Brasilplast 2011 – Periféricos – Sistemas propõem mais eficiência

“O novo controlador gravimétrico concebido para extrusão promove as leituras da rotação da rosca e da velocidade do tracionador, medindo sessenta vezes por segundo o quanto a máquina está consumindo, e calculando, a partir desse ponto, a velocidade com a qual a extrusora deve trabalhar, promovendo os ajustes necessários ao processo concomitantemente à produção”, explicou Santos.

O principal benefício será produzir filmes com variações mínimas de espessura. O uso do novo equipamento permite refinar ao máximo o processo de extrusão e reduzir as variações de peso por metro e de espessura dos filmes tubulares, extensivo também à produção de tubos e de perfis extrusados.

Especialidades para extrusão – Ao firmar joint-venture com a italiana Syncro, a Ineal também reafirmou propósito de contribuir para reforçar as opções na oferta de periféricos mais avançados para a evolução do mercado brasileiro.

“Após 21 anos de atuação, aliamos nossa presença no mercado aos mais sofisticados softwares para mistura e controle da Syncro, criando a linha Ineal Syncro, inicialmente prevendo fornecer para o Brasil, mas podendo atender no futuro também todos os países da América Latina”, informou Marcel Brito, gerente de vendas da Ineal.

Entre os primeiros equipamentos contemplados pela parceria estão os dosadores das linhas EasyBatch e EasyLine, que trazem recursos mais avançados para controle da extrusão de filmes. Dentro da linha EasyBatch, a empresa irá comercializar anéis de ar para extrusoras, cuja finalidade, além de elevar a qualidade dos filmes, é propiciar aumentos de produção.

Produzidos com tecnologia Syncro, os misturadores EasyBatch atuam por ganho de peso, destinando-se à dosagem e à mistura de múltiplos componentes, utilizando CLP modular e interface IHM. Também com tecnologia italiana, a linha EasyLine, concebida para um único componente, será projetada para alimentar de forma gravimétrica a extrusora, controlando a capacidade produtiva por grama/metro, e evitando perdas.

“Estamos oferecendo às indústrias do plástico uma nova tecnologia com fabricação nacional exclusivamente voltada para a extrusão de filmes cast, balão e também para a produção de chapas, com um novo conceito que permite o controle da extrusora por grama/metro e quilo/hora”, destacou Brito.

Plástico Moderno, Brasilplast 2011 - Periféricos - Sistemas propõem mais eficiência

Segundo Gabriele Caccia, diretor da Syncro, os sistemas fabricados pela empresa incluem dosadores e misturadores gravimétricos para cada tipo de processo de extrusão que exige alimentação gravimétrica constante e alta homogeneidade nas misturas, incluindo sistema de transporte centralizado para ser integrado automaticamente a todos os misturadores da marca.

Também integrante do portfólio, o sistema de medição e controle automático do perfil da espessura dos filmes representado pelo anel de esfriamento permite aumentar a produção em aproximadamente 50%, oferecendo melhores propriedades quanto à resistência, brilho, alongamento e especialmente quanto à resistência à furação dos filmes.

A empresa italiana ainda oferece sistemas de supervisão para monitoramento e gestão de linhas e de processos, com todas as máquinas e periféricos utilizando sistema eletrônico por CLP.
Com equipamentos instalados em extrusoras da Carnevalli, a Controlplast comemorava os mais novos desenvolvimentos realizados na área de periféricos. Um deles é o Gravimix, equipamento que promove controle gravimétrico e mistura, consistindo em sistema completo que inclui controle de gramas por metro com tecnologia por perda de peso e mistura gravimétrica por batches para até seis produtos.

“O Gravimix promove o controle de espessura dos filmes e também atua no controle gravimétrico das resinas, misturando os materiais e assegurando o peso por metro linear do início ao fim da extrusão”, informou o diretor da Controlplast, José Francisco Damião Freire.

Segundo o fabricante, além da qualidade dos filmes, a economia de matéria-prima é um forte atrativo para a introdução desse tipo de periférico nas máquinas principais.

Plástico Moderno, Brasilplast 2011 - Periféricos - Sistemas propõem mais eficiência
Acessório controla o consumo em watts por kg produzido

Freire estima até 3% de economia em matérias-primas para produzir os mesmos metros lineares e grande diminuição na geração de aparas. O equipamento estabelece o controle automático da velocidade da rosca perante as oscilações na fluidez da resina, ou a variação da densidade em reciclados, e ainda na velocidade do puxador.

Outros lançamentos apresentados pela Controlplast são o InfoWatt, o Controlmix, o EBC e o IBC. O InfoWatt é um acessório que ajuda a definir o melhor ponto de equilíbrio para que a máquina possa operar confrontando as informações sobre faixas de consumo em quilograma/hora e o consumo de energia elétrica, para que o transformador conheça e avalie o consumo em watts por quilograma produzido, identificando a melhor faixa de operação para as máquinas.

Já o Controlmix é um misturador gravimétrico para resinas e aditivos, concebido para garantir a qualidade dos produtos e reduzir custos decorrentes de materiais rejeitados pela não uniformidade de cores, entre outras aplicações.

Página anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9Próxima página

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios