Feiplastic 2013 – Vitrine Feiplastic 2013

GF Agiecharmilles - HPM 450U ©QD Foto: DivulgaçãoGF Agiecharmilles

Fornecedora de máquinas, soluções de automação e serviços para a indústria de moldes e a fabricação de componentes de precisão, sua gama de produtos abrange máquinas de eletroerosão a fio e por penetração, centros de usinagem de alta velocidade e alta performance, sistemas de fixação e pallets, máquinas para texturização a laser em 3D, além de serviços, peças, consumíveis e soluções de automação.

A sua exposição contempla máquinas de eletroerosão a fio e por penetração e centros de usinagem vertical de alta velocidade, integrados com soluções de automação. A empresa exibe o modelo HPM 450U de centro de usinagem vertical de cinco eixos, de produção universal ou automatizada, combinando versatilidade com excelente dinâmica e grande rigidez. Destaca-se por ser compacta, com excelente ergonomia e acessibilidade à área de trabalho. Possibilita desde simples furações até a usinagem de peças complexas, em cinco eixos simultâneos, e está disponível em dois modelos de spindle de alto desempenho, com uma grande gama de possibilidades no trocador de ferramentas e no trocador de pallets. Utiliza comando numérico de última geração da HeidenhainiTNC 530, proporcionando versatilidade e operações amigáveis com excelente performance e precisão.

GGD METALS

Distribuidora de aços e metais sob medida, a empresa comparece ao evento com o propósito de reforçar sua imagem no segmento de aços para moldes. Com o objetivo de interagir com os players e clientes, a GGD projetou um estande inovador, onde divulga seus produtos direcionados à indústria do plástico, com destaque para os aços P20, GGD 1045 e alumínio Cast 7000. O P20 se destina a uma ampla variedade de moldes de injeção. A empresa considera que o seu aço 1045 desempenha papel especial nos moldes plásticos, principalmente na função de porta-moldes. O produto conta com inspeção diferenciada de ultrassom, garantindo total isenção de porosidades. O Cast 7000 tem entre suas aplicações a fabricação de moldes e matrizes para repuxo profundo, entre outras.

Gneuss - viscosímetro VIS ©QD Foto: DivulgaçãoGNEUSS

Aproveita o evento para exibir a extrusora MRS para degasagem de polímeros fundidos, o viscosímetro VIS on-line, a linha de sistemas de filtração rotativa, e também os sensores ecológicos de temperatura e transdutores de pressão de massa. As extrusoras MRS possuem superfície ampla, usam sistema simples de bomba de vácuo de anel líquido e utilizam o sistema multirrotacional da empresa, podendo processar PET sem pré-secagem ou cristalização, para fabricar produtos voltados a diferentes aplicações do material, incluindo chapas, fibras e peletização. Com base em uma extrusora monorrosca convencional, a seção de rotação múltipla (MRS) é um tambor contendo oito monorroscas satélite, acionadas por uma engrenagem (coroa) e transmissão por pinhões. Os “barris” cortados no tambor ficam aproximadamente 30% abertos e oferecem ótima exposição do fundido ao vácuo. Segundo o fabricante, esse design assegura performance da degasagem 50 vezes maior que a de uma extrusora monorrosca convencional, empregando um vácuo de apenas 25 a 40 mbar. Ao evitar a necessidade de um sistema de alto vácuo, assim como o da pré-secagem, a MRS é uma alternativa eficiente e econômica às tecnologias convencionais. Outros argumentos que a Gneuss aponta a favor do seu equipamento são o projeto simples e robusto, a pequena área ocupada e a flexibilidade oferecida. Além da performance de degasagem, a MRS também oferece eficiência de descontaminação, pois não apenas extrai água com eficiência, mas também descontamina o material, de modo que 100% dos flocos de garrafas PET podem ser processados para embalagens de alimentos. Estas características técnicas levaram a Food and Drug Administration (FDA) dos EUA a emitir um total de 4 LNOs (cartas de não objeção) para a máquina, em relação ao processamento de materiais para a indústria alimentícia.

Já o viscosímetro on-line VIS, outro equipamento enfatizado no estande, embute acionamento aprimorado e apresenta controle de velocidade sem codificador, efetuando medições precisas da viscosidade da massa. Além disso, graças ao seu design muito compacto, pode ser acoplado em quase todas as linhas de extrusão. A divisão de tecnologia de filtração da Gneuss apresenta seus sistemas de filtração rotativos RSFgenius e SFXmagnus, com otimizações de projeto. Ambos são destinados ao uso na fabricação de chapas, fibras, espumas, tubos e muitas aplicações de reciclagem; e agora carregam vários novos recursos de segurança, bem como a opção de ejetor automático para material de purga no tipo RSFgenius. Os sistemas permitem operação ininterrupta, até mesmo durante a troca dos elementos filtrantes, e atuam no modo automático, com autolimpeza integrada de telas. Outro destaque no estande da empresa serão os transdutores ecológicos sem mercúrio, o novo modelo para processamento de alimentos que a Gneuss está colocando no mercado. Os transdutores de pressão sem mercúrio NTXTM oferecem intercambialidade com outras marcas, apresentando incomparável performance. Um novo design do sensor está sendo oferecido especificamente para aplicações no processamento de alimentos, e a carcaça estanque do dispositivo resiste a típicos tratamentos sanitários com lavadores de alta pressão usados para essas aplicações. Este tipo de sensor também é usado em aplicações médicas.

Página anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52Próxima página

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios