Fabricantes de resinas investem na reciclagem

Braskem, Dow e Basf são algumas integrantes do grupo de petroquímicas cujos portfólios já incluem grades com resinas recicladas. Esse grupo foi recentemente ampliado com a chegada da Unigel que no final do ano passado lançou a linha de poliestireno Ecogel, composta com 30% de material reciclado.

Esse percentual reciclado tem duas origens: uma delas, a Termotécnica, fabricante de EPS que envia à Unigel parte do PS obtido em seu projeto de reciclagem de EPS; e a outra, uma empresa que recicla descartáveis de poliestireno (copos, principalmente).

“Excetuando o contato com alimentos, essa linha pode ser usada nas mesmas aplicações do PS convencional, até porque temos um controle de qualidade bastante preciso”, enfatiza Marcelo Natal, diretor comercial da Unigel.

Por conterem algum percentual de borracha que permanece no material reciclado, os produtos Ecogel são qualificados como poliestireno de alto impacto (borracha é adicionada para a produção de PS alto impacto).

E, de acordo com Natal, esses produtos já começam a ser empregados em algumas aplicações: por exemplo, em componentes internos de refrigeradores.

Plástico Moderno - Fabricantes de resinas investem na reciclagem ©QD Foto: Divulgação
Marcelo Natal, diretor comercial da Unigel

“A maioria das grandes multinacionais hoje demandam opções mais sustentáveis de materiais”, destaca.

Mas o diretor da Unigel afirma ser ainda preciso mostrar para grande parte dos clientes que a reciclagem tem um custo superior ao do material virgem e, portanto, seu produto não pode ser comprado apenas por um preço possivelmente menor.

“Deveríamos, na verdade, vender o reciclado por um preço superior, mas apenas alguns clientes aceitam, no máximo, pagar o mesmo preço da resina virgem”, diz. “Mas a demanda por produtos mais sustentáveis já existe e vai se consolidar; queremos estar prontos para ela”, ressalta Natal.

Leia Mais:  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios