Interplast 2010 – Feira se expande e atrai participação estrangeira

Em clima de retomada do crescimento econômico, a 6ª edição da Feira e Congresso Nacional de Integração da Tecnologia do Plástico (Interplast), de 23 a 27 de agosto próximo, das 14 às 21 horas, reunirá em Joinville-SC, no centro de exposições Expoville, cerca de 500 expositores nacionais e internacionais, destacando a pujante presença de indústrias dedicadas ao setor na Região Sul do país.

Termômetro para se aquilatar o interesse pelo evento, a participação de expositores, segundo apurou o organizador, aumentou em 25% em comparação com a edição anterior e, consequentemente, o espaço reservado à feira, de 20 mil m2, também foi expandido em 12%.
Realizada bienalmente pela Messe Brasil, em alternância à Brasilplast, a Interplast constitui plataforma de lançamentos e exposição de inovações no âmbito de toda a cadeia do plástico, abrangendo desde matérias-primas, compostos, pigmentos, masterbatches, equipamentos, periféricos, moldes e ferramentarias, e promete levar ao público inúmeras soluções e alternativas para a modernização do parque fabril da Região Sul.

O interesse internacional pela feira também é confirmado neste ano pela participação de expositores procedentes de doze países – Áustria, Alemanha, Espanha, França, Itália, Canadá, Estados Unidos, China, Japão, Taiwan, Argentina e África do Sul.

Um dos principais polos de indústrias de transformação do plástico, Joinville detém posição privilegiada por ser considerada a cidade líder nacional em transformação do PVC, destacando-se também em outros setores como do PP, PS, PE e de plásticos de engenharia.

O estado de Santa Catarina apresenta uma das maiores produções de artefatos plásticos do país, ficando atrás apenas de São Paulo, e registra produções em grande escala de transformados para a construção civil, descartáveis e diversos tipos de embalagens. São 900 indústrias de transformação, responsáveis por altos níveis de faturamento anual e que, em 2009, alcançaram cerca de R$ 8 bilhões. Em volumes produzidos, Santa Catarina também é destaque com algo em torno de 1,1 milhão de toneladas/ano.

Plástico Moderno, Richard Spirandelli, Gerente de marketing da Messe Brasil Feiras & Promoções, Interplast 2010 - Feira se expande e atrai participação estrangeira
Mercado aquecido impulsiona novas tecnologias, diz Spirandelli

Essas são algumas das razões que levam o organizador da Interplast a acreditar que o número de visitantes neste ano possa ultrapassar os 25 mil profissionais que prestigiaram a feira na última edição, em 2008.

“As constantes inovações e o crescimento do setor fazem com que a busca por novas tecnologias e conhecimentos seja uma constante para os empresários e profissionais, e acreditamos que, em 2010, o interesse seja ainda maior, sob o incentivo da retomada da economia”, considerou Richard Spirandelli, gerente de marketing da Messe Brasil Feiras & Promoções.

A Interplast 2010 também será palco de atrações que contribuem para aumentar o interesse pela feira. Uma delas é o Cintec – Plásticos, Congresso de Inovação Tecnológica em Plásticos, a ser realizado de 24 a 27 de agosto, pela Sociedade Educacional de Santa Catarina (Sociesc), e que conta com o patrocínio de empresas, da Fundação de Apoio à Pesquisa Científica e Tecnológica do Estado de Santa Catarina (Fapesc) e do Conselho Regional de Química (CRQ13-SC).

Outros eventos paralelos são os minicursos que serão realizados na Sociesc, versando sobre tecnologias de elastômeros e biopolímeros, entre outros temas. Também foi programado concurso para eleger os melhores profissionais da área de programação CNC, operada com o suporte de softwares de CAD/CAM, voltados à fabricação de moldes e matrizes. Trata-se do concurso intitulado Programador CAM 2010, uma promoção do Sindicato da Indústria de Material Plástico no Estado de Santa Catarina (Simpesc) com o apoio da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), e da Associação Brasileira da Indústria do Plástico (Abiplast).

Sustentabilidade – Sob o tema “Caminhos sustentáveis”, o congressista não deve deixar de acompanhar a palestra inaugural do Cintec – Plásticos 2010, a ser proferida por Antonio Carlos Petersen Xavier, da Braskem, no dia 25 de agosto (quarta-feira), das 14 às 14h40. Na oportunidade, o especialista irá discorrer sobre a gestão de inovações e de tecnologias e, sob o prisma da sustentabilidade, abordará os polímeros verdes.

Na sequência, Albano Schmidt, da Termotécnica, tratará do tema “Reciclagem de EPS em países com dimensões continentais”, das 14h45 às 15h25. Das 15h30 às 16h10, a apresentação, sob os encargos da Plastivida, terá por orador o especialista Francisco de Assis Esmeraldo, que discorrerá sobre o tema “Reciclagem energética dos plásticos – uma solução para o lixo urbano”.

As temáticas versando sobre biopolímeros, biodegradáveis e compostáveis perante as normas atuais também estarão sendo focalizadas em palestra a ser proferida por Julio Harada, da Basf, das 16h15 às 16h55.

Após um breve intervalo, as apresentações do dia 25 serão retomadas às 17h15, com a apresentação de Sarah Fiorotto Dalla Valle, da Dow Brasil, que irá discorrer sobre “Reciclagem de polímeros: compromissos com o desenvolvimento sustentável e geração de valor”, na qual apresentará soluções para o mercado de reciclagem. Na sequência, das 18 às 18h40, sob o tema “Inovação”, Guilherme Pires Lutti, da Tigre, irá falar sobre os pilares da inovação e seus resultados. Encerrando os trabalhos do primeiro dia de congresso, Carlos Heitor Zimmerman, pela Sociesc, irá apresentar o tema “Como ter acesso aos atendimentos tecnológicos subsidiados em Santa Catarina”, das 18h45 às 19h25.

Segundo dia de Cintec – As palestras prosseguem no dia 26 de agosto (quinta-feira), com Marco Thornagel, da Magma, e o tema “Next generation injection moulding simulation: easy to use, fast, accurate”, programado com tradução simultânea, das 14 às 14h40. Das 14h45 às 15h25, Steven Bassetti, da Ticona, apresentará “Advances in innovation and technology development with poly oxy methylene (POM)”, também com tradução simultânea.

Na sequência, das 15h30 às 16h10, Paulo Carmo, da Husky, irá discorrer sobre “Sistemas de alta performance para a injeção de embalagens”, tecendo considerações sobre projetos para a injeção de alta performance, desafios, soluções e equipamentos especiais. Das 16h15 às 16h55, sob o tema “Tecnologias de extrusão de chapas planas”, Herbert Ghirardello, da Krauss Maffei, abordará a tecnologia in-line compounding para extrusão de filmes e chapas técnicas, linhas de extrusão para a produção de chapas para termoformagem e reciclagem de PET em linha de extrusão de chapas.

Após um breve intervalo, o congressista poderá acompanhar “Eficiência energética em refrigeração industrial”, das 17h15 às 17h55, tema da palestra a ser apresentada por Álvaro José de Mauro, da Piovan. Das 18 às 18h40, Kai Wender, da Arburg, apresentará “Produção automatizada com robô de produtos com dois componentes”.

A Ticona novamente se destacará pela apresentação do tema “Compósitos termoplásticos e processos revolucionários”, a ser conduzida por Guert Ruecker, das 18h45 às 19h25. A última palestra programada para o segundo dia de congresso será realizada sob os encargos da Abimaq, por Klaus Curt Müller, e versará sobre o tema “Defesa comercial”.

Palestras finais – Em 27 de agosto, último dia do Cintec, o congressista poderá acompanhar o tema “Papel da Anpei no estímulo à inovação tecnológica nas empresas de material plástico”, em palestra a ser proferida por Guilherme Marco De Lima, da Embraco.

Na sequência, das 14h35 às 15h15, Paulo R. Barboza, da Sabic, falará sobre “Inovação em policarbonatos para a indústria automotiva”. Das 15h20 às 16 horas, Dellyo Ricardo S. Alvares, da Abpol/Petrobras, irá abordar “Ensino e pesquisa de polímeros no Brasil”.

Após um breve intervalo, as apresentações serão retomadas com a palestra sobre “Aditivos antimicrobianos aplicados na indústria de material plástico”, a ser proferida por Luiz Gustavo Pagotto Simões, da Nanox, das 16h20 às 17 horas.

John Biggs, da Dow Brasil, encerra as apresentações das 17h05 às 17h45, com o tema “Sustentabilidade na indústria química”, encerrando as apresentações pertinentes ao setor plástico do Cintec – Plásticos 2010.

Elastômeros e biopolímeros – Entre as atividades paralelas da Interplast 2010 também estão quatro minicursos, com carga horária de oito horas, e que serão realizados no campus Marques de Olinda, de Joinville, da Sociesc. Programados para os dias 24 e 25 de agosto estão os cursos sobre “Tecnologia de elastômeros”, a ser ministrado por André Mautone, da Caribor, e “Avaliação do ciclo de vida de produtos”, por Cássia Maria Lie Ugaya, da UTFPR. Nos dias 26 e 27 de agosto, os cursos contemplam os temas “Modificação de polímeros: estratégias e implicações”, por Marcelo da Silveira Rabello, da UFCG, e “Biopolímeros”, por José Manuel Marconcini, da Embrapa.

 

Saiba mais:[box_light]Interplast 2010 – Veja aqui os destaques da mostra[/box_light]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios