Ferramentaria Moderna

Ferramentaria Moderna: Nova opção em câmaras quentes

Jose Paulo Sant Anna
5 de agosto de 2014
    -(reset)+

    Plástico Moderno, Três-S oferece conjuntos completos, do controlador até as câmaras quentes

    Três-S oferece conjuntos completos, do controlador até as câmaras quentes

    A briga por clientes no mercado de câmaras quentes promete se aquecer nos próximos meses. A fabricante de porta-moldes e componentes padronizados Três-S anuncia sua entrada nesse nicho de mercado. “Acabamos de vender o primeiro conjunto, vamos aproveitar o cliente para ajustar o funcionamento do produto”, informa Alexandre Colisse, coordenador de vendas.

    A estratégia de oferecer pacotes completos, que envolvem porta-moldes, câmaras quentes e controladores de temperatura, foi adotada para atender a demanda. De acordo com Claudir Sandro Mori, gerente comercial da empresa, os clientes preferem encontrar soluções para suas necessidades em um único fornecedor.

    A ideia já fazia parte dos planos da Três-S há algum tempo. Durante a realização da Feiplastic, feira ocorrida em São Paulo em 2013, a empresa havia anunciado um acordo comercial com a empresa nacional fabricante de câmaras quentes e controladores de temperatura Delkron. “A parceria não foi adiante e resolvemos investir na fabricação própria”, justifica Mori.

    A empresa não precisou fazer investimentos na aquisição de equipamentos para a nova empreitada. Nos últimos anos, ela havia alocado recursos significativos para aperfeiçoar sua linha industrial. Somente em 2013, foram aplicados de R$ 1,5 milhão a R$ 2 milhões na compra de máquinas de usinagem. “Ganhamos agilidade na hora de atender os compradores”. O executivo garante que o prazo de entrega da empresa para as câmaras quentes será o mesmo que o oferecido pelas concorrentes.

    De acordo com Colisse, a ideia da Três-S ao entrar no mercado de câmaras quentes é de competir com Polimold e Tecnoserv, duas empresas que também fornecem soluções completas para ferramentarias. A Polimold é a principal fabricante nacional de conjuntos de porta moldes e câmaras quentes. A Tecnoserv, fabricante nacional de porta moldes, representa no Brasil a empresa neozelandesa de câmaras quentes Mastip.

    “Queremos oferecer ao mercado produtos de qualidade e preço acessível”, explica sem qualquer falsa modéstia o coordenador de vendas. O mercado preferencial a ser explorado pela empresa é o de tampas, embalagens e produtos descartáveis. “Esses setores estão investindo muito nos últimos anos e trabalham com moldes de 16, 24 ou mais cavidades”. São nichos tentadores. “Hoje eles representam em torno de 70% dos moldes encomendados pelo mercado”.

    Outros setores, como os de brinquedos e utilidades domésticas, também estão sendo observados. Já o de peças técnicas, hoje com boa participação de empresas internacionais, como Mold-Masters, Incoe ou Husky, não está na mira, por enquanto. “Para a gente competir com eles, precisaremos de um prazo maior e muito dinheiro”, calcula.

    Em tempo: o lançamento vem acompanhado de controladores de temperatura também produzidos pela Três-S. “Ao fabricarmos os controladores de temperatura no Brasil podemos vendê-los com financiamento do BNDES”, justifica. Colisse garante a qualidade do aparelho. “Ele é compatível com os encontrados no mercado”.



    Recomendamos também:








    0 Comentários


    Seja o primeiro a comentar!


    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *