Embalagens

Embalagens: Alimentos sustentam as vendas de biorientados

Antonio Carlos Santomauro
10 de junho de 2016
    -(reset)+

    Lewi, da Vitopel, também vê nessa tecnologia de rotulagem um mercado promissor, para o qual sua empresa mantém uma linha específica: alguns transformadores começam a trazer para o Brasil robôs destinados a automatizar o processo de aplicação do rótulo nesse tipo de processo. Mas a Vitopel trabalha ainda para desenvolver outros nichos, além do in mold label: por exemplo, aquele para o qual direciona um produto denominado Vitopel, uma espécie de papel sintético passível de utilização em artigos como livros, catálogos e ingressos de espetáculos. “Nos ingressos, por exemplo, diferentemente do papel, o Vitopaper não estraga se for molhado por chuva”, observa.

    A Vitopel, relata Lewi, disponibiliza vasta gama de versões de filmes de BOPP: cristal, metalizados, opaco branco, in mold label, matte (ou mate), entre outros. Essa última, aliás, é uma versão fosca de filme que vem sendo mais demandada por agregar aspecto sofisticado à embalagem.

    Plástico Moderno, Vitopel oferece ampla gama de tipos de BOPP

    Vitopel oferece ampla gama de tipos de BOPP

    E o BOPP, ele crê, pode ganhar ainda maior espaço mesmo naquele que já é seu maior mercado: as embalagens de alimentos, nas quais seus filmes serão ainda mais empregados pela necessidade de atendimento de demandas, como a necessidade de embalagens menores – que em conjunto demandam maior volume de plástico – e com maior proteção (nesse caso, mediante formatos como o multipack).

    Porém, para Lewi, embora haja agora menor pressão da concorrência de importados, 2016 será novamente um ano difícil para a indústria de filmes de BOPP instalada no Brasil. “No primeiro semestre ainda deve ocorrer uma queda; na segunda metade do ano pode ter início uma reação”, projeta. “Mas se houver algum crescimento no decorrer do ano, ele virá de novos negócios, inclusive da exploração de novos nichos, e não pelos negócios já consolidados”, finaliza o diretor comercial da Vitopel.



    Recomendamos também:








    0 Comentários


    Seja o primeiro a comentar!


    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *