Feiplastic 2013 – Vitrine Feiplastic 2013

KRÜTH DO BRASIL

Cinco lançamentos compõem os destaques deste estande. Um deles é o Processo Top Layer de texturização de protótipos em qualquer material, com a textura especificada pelo cliente. Apresenta em primeira mão, também, o serviço de texturização por deposição para moldes de rotomoldagem e de vacuum forming, bem como o serviço Coating K de aplicação de revestimento antiaderente à base de PTFE em moldes de injeção de plástico, para facilitar a desmoldagem e melhorar o acabamento superficial da peça a ser produzida. A aplicação do revestimento à base de níquel, fósforo e PTFE Coating Ni-On K em moldes de injeção de plástico, que melhora significativamente a extração e a qualidade da peça produzida, e o processo de gravação de logos, datadores, números etc. completam a linha de novidades. Além disso, a Krüth do Brasil divulga os outros serviços que oferece: texturização em moldes para injeção de plásticos, sopro, vidro etc.; gravação química de logos, datadores, números etc.; Porcerax II, aço poroso para saída de gases em moldes; e o processo de polimento que vai desde a fase simples até o espelhamento.

Kuraray - Genestar ©QD Foto: DivulgaçãoKURARAY

A poliamida PA9T Genestar, resina de engenharia desenvolvida pela empresa com o monômero exclusivo C9 é a estrela desse estande. O material possui alta resistência ao calor, baixa absorção de água, alta resistência química e elevadas propriedades de barreira de combustível, e possui ampla aplicação no mercado automotivo, de engrenagens, reservatórios intercoolers para turbocompressores, compartimentos do termostato em partes relacionadas com o combustível (tais como linhas de combustível e conectores de engates rápidos), como também em componentes elétricos para celulares e computadores, e refletores LED. Outro destaque no estande da Kuraray é o álcool polivinílico PVA Poval, uma resina funcional, industrializada pela empresa como matéria-prima para a fibra de PVA, que se apresenta como um polímero solúvel em água PVA, dotado de alta propriedade adesiva, bem como de formação de filme, de emulsão, de resistência a óleos e químicos. O produto serve a uma ampla gama de aplicações, tais como fibra e filmes de PVA, aditivo para processamento de papel, dimensionamento de urdimento, adesivos e como estabilizador polimérico para resinas vinílicas, entre outros usos. A empresa apresenta, ainda, o sistema de tratamento de águas residuais que utiliza géis de PVA, assim como o MMB (3-Metóxi-3-Metil-1-Butano), voltado ao uso em materiais de limpeza e produtos para o lar. A empresa oferece ao mercado ampla linha de produtos à base de PVA, incluindo PVA de alta funcionalidade, Exceval TM (resistente à água) e Tusvis TM (alta viscosidade), assim como a série CP, para o processo de fusão, e a série Mowiflex, entre outros. A Kuraray aproveita a exposição para divulgar seus planos de abrir uma nova unidade fabril nos Estados Unidos a partir de 2015, complementando seu complexo que já integra três fábricas existentes no Japão, na Alemanha e em Cingapura.

Lanxess - Front-end do Audi A8 ©QD Foto: DivulgaçãoLANXESS

Comparece ao evento por meio de sua unidade de negócios HPM (High Performance Materials – materiais de alta performance), com foco na inauguração, até o final do ano, de uma fábrica de plásticos de engenharia em Porto Feliz-SP. A empresa aposta na feira como disseminadora de novas tecnologias, a exemplo das suas soluções ofertadas para os mercados automotivo e eletroeletrônico: os plásticos de engenharia Durethan (poliamida 6, 6.6) e Pocan (PBTs).

Dentre todas as aplicações reservadas para a exposição, destaca o front-end do Audi A8. Nesta grade frontal são empregadas diferentes tecnologias híbridas. Na parte superior da grade é utilizado um mix de metal com Durethan BKV30H2.0 EF (PA6 GF30%); já na parte inferior é utilizado o Tepex (chapas de compósitos Poliamida 6), uma evolução da tecnologia híbrida e que atualmente já é empregada na Europa.

A expositora pretende ser reconhecida não apenas como uma fornecedora de poliamidas e PBTs, mas também como uma parceira para o desenvolvimento de novas aplicações.

LUBRIZOL/MERQUINSA

As expositoras divulgam seu amplo portfólio integrado de soluções em polímeros de engenharia, com destaque para novos grades de poliuretano termoplástico da Merquinsa, inovações destinadas em especial para a produção de juntas e gaxetas baseadas em tecnologia PCL-H. Trata-se dos produtos Pearlthane D11H92S, D11H95S e 11H94. A fabricante também indica o produto para aplicações em tubulação industrial, como tubulação pneumática. A empresa Lubrizol destaca os elastômeros termoplásticos da família Estane, considerados altamente versáteis para extrusão de filmes ou chapas, sopro, injeção e outros processos. Tecnologias em produtos alifáticos, de base biológica, policaprolactona (PCL), elastômero, copoliéster elastomérico, TPU para adesivos livres de solventes e grades de TPU para calçados da Merquinsa permitem à Lubrizol, que tem foco em tecnologias de polímeros de engenharia (resinas especiais e aditivos) e pesquisa e desenvolvimento de produtos, fornecer soluções diferenciadas para vários segmentos de mercado. A abertura recente de um novo escritório em São Paulo reforça o apoio técnico e a comercialização de soluções altamente tecnológicas para as indústrias.

Página anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52Próxima página

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios