    Extrusora da Gneuss processa flakes de PET úmidos e não cristalizados

    A nova extrusora MRS em exposição para desgaseificação de massas plásticas fundidas permite processar flakes de garrafas PET úmidos e não-cristalizados de forma direta, com teores de umidade superiores a 10.000 ppm. Baseada em sistema de roscas múltiplas, consistindo de tambor monorrosca com fusos satélites, e também podendo incluir o sistema de filtração totalmenteautomático RSFgenius e viscosímetro on-line, tal qual preparado para linhas de termoformagem de PET, permite o processamento de materiais úmidos mesmo com vácuo e também extrações eficientes de solventes ou outros voláteis durante o processamento. Além da extrusora, porém, o visitante poderá conferir sistemas de filtros rotativos, troca-telas, e sensores de pressão e de temperatura.

    HDB

    A empresa leva para a exposição máquinas de injeção-sopro para a fabricação de frascos de PP, PE, PS, entre outros materiais, comportando volumes até ½ litro. O modelo MSZ 30 opera com força de fechamento de 30 toneladas e com placas de 400 mm x 340 mm, apresentando volume de injeção de 200 cm3. Já o modelo MSZ 45 apresenta força de fechamento de 40 toneladas, volume de injeção de 250 cm3 e placas de 560 mm x 390 mm. Também poderão ser conferidos bicos valvulados (Herzog), desumidificadores (Farragtech), termorreguladores (HB-Therm), homogeneizadores (Sulzer), dosadores gravimétricos e volumétricos (Movacolor), entre outros equipamentos.

    INBRA

    Entre os destaques estão os estabilizantes térmicos sólidos e líquidos à base de cálcio e zinco da linha Plastabil para formulações de compostos de PVC empregados na produção de tubos e conexões, forros, perfis, fios, cabos, mangueiras, calçados, brinquedos, laminados e filmes.

    INEAL

    A empresa lança na feira esteiras para transporte, soluções ideais para se trabalhar com injetoras, alimentação de moinhos, saída de sopradores etc. Dimensionadas de acordo com as particularidades de cada processo, têm estrutura de alumínio extrudado. Outros itens integrantes das linhas de transporte e de mistura de matérias-primas também poderão ser conferidos no estande, entre os quais estão equipamentos que operam por pressão negativa (vácuo), sistemas para alimentação central e individual, secadores e desumidificadores, moinhos, dosadores volumétricos e gravimétricos.

    INP

    Programas e parcerias para a capacitação tecnológica da cadeia produtiva do plástico estarão sendo informados pela equipe técnica presente no estande. Órgão de apoio ao setor, o INP se originou da união da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), da Associação Brasileira da Indústria do Plástico (Abiplast), da Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim) e do Sindicato das Indústrias de Resinas Sintéticas no Estado de São Paulo (Siresp), com a função de promover capacitação profissional, acesso às mais modernas tecnologias, em especial para pequenas e médias empresas, e de desenvolver normas técnicas para a fabricação de artefatos plásticos de melhor qualidade.



    Recomendamos também:








    0 Comentários


    Seja o primeiro a comentar!


    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *