PubliEditorial

Braskem fecha parceria com a Valoren

Plastico Moderno
5 de fevereiro de 2021
    -(reset)+

    Uma gestão de reaproveitamento de plásticos, aliada a uma política de descarte de resíduos efetiva e consciente são algumas das chaves para um futuro mais sustentável.

    E essa busca incessante por um futuro sustentável é uma das principais forças motrizes da Braskem. É ela quem norteia os projetos, as pesquisas e alavanca novas descobertas, reforçando o propósito da empresa de melhorar a vida das pessoas criando as soluções sustentáveis da química e do plástico.

    A Braskem é hoje a maior produtora de resinas plásticas das Américas e líder na produção de biopolímeros, em todo o mundo. Seu tão reconhecido protagonismo nas questões ambientais é alicerçado em sólidos projetos e ações contínuas, que visam não apenas a melhoria ininterrupta dos produtos que oferece, mas também a excelência nas frentes sociais, humanitárias e trabalhistas.

    Pensando em sua meta de neutralização de carbono, estipulada até o ano de 2050, a Braskem vem colocando em prática algumas ações que fazem parte desse projeto. São essas importantes etapas as responsáveis por fazer com que o objetivo principal seja alcançado.

    Uma dessas ações consiste em, gradativamente, aumentar a quantidade produzida de resina pós-consumo – PCR e assim ressaltar e ampliar o compromisso firmado pela Braskem, com a economia circular.

    Visando o sucesso e uma maior eficiência nessa fase, a Braskem fechou parceria com a Valoren, uma empresa especializada na recuperação de produtos e transformação de resíduos, que emprega diversos tipos de tecnologias de processamento em suas fábricas.

    Serão investidos R$ 67 milhões nessa parceria para que, todos os anos, 250 milhões de embalagens plásticas sejam efetivamente transformadas em 14 mil toneladas de resinas recicladas da mais alta qualidade.

    Incentivar e propulsionar o aumento da reciclagem em todas as suas operações e locais onde atua, com práticas que fortaleçam e inovem a maneira como fabrica, utiliza, recupera ou reutiliza os plásticos, é prioridade para a Braskem.

    Por isso, com base nas suas estratégias voltadas ao Desenvolvimento Sustentável e alinhadas com a Agenda da ONU para 2030, juntamente com o Acordo de Paris no tratamento das Mudanças Climáticas, a Braskem reafirmou o seu compromisso de ampliar o portfólio de I’m green™ para incluir, até 2025, 300 mil toneladas de resinas e químicos com conteúdo reciclado; e, até 2030, 1 milhão de toneladas destes produtos. Para isso a Braskem se apoia em alguns pontos-chave. Conheça alguns deles:*

    • Trabalhar com os clientes e a cadeia de valor na concepção de novos produtos para ampliar a eficiência, a reciclagem e a reutilização.
    • Investir no desenvolvimento de novos produtos renováveis a fim de apoiar a economia circular no início da cadeia de valor.
    • Desenvolver novas tecnologias, modelos de negócios e sistemas para melhorar a cadeia de reciclagem e recuperação de materiais.
    • Incentivar o engajamento dos consumidores em programas de reciclagem e recuperação, através da educação para promoção do valor dos resíduos plásticos para a economia.
    • Utilizar ferramentas científicas, como a Análise de Ciclo de Vida (ACV), para escolher a opção de melhor impacto econômico, social e ambiental.
    • Mensurar e comunicar índices de reciclagem e recuperação dos materiais de embalagens plásticas.
    • Apoiar parcerias destinadas a compreender, prevenir e solucionar a má gestão de resíduos plásticos, principalmente o problema do lixo nos mares.
    • Apoiar políticas públicas para melhorar a gestão de resíduos e a cadeia de reciclagem, principalmente resíduos plásticos.


    Recomendamos também:








    0 Comentários


    Seja o primeiro a comentar!


    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *