Plástico

Chillers – Novos modelos ofertados ao mercado embutem a preocupação constrante com questões sustentáveis

Rose de Moraes
26 de outubro de 2012
    -(reset)+

    Especializada em soluções para resfriamento de moldes e de circuitos hidráulicos, a Refriac oferece ao mercado equipamentos para resfriar o circuito hidráulico de injetoras, e unidades compactas de refrigeração de água com sistema de condensação a ar para resfriar moldes, além de desumidificadores de ar para eliminar condensações nos moldes.

    Compactos e de alto desempenho – Ricardo Prado também chama a atenção para as funcionalidades dos drycoolers, soluções sustentáveis de resfriamento em substituição às torres de refrigeração. Esses equipamentos permitem resfriar a água em circuitos fechados com vantagens, como manter constante a temperatura de processo e reduzir os custos com tratamentos químicos e com manutenções, impedindo a formação de incrustações em trocadores de calor, moldes e tubulações.

    Plástico, Ricardo Prado, Chillers - Novos modelos ofertados ao mercado embutem a preocupação constrante com questões sustentáveis

    Prado aponta mais vantagens nos circuitos fechados de refrigeração

    “A vantagem dos circuitos fechados para resfriamento em relação aos sistemas convencionais é que eles tornam possível manter a limpeza da água de processo, evitando contaminações, e permitem maior economia de água, sem perdas por evaporação, grande redução nos custos com tratamentos químicos e manutenção da temperatura de processo constante, por meio de controle eletrônico”, informou Prado.

    Outro periférico que vem participando da lista dos equipamentos de grande valia na indústria do plástico por sua alta capacidade de resfriamento e por suas dimensões compactas, ocupando espaço de 0,5 m2, é o minichiller. Desenvolvido para refrigerar moldes, óleo hidráulico de injetoras, sopradoras, extrusoras etc., esses pequenos periféricos contam com capacidade de refrigeração ampliada para até 25 mil kcal/hora e estão sendo apresentados pela Piovan em duas versões, para operar com condensação a água e a ar. Na versão com condensação a ar, as capacidades de resfriamento vão de 2.550 kcal/hora até 15.526 kcal/hora. Na com condensação a água, de 2.550 kcal/hora até 25.510 kcal/hora.

    “Os minichillers são um grande sucesso porque são muito compactos e foram projetados para alcançar altas performances, podendo trabalhar em conjunto com drycoolers nos processos de transformação e em outros que requeiram água gelada”, acrescentou Prado. Segundo ele, esses periféricos atendem os projetos de expansão das indústrias e de substituição de sistemas obsoletos, acompanhados pela equipe de engenharia de aplicação da empresa, que busca sempre as melhores soluções para os clientes sob o ponto de vista de economia energética e de controle de processo.

    A preocupação com a produção e a sustentabilidade do planeta também se faz presente nos projetos de engenharia da Mecalor, que

    Plástico, Marcelo Zimmaro, gerente de vendas, Chillers - Novos modelos ofertados ao mercado embutem a preocupação constrante com questões sustentáveis

    Zimmaro se diz pioneiro no uso do fluido ecológico R-410A

    introduziu tempos atrás em sua linha standard de chillers o uso de fluido refrigerante ecológico R-410A. “Fomos pioneiros no uso desse fluido refrigerante em nossa linha de chillers”, declarou o gerente de vendas, Marcelo Zimmaro. 

    Ele informa que os equipamentos foram aprimorados com inovações como condensadores do tipo microcanal, altamente eficientes para suportar temperaturas ambientes até 40ºC e garantir maior durabilidade aos componentes, além de evaporadores a placas brasadas de aço inoxidável, e compressores scroll com tecnologia digital para controle de capacidade de zero a cem por cento.

    Chiller modular – Depois de lançar com grande sucesso o chiller modular para refrigeração de água, a ser utilizado em processos industriais de resfriamento de moldes de injeção e de sopro, bem como de resfriamento de água para controle da temperatura do óleo hidráulico de sistemas hidráulicos, a Mecalor colhe os resultados de mais uma inovação. “O nosso chiller modular não precisa de reservatório e é fabricado em módulo compacto que ocupa área de 1 m2, com capacidade para refrigerar 90.000 kcal/hora, e podendo atender a produções até 400 kg/hora de diversos materiais plastificados”, informou o gerente.

    Projetado para o uso do fluido refrigerante R-410A, que não agride a camada de ozônio, o chiller modular permite a instalação de módulos adicionais, sem alterar as instalações hidráulicas que já são dimensionadas prevendo futuras expansões.



    Recomendamos também:








    0 Comentários


    Seja o primeiro a comentar!


    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *