Embalagem para cosméticos – Explosão do consumo impõe mais dinamismo aos transformadores

Especializada na produção de frascos de PET para o mercado de cosméticos, a HenryPack, de Jundiaí-SP, produz sete milhões de frascos/mês, e para este ano também projeta crescimento; no caso de 30% em relação a 2010. A empresa nasceu em 2003, com a proposta de fabricar garrafas e frascos para bebidas. Mas logo se direcionou para as áreas de cosméticos, perfumaria e higiene pessoal.

Plástico Moderno, Andréia Johansen, Gerente de vendas e marketing da Incom Industrial, Embalagem para cosméticos - Explosão do consumo impõe mais dinamismo aos transformadores
Andréia: embalagem reforça valor percebido pelo perfume

Conceito – A expressão “o céu é o limite”, apesar de ser um clichê, é ideal para ilustrar o que acontece nos laboratórios de desenvolvimento de embalagens para cosméticos. Os projetistas pensam cada vez mais nas particularidades do público e da categoria de produto. “O mercado irá se abrir para o que for específico”, afirma a assessora de embalagens Célia Boucalt. Um exemplo fica por conta do consumidor masculino. Os produtos precisam se comunicar com esse gênero, pois a compra deixou de ser feita somente pelas mulheres, como no passado. “A embalagem para o homem aposta em formatos que imitam carros e em cores capazes de associá-la à tecnologia, como preta, azul-marinho, metalizado e afins”, comenta Célia.

Até mesmo no caso das crianças a indústria começa a fazer a distinção entre meninos e meninas, propondo peças direcionadas a cada um deles. Ainda em relação a novos públicos, a terceira idade também passará a ser vista sob a ótica de suas necessidades. Por conta disso, a assessora vislumbra o avanço do uso da injeção de múltiplos componentes nas embalagens para xampu, pois o emborrachado ajuda no manuseio.

Plástico Moderno, Embalagem para cosméticos - Explosão do consumo impõe mais dinamismo aos transformadores
Peças precisam ter forte apelo visual e refletir um conceito

Com o objetivo de refletir um conceito, os industriais apostam na flexibilidade dos materiais. Na prática, um produto voltado para a maciez da pele opta por um frasco soft touch, por exemplo. Os caminhos são vários. Segundo Célia, o mercado está cada vez mais específico. Se um dia bastava oferecer um frasco colorido para o público infantil, hoje, não é o suficiente. Essa categoria necessita de um formato lúdico, design exclusivo, grafismo diferenciado e um forte apelo visual, que vai muito além da aplicação das cores. “Se você for usar uma embalagem standard você está morto”, brinca a consultora.

Os teóricos afirmam: a embalagem é vista como a extensão do produto e, muitas vezes, é a principal responsável pela compra. Num mercado como o brasileiro, em que 70% das vendas de cosméticos são feitas porta a porta, o apelo visual ganha ainda mais importância. “A consultora tem de fazer a venda por um livro, ou seja, a embalagem precisa mais do que nunca promover uma sensação”, comenta Andréia.

Mercado de luxo – É vasto o universo das embalagens plásticas, pois vão desde potes, frascos, bisnagas, estojos e tampas até rótulos e válvulas. Uma brecha que desponta para os fabricantes é na perfumaria. Para Léa, do Cetea, potencial para o transformador garantir fatias desse setor existe, sobretudo no segmento de água de colônia. “São produtos mais leves do que os perfumes e combinam com as características de um país tropical como o nosso”, observa a pesquisadora. Em tempo, o Brasil se tornou, de acordo com o Euromonitor, o maior consumidor de perfumes no mundo.
Caminhos para os transformadores se beneficiarem de mercados considerados de luxo não faltam. Segundo a pesquisadora do Cetea, apesar de não ser propriamente uma novidade, é cada vez maior o consumo de embalagens plásticas com aspecto similar ao do vidro. “O material é associado à nobreza e agrega valor ao produto”, comenta. Esse conceito posto à prática revela o aumento da demanda do copolímero de metil metacrilato (PMMA) e do copolímero de estireno e acrilonitrila (SAN) pelos fabricantes de embalagens.

Plástico Moderno, Embalagem para cosméticos - Explosão do consumo impõe mais dinamismo aos transformadores
Bompack busca associar o frasco de plástico ao glamour da jóia

Ela também aponta a presença cada vez maior no setor do acrilonitrila-butadieno-estireno (ABS) e do poliacetal (POM), por apresentarem elevada resistência mecânica e excelente aparência. “Estes materiais são utilizados em embalagens produzidas principalmente por injeção, a exemplo de estojos de maquiagem, potes e frascos para produtos de alto valor agregado”, afirma.

Para Andréia, da Incom, além de movimentar grandes volumes, o mercado nacional de perfumaria mudará o seu perfil. O Brasil é bastante diversificado e passará a ditar tendências, idealizadas com base nas necessidades da população local. “A indústria vai pensar em produtos para o consumidor brasileiro”, aponta a gerente. Só para citar um exemplo, o nordeste do país exige frascos de 100 ml, enquanto no sul e sudeste, de até 75 ml.

Com o foco na perfumaria, a Incom aposta suas fichas na resina já bastante conhecida no mercado, a Surlyn, da DuPont. “O produto é compatível com o álcool, não degrada a embalagem e alia glamour”, comenta Andréia. A aparência promovida pelo polímero Surlyn, da classe de ionômeros de moldagem e de extrusão, criados de copolímeros ácidos da própria DuPont, é a do vidro, com a vantagem de ser leve e resistente. Segundo ela, na perfumaria, o custo da embalagem não compromete sua aceitação, pois o produto por si só embute conceitos de luxo. “A embalagem precisa reforçar o valor percebido no perfume”, completa Andréia. Em tampas mais simples (para deocolônia, por exemplo), a fabricante utiliza o PP e o copoliéster PCTA.

As marcas de luxo têm ganho espaço cada vez maior no mercado brasileiro. Uma das explicações se refere ao aumento do poder aquisitivo da classe C. Esse público é o que mais cresce em consumo de produtos de beleza. “A classe C está aumentando e isso fará as embalagens nacionais ganharem mercado”, aponta Sandra Finotti, gerente de vendas da Bompack.

Página anterior 1 2 3 4Próxima página

Um Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios