Cliente faz parceria com fabricantes de máquinas

Sistemas de triagem com inteligência artificial e aprendizado de máquina;

Linhas de lavagem que reduzem a presença de contaminantes;

Sistemas de filtragem contínua que melhoram a pureza do material;

Extrusão com tecnologias “superavançadas” de homogeneização.

Essas são algumas das atuais rotas evolutivas da tecnologia de reciclagem de plásticos, fundamentais para a oferta de resina reciclada com desempenho comparável ao dos plásticos virgens, destaca Guilherme Brammer, CEO da recicladora Boomera Ambipar.

No Brasil, essa evolução ainda esbarra em dificuldades como o elevado valor da importação de equipamentos periféricos ou mesmo linhas completas de reciclagem.

Mas, até mesmo por focar prioritariamente o desenvolvimento de grades para aplicações específicas, a Boomera Ambipar prioriza parcerias com os fabricantes locais de equipamentos, caso da fabricante de extrusoras Carnevalli, com quem desenvolveu uma linha completa de reciclagem, exposta na mais recente feira K’.

Cliente faz parceria com fabricantes de máquinas ©QD Foto: iStockPhoto
Guilherme Brammer, CEO da recicladora Boomera Ambipar.

“A ideia dessa linha foi dar velocidade aos processos de desenvolvimento de filmes de engenharia utilizando PCR na composição”, destaca Brammer.

A Boomera mantém três plantas de reciclagem no Brasil: duas no Paraná, onde, além de resinas PCR, produz também filmes e lonas agrícolas nas quais utiliza essas resinas, e a outra em parceria com a Lar Plásticos, focada em projetos especiais de resinas recicladas, como as resinas recicladas de PE hoje incluídas no portfólio da Dow.

Nelas, recicla tanto resíduos provenientes de cooperativas e de pontos de coleta no varejo, quanto das operações de coleta de resíduos urbanos mantidos pelo grupo Ambipar em várias cidades brasileiras.

“Não só no Brasil, a demanda por produto reciclado, reciclável e afins vem ganhando muita força, e a demanda começa a crescer bastante”, diz o CEO da empresa.

Leia Mais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios