Compósitos

Compósitos: Balanço e perspectivas

Plastico Moderno
1 de fevereiro de 2013
    -(reset)+

    Como principais instrumentos para capacitar as empresas do setor, ele aposta no aumento de profissionais pós-graduados em compósitos, na criação da cadeira do material nos cursos de graduação de engenharia e arquitetura, e na expansão de treinamentos para melhorar a mão de obra operacional e as práticas de gestão (promovidos em parceria com o Centro Tecnológico de Compósitos – Cetecom).

    No entender de Lima, o setor depende do fortalecimento de ações do governo para alcançar maior competitividade. Por este motivo, ele defende a isonomia tributária com os materiais concorrentes e pleiteia a revisão das alíquotas de impostos e o maior acesso às linhas de crédito.

    A competitividade, acredita, está atrelada também à inovação, atitude que a entidade planeja incentivar premiando as empresas mais criativas, subentendendo-se no termo ainda o foco em sustentabilidade. Na opinião do dirigente da Almaco, os empresários que não atentarem para essas questões terão cada vez mais dificuldades para sobreviver. “O mercado exige soluções que combinem a criatividade com o respeito ao meio ambiente.”



    Recomendamos também:








    Um Comentário


    1. […] Compósitos: Balanço e Perspectivas Compartilhe esta página Tweet Recomendamos Também:Notícias – Importações ameaçam a transformação nacionalPolietilenos – Mercado brasileiro do polímero sofre com crise na transformaçãoNotícias – Importação de acabados e alto custo produtivo oprimem a transformaçãoClarificantes – Nem tudo é claro na disputa entre PP e outras resinasReciclagem energética reúne especialista no Sul do PaísFerramentaria moderna – Fabricantes nacionais de moldes para tampas buscam parceiros tecnológicos pa… 0 comentários »  Facebook  […]



    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *