Brasilplast 2011 – O que há para ver na feira

ACTPLUS

A empresa, cujas atividades estão voltadas aos segmentos alimentício, médico-hospitalar, automobilístico, eletroeletrônico, descartáveis, de comunicação visual e higiene e limpeza, participará da Feira apresentando aos visitantes suas linhas de masterbatches, compostos e tingimentos, produtos fornecidos com qualidade certificada, bem como de acordo com os conceitos de sustentabilidade, respeito ambiental e social.

ADIRPLAST

Em seu estande de 25 metros quadrados, a Associação Brasileira dos Distribuidores de Resinas Plásticas (Adirplast), fundada há quatro anos, marcará presença no evento, reforçando suas diretrizes, como o fortalecimento da distribuição, o apoio aos seus associados e a consolidação com petroquímicas, além da internacionalização, bem como os trabalhos que realiza para promover os benefícios do plástico, tudo isso aliado à importância da distribuição sustentada de resinas plásticas. Serão divulgados os benefícios oferecidos pela entidade aos distribuidores, tais como a capacidade de pulverização, já que o mercado transformador, composto por quase 11.500 empresas, 94,2% delas pequenas e médias e 65% com até 20 funcionários, está espalhado por todo o imenso território nacional. Os serviços de pós-venda e o suporte técnico oferecidos pelos distribuidores aos clientes também são diferenciais de destaque a ser focados.

ADL

A expositora aproveitará a oportunidade para apresentar seu carro-chefe, uma linha de extrusão automatizada, composta por extrusora ADL 100 mm com degasagem, troca-telas hidráulico e sistema de corte direto na cabeça. Esta linha é capaz de atender tanto os fabricantes de compostos como os recicladores e transformadores em geral. Serão exibidos, também, outros periféricos, tais como granuladores, secadores de espaguete, troca-telas contínuo e balanças ensacadeiras.

ALFAINJEPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira

A empresa, representante do grupo Chen Hsong no Brasil, fabricante de máquinas injetoras, dará destaque ao modeloJM (Jetmaster) 138-Ai, dotado de controle inteligente e que combina o computador de controle inteligente “Ai-11” (construído para rede, diagnósticos inteligentes e assistência on-line) com um circuito hidráulico otimizado, resultando em maior velocidade, redução no tempo de ciclos, significativa melhora nos controles de precisão e facilidade de uso. Opera com bomba de vazão variável, para proporcionar economia de energia estimada em até 40%. A empresa apresentará, também, seus sistemas para injeção de pré-formas PET.

AGIE CHARMILLESPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira

Estará destacando três tipos de equipamentos. O modelo CUT20P, aliado à alta tecnologia do gerador digital AgieCharmilles e sua interface HMI muito amigável, proporciona fácil operação, alta performance, precisão e acabamento para cortes nos mais variados materiais, com dimensões máximas de 820 x 680 x 250 mm. A máquina atua com velocidade máxima de corte de 300 mm2/min e possibilita acabamento menor que 0,25 µRa. O modelo HSM500, projetado principalmente para usinar peças de pequeno e médio portes, feitas de concreto polímero, funciona com aceleração de 17m/s2, aloja spindle Steptec de 13 kW e inclui comando iTNC 530 da Heidenhain, garantindo processos com performance, precisão e acabamento em peças de até 500 x 450 x 350 mm e 200 kg. Está disponível com grande gama de opcionais, podendo ser utilizado em empresas dos setores automobilístico, aeroespacial, médico, eletroeletrônico, cosmético e calçadista, entre outros. Já o modelo FORM3000HP de eletroerosão por penetração é capaz de usinar peças com dimensões máximas de 1.200 x 800 x 350 mm e 2.000 kg. Possui trocador de eletrodos e palete, para aumentar a autonomia de trabalho, sem intervenções do operador, e incorpora gerador inteligente com módulo IQ e aceleração no eixo Z de 10 m/s2, garantindo alto desempenho, precisão e acabamento com desgaste próximo de zero, com eletrodos de cobre ou grafite. Consome 5,5 kVA de energia elétrica para operar.

ALTMANN

Será dado enfoque especial à câmara para ensaio de envelhecimento acelerado QUV marca Q-Lab, capaz de reproduzir, em poucos dias ou semanas, os danos que podem ocorrer nos materiais em meses ou anos, quando expostos em ambientes externos. O equipamento simula os efeitos da luz solar com lâmpadas fluorescentes ultravioleta, além de orvalho e chuva, usando umidade de condensação e/ou pulverização da água. Outro destaque será o espectrofotômetro multiangular MA98 da X-Rite, para medições precisas e consistentes das cores de acabamentos com efeitos metálicos, perolizados e especiais de alta complexidade. Dotado de dez ângulos de medição e dois de iluminação, cria um perfil mestre de cada cor, que serve como ponto de referência para otimização da comunicação das cores, desde a etapa inicial de criação, passando pela formulação e pelo processamento, até a garantia da qualidade. O equipamento possui como recurso a nova tecnologia xDNA (X-Rite Análise Numérica Dinâmica), um sistema que utiliza o instrumento MA98 e o software X-ColorQC para coletar dados e analisá-los com algoritmos próprios para criar uma assinatura digital exclusiva de uma superfície ou tinta de efeito. Outros destaques no estande serão o granulômetro a laser, o medidor potencial zeta, cabines de luz, moinhos para laboratórios e a nova linha de instrumentos Bruker, como o AFM, um microscópio de Força Atômica.

AMBIENTAL RECICLADORAPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira

Divulgará sua especialização na regeneração do ABS, por meio do uso da tecnologia de separação eletrostática de plásticos, sem o uso de água, preservando a matéria-prima dos males causados pelas soluções salinas e alcalinas normalmente usadas por recicladores. A empresa, certificada pela ISO 9001:2008, também dará ênfase ao desenvolvimento de novos produtos com foco em ABS preto e nos tons de cinza, com tecnologias sustentáveis, colocando à disposição dos visitantes 400 tons do material, o que possibilita a manutenção de formulações seja em relação à cor, ao impacto, à fluidez e ao teor de carga, entre outras propriedades. O atendimento on-line personalizado e o suporte técnico em try-out oferecido também terão destaque no estande.

AMC DO BRASIL

Os visitantes terão a oportunidade de conhecer a linha de fabricação da empresa, especializada em ácidos esteáricos, ceras e estearatos, bem como os lançamentos anuais em estabilizantes, lubrificantes, auxiliares de fluxo, emulsificantes, impermeabilizantes, antiestáticos, desmoldantes, hidrofugantes etc., destinados a variados segmentos, tais como plásticos, borracha, têxteis, velas, materiais escolares, alimentos, cosméticos, construção civil, nutrição animal e tintas, entre outros.

AMPACET 

Aproveita a oportunidade para apresentar ampla gama de novos concentrados antioxidantes para usos específicos, como o 100900, especialmente desenvolvido para incorporar maiores níveis de reprocesso (mínimo 10% de incremento), mantendo as propriedades mecânicas, bem como para melhorar a estabilidade térmica dos reciclados (50% de aumento do OIT), sendo 50% mais eficiente ao prevenir a formação de géis e carvões, além de diminuir o impacto ambiental, já que permite reduzir, reusar e reciclar maior quantidade de material. O outro lançamento da empresa, o masterbatch UV 10293-A, adequado para contato com alimentos, permite que o usuário selecione o filtro UV mais apropriado para sua necessidade. Foi desenvolvido para permitir a obtenção de alta proteção em filmes de baixa espessura (abaixo de 100 mícrons), resultando em elevadas propriedades ópticas, baixa migração e amplo range de filtro. Já o masterbatch UV 100099-U, também com filtro UV permanente, pois tem componentes não migratórios, pode ser convertido em um filtro ideal para ser utilizado em filme de espessuras tradicionais para contato com alimentos. O novo masterbatch purga universal 103828, ideal para realizar transições alternadas entre resinas como polietileno, náilon e EVOH, foi criado para ser usado em processos que precisam realizar transições entre tipos distintos de materiais. Outra novidade é o masterbatch ajuda de processo 102823 para aplicações de alta temperatura a baixas concentrações. O produto reduz a frequência de limpeza do cabeçote ou matriz e o die build-up, eliminando a fratura do fundido e melhorando as propriedades ópticas, diminuindo a nebulosidade ou haze em até 33%, assim como incrementando o brilho em aproximadamente 17%.

ARBURGPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira

O foco do estande da empresa estará voltado para os setores de embalagem e automação, com a apresentação de soluções para moldagens por injeção. Representando a Linha Hidrive, exibirá uma injetora Allrounder 720 H híbrida, que combina as vantagens dos componentes servoelétricos e hidráulicos do sistema modular, comporta molde de 16 cavidades, opera com força de fechamento de 3.200 kN e oferece alta produtividade, pois tem ciclos de produção reduzidos, sendo própria para aplicação no setor de embalagem. Também será apresentado o novo Integralpicker V servoelétrico, um sistema robótico ideal para a extração segura do canal de injeção, cujos servomotores propiciam a redução do tempo do ciclo de produção, pois seus três eixos de movimento possibilitam deslocamentos simultâneos. Sua utilização permite, por exemplo, programar uma parada intermediária e inúmeras posições do eixo, proporcionando redução do tempo de acesso e do tempo morto. Além disso, deixa o molde totalmente acessível para as trocas e serviços de manutenção e inclui a função de aprendizado interativa, para viabilizar preparação rápida, orientada por menu, sem a necessidade de conhecimentos mais profundos do comando. A injetora hidráulica modelo Allrounder 320 C Golden Edition, modelo básico para a produção automatizada de peças moldadas por injeção, que funciona com força de fechamento de 500 kN e possui unidade de injeção de tamanho 170 completa a linha exposta aos visitantes.

ABPOL

A entidade escolheu a feira como palco para o lançamento do 11º Congresso Brasileiro de Polímeros (CBPol), a ser realizado em Campos do Jordão-SP, no período de 16 a 20 de outubro deste ano. Segundo a ABPol, trata-se do maior evento técnico-científico da área de polímeros no Brasil, configurando-se como um fórum legítimo de discussão de temas de caráter científico, tecnológico e mercadológico, tendo, em média, mais de mil participantes por edição. O 11º CBPol é dirigido a toda a comunidade da área de polímeros, incluindo-se profissionais ligados à pesquisa, desenvolvimento de produto, sistema da qualidade, assistência técnica, vendas, projetos, processos e produção industrial, bem como profissionais de empresas de consultoria e de serviços ligados ao setor de plásticos e borrachas, pesquisadores de universidades, institutos e centros de P&D tanto do Brasil como do exterior, estudantes de universidades (graduação e pós-graduação) e de escolas técnicas, representantes de órgãos do governo, nas áreas de Ciência e Tecnologia, planejamento e desenvolvimento industrial.

ATOS SPA

Serão expostas as bombas de pistões de deslocamento variável, compostas de sistema regulador digital para o controle em malha fechada da posição do disco oscilante e, portanto, a regulagem P/Q (pressão/vazão) do sistema. O controle digital garante melhor linearidade de vazão e pressão, melhor curva de vazão e compensação da lubrificação interna (vazão controlada de modo independente da variação de carga). Essas bombas vêm sendo largamente utilizadas em máquinas injetoras, proporcionando benefícios como alta resposta dinâmica e otimização do setup das máquinas, graças à regulagem dos parâmetros por meio de um software, como a seleção em tempo real das diversas variáveis P/Q registradas; função de economia energética e limitação de potência; simplificação do sistema por meio da redução dos controles proporcionais.

AUTOMAQPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira

O evento será palco para o lançamento do separador de galhos e peças tipo tambor rotativo, acoplado a uma esteira de perfil de alumínio com versatilidade para separar peças de galhos com diferença dimensional de até 3 mm. Isto viabiliza sua aplicação em quase 100% dos casos de forma eficiente, bem como sua instalação ao lado da máquina injetora, direcionando os galhos separados dentro de um moinho de baixa rotação e as peças no interior de uma caixa, evitando, assim, que o operador tenha de fazer esta separação manualmente. Também estará em exposição um sistema de enchimento de caixas sobreposto que realiza todo o processo, abrangendo desde a tara da caixa vazia, na sua entrada, até a troca da caixa cheia por outra vazia, evitando que o procedimento seja realizado pelo operador ao lado da máquina. Será exibida, também, uma linha de dosadores gravimétricos, com quatro componentes alimentados por uma central de abastecimento, para automatizar o processo desde a alimentação da máquina, realizada por dosagem gravimétrica sobre ela ou por uma central de dosagem, para atender a várias máquinas ao mesmo tempo, oferecendo precisão de 0,1% de cada componente dosado. Serão apresentadas também: uma linha de secador desumidificador para operar com PET, PBT, PC etc., com dew point de -40ºC; e uma linha de dosador volumétrico dotado de rosca inclinada e válvula proporcional.

AX PLÁSTICOSPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira

Uma microinjetora de bancada, modelo AX 16II, para comportar moldes de corpos de prova e placas de cor, dotada de capacidade de injeção de 16 gramas e força de fechamento de cinco toneladas será o destaque no estande da empresa. O novo modelo veio substituir o AX16I, seu antecessor. A empresa levará também para a exposição sua linha de extrusão dupla rosca de 16 mm de diâmetro e relação L/D 40 segmentada, com barril de abertura longitudinal, side feeder, criada para o desenvolvimento de novos polímeros, blendas, compostos e/ou masterbatches. Também será apresentada a linha de extrusão para multifilamentos com rosca de 16 mm de diâmetro, construída em monobloco, com diversos opcionais. Além disso, mostrará aos visitantes a linha de equipamentos para filme tubular e a microextrusora para filme tubular que usa rosca de 10 mm de diâmetro, tem duas zonas de aquecimento e opera com controle por inversor.

Plástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feiraAWS BRASIL

A empresa marcará presença com diversos sistemas periféricos, disponíveis com capacidade de 15 a 600 litros. Entre eles, destaque para a recuperadora de solventes, dotada de ciclo automático e sistema elétrico à prova de explosão, fornecida em diversos modelos e capacidades. Ecologicamente correto, o equipamento oferece economia de até 80% de solvente, de acordo com o consumo do produto.

BAERLOCHER

A empresa, tradicional em desenvolvimento e produção de estabilizantes, lubrificantes e outros aditivos para plásticos, em especial o PVC, apresentará ao mercado novos estabilizantes à base de Ca/Zn (cádmio e zinco), criados para substituir os produtos à base de chumbo, cujas aplicações incluem perfis externos, forro e injeção de conexões. Também serão expostos os novos estearatos metálicos de alta pureza, em diferentes formas físicas. No intuito de oferecer soluções para melhoria de processo e obtenção de propriedades mecânicas, o expositor levará à Feira novas opções focadas em mercados específicos, como perfis externos, rígidos transparentes e tubos corrugados de parede dupla, além das soluções tradicionais que já disponibiliza ao mercado, indicadas para uso em tubos em geral.

BARUFALDI

Apresentará o sistema Povi 10.000 de punção e cunhagem de condutos empregados em instalações elétricas. O equipamento atinge alta produtividade, podendo chegar à velocidade de 10 m/minuto, e é fabricado em sistema modular projetado para perfurar e cunhar os condutos em três lados, depois do corte. Sua estação de punção e cunhagem é formada por duas cabeças horizontais (direita e esquerda) para as abas laterais e uma cabeça vertical para a punção de fundo. Foi desenvolvido com tecnologia de cunhagem específica para eliminar as aparas geradas em seguida às operações de punção, mas sem emitir poeira, como acontece se for escovado. É constituído por um sistema de tração que não causa qualquer dano ao produto e possui plano de alimentação automática com esteiras transportadoras de carregamento manual lateral contínuo e um dispositivo para prender o perfil que avança, possibilitando sua introdução e seu posicionamento em função de uma distância entre eixos predefinida. Vem equipado com sensores de presença e verificação do alinhamento no eixo, o que evita encravamentos, e opera com as cabeças acionadas por cilindros hidrodinâmicos dimensionados de acordo com a velocidade estabelecida. Aloja uma válvula proporcional, possibilitando precisão na perfuração, independentemente da espessura do conduto e, ao mesmo tempo, atua com baixo nível de ruído.

BASFPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira

No ano em que completa cem anos de presença no Brasil, a empresa levará à exposição suas mais recentes novidades, em diversos segmentos de mercado, como construção, automotivo, embalagens e eletroeletrônicos, além de sua linha tradicional de produtos. O principal destaque no estande será o estabilizante à luz do tipo Nor-Hals, para aplicação em agricultura, o Tinuvin XT200, empregado para permitir a fabricação de filmes plásticos transparentes para estufas agrícolas com alta durabilidade às radiações ultravioleta. Este aditivo possui alta resistência aos pesticidas, como o enxofre, que podem comprometer a estabilidade à luz do plástico. Também terão foco especial os blocos de poliestireno expandido (EPS) Geofoam, cujo baixo peso aliado à boa resistência mecânica, sobretudo à compressão, torna o produto ideal para utilização em aterros sobre solos moles na construção de estradas, além de proporcionar execução fácil e rápida. As novas linhas de antichamas Ultramid FRee e Ultradur FRee (“FR”: flame retardant + “ee”: electrical/electronic) são outros destaques da empresa. Próprios para uso em eletroeletrônicos, os produtos são livres de halogênios e satisfazem os padrões de segurança mais rigorosos, mesmo com paredes finas, apresentando cores mais claras. Para completar sua série de novidades, a empresa apresentará o calçado conceitual Pure 1.2 Balance, confeccionado com a utilização de poliuretano termoplástico. A novidade desta versão do calçado conceito é que muitas de suas partes são feitas com material à base de fonte renovável. O produto oferece diversas vantagens, entre elas conforto, funcionalidade e segurança.

BATTENFELDPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira

Muitos lançamentos mundiais, entre eles três modelos de injetoras, serão o destaque no estande da Wittmann Battenfeld. Uma das novidades é uma máquina elétrica, da nova Linha Ecopower, com força de fechamento de 110 toneladas e equipada com o sistema BFmold, também conhecido como Variotherm, que permite aquecer e resfriar o molde rapidamente, durante o ciclo de injeção, resultando em produtos com superfície de alto brilho. Um modelo da mais recente linha de injetoras da empresa, a Macropower, dotado de força de fechamento de 800 toneladas e sistema de travamento hidráulico, com tecnologia de duas placas, será o outro grande lançamento da empresa na exposição deste ano. Da Linha HM, presente no mercado brasileiro há mais de dez anos, será apresentada uma injetora hidráulica que fecha com 240 toneladas de força e possui acionamento servo-drive na bomba, reduzindo consideravelmente o consumo de energia durante o processo de injeção. Todas as máquinas expostas estarão em funcionamento e equipadas com os periféricos da Wittmann, com integração completa pelo comando da injetora. Robôs, alimentadores, desumidificadores, termorreguladores e moinhos completarão todas as células em plena operação.

BAYERPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira

Dedicada a fornecer soluções e sistemas inovadores aos mais diferentes mercados, desde a construção civil, passando pelas indústrias automotiva, eletroeletrônica, moveleira até a calçadista, a divisão Bayer MaterialScience terá como foco, por meio das áreas de poliuretanos (rígidos, flexíveis e sistemas integrais), revestimentos, adesivos e especialidades, e policarbonatos, as tendências e soluções inovadoras que prometem um futuro mais sustentável diante das megatendências globais, tais como mudanças climáticas, urbanização, aceleração tecnológica e mobilidade. O grande destaque, entretanto, será o seu policarbonato marca Makrolon. A empresa evidencia sua aplicação nas estações de abastecimento Charge Point, desenvolvidas pela empresa Coulomb Technologies para veículos elétricos e híbridos plug-in. A resina protege o “cérebro” do sistema por ser altamente resistente a impactos e raios ultravioleta – já que a maioria das estações de carregamento se localiza ao ar livre, o que as torna extremamente vulneráveis ao vandalismo e a intempéries. As tecnologias de luz LED, que em breve suplantarão os sistemas de iluminação tradicionais, também estarão em exposição. Para isso, a empresa desenvolveu grades de policarbonatos customizados, que podem ser aplicados tanto na indústria automotiva como também incorporados em lâmpadas de postes de rua. As tecnologias utilizadas na fabricação do Solar Impulse, avião movido a energia solar, poderão ser conferidas de maneira interativa. O projeto foi criado para demonstrar a eficiência de tecnologias já existentes em termos de redução do consumo de energia e o grande potencial das energias renováveis. Nele, estão presentes diversos materiais da empresa, como policarbonato na janela da cabine, e espuma de poliuretano no revestimento da carenagem do motor, da cabine e das asas.

BENERPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira

O grupo estreia na feira com uma linha completa de máquinas de eletroerosão da marca Novik Electrocut, composta de cinco modelos, com variadas configurações dimensionais, para atender desde os processos mais simples até as usinagens 3D. Os visitantes poderão conhecer máquinas de eletroerosão por penetração, voltadas, principalmente, ao setor de moldes para plásticos, e equipamentos de erosão a fio de molibdênio e de latão, destinados às ferramentarias de corte, repuxo e dobra. Presente no mercado brasileiro desde 1995, o grupo atua associado a fabricantes nacionais ou em parceria com grandes corporações internacionais, oferecendo também estrutura de pós-venda ao mercado nacional.

Plástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feiraBÉRKEL

Presente pela primeira vez na Brasilplast, a Bérkel destacará novidades em chapas acrílicas, PET-G e policarbonato. Uma das inovações apresentadas será a chapa acrílica Shinkolite LGP (Light Guide Panel), da Lucite, cuja distribuição é feita com exclusividade pela expositora no país. Desenvolvida especialmente para aplicações de iluminação de borda (edge illumination), essa chapa tem diferenciais como espessura mais fina, maior leveza e mais brilho. Além disso, sua capacidade natural de propagação da luz, associada ao uso do LED, agrega ao projeto uma maior economia de energia. Outra novidade fica por conta da linha de chapas Ecoshade, capaz de absorver 97% dos raios ultravioleta e evitar aquecimento do local coberto de até 8ºC. O produto é destinado a coberturas, domos, vitrines e proteção de sacadas e balcões. Chapas acrílicas fantasia, como as linhas Alabastro e Radiant, são outra aposta da empresa para o mercado de living design, assim como as variações com aparências de aço escovado, metalizadas ou de corais. A Bérkel ainda conta com uma linha própria de produtos finais, chamada Rio Design, para a qual desenvolve produtos com as séries de acrílico em granito e mármore.

BEVI PLASTIC

A empresa, especializada em pesquisa e fornecimento de masterbatch e dry blend (pigmentos), levará para a feira sua linha de produtos para resinas de alto desempenho, tais como policarbonato, acrílicos poliacetais, polissulfeto de fenileno, poliamidas 6/6.6/12, entre outros. Todos os masterbatches que produz são fabricados com os mesmos veículos das resinas aos quais serão aplicados, evitando, assim, que ocorra incompatibilidade.

BGMPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira

A fabricante de periféricos para linhas de extrusão lançará o Packing Line, um novo equipamento de envase e distribuição de materiais termoplásticos granulados, que tem como diferencial a facilidade de operação e limpeza. Automática, para garantir a precisão do processo, a máquina vem com uma impressora a jato de tinta para imprimir, em quatro cores, o logotipo do cliente em cada embalagem a ser envasada, com secagem ultrarrápida (UV). A empresa fornece equipamentos como granuladores para até 1.500 kg/h, ensacadeiras automáticas e semiautomáticas, sistemas de ensaque até 6.000 kg/h, silos homogeneizadores com capacidade máxima de 8.000 litros, peneiras seletivas para processar até 6.000 kg/h, secadores de fios com capacidade máxima de 1.200 kg/h e misturadores horizontais para 800 kg, no máximo. Seus equipamentos atendem a indústria petroquímica, de reciclagem, de resinas e masterbatches, bem como os fabricantes de compostos.

BLUFER/PINTARELLI

No mesmo estande, a Pintarelli Industrial apresentará uma sopradora modelo Sopratica 3600S automatizada, dotada de cortadora de cabeças perdidas e enfardadeira automática, operando em conjunto com os periféricos da Blufer Tecnoplast. As sopradoras Pintarelli, próprias para processar PP e PE, oferecem facilidade de operação, baixo consumo de energia elétrica, manutenção simplificada, baixo nível de ruído, e se mostram adequadas para instalação em salas limpas. Buscando oferecer ao mercado novas opções em equipamentos com capacidade de sopro de peças de até 5 litros de volume, a empresa fabrica suas sopradoras acopladas a extrusoras nos diâmetros de 40 a 90 mm, dotadas de mesa simples ou dupla, deslizando em guias lineares e com cabeçotes de até oito cavidades, e, ainda, com saídas dos frascos do tipo frontal ou lateral orientadas e totalmente automatizáveis.

BOBST GROUPPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira

A empresa apresentará suas inovações na concepção de seu estande, mostrando as aplicações das cores e as marcas que compõem o grupo. Paralelamente ao evento, abrirá suas portas para receber seus clientes e visitantes, com o intuito de mostrar ao público suas instalações no Brasil, sua estrutura de fabricação, de serviços, de vendas de máquinas, equipamentos e peças de reposição. Também terá destaque durante a feira e na visita à empresa a tecnologia da nova impressora flexográfica Fischer & Krecke FP 15-S 8, equipada com o sistema de registro automático smartGPS. A máquina, de baixa manutenção e operação bastante amigável, proporciona redução significativa do dowtime. Possui tela touchscreen colocada na posição central da máquina para facilitar sua operação, tem largura de impressão de 1.250 mm e opera com repetição de até 880 mm e velocidade de 400 m/min, podendo imprimir em até oito cores. Trabalha com todos os movimentos realizados por servomotores, garantindo maior precisão de registro de cores e rapidez no setup. Estarão em exposição, ainda, as linhas de máquinas de corte e vinco, de máquinas dobradeiras/coladeiras.

BOREALISPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira

Os visitantes poderão conhecer a linha de produtos e algumas de suas aplicações na indústria automobilística, como a Borcom microcomposites, uma nova geração de produtos para reduzir peso e custos entre 8% e 24%, com alta processabilidade. A família Nepol de concentrados de polipropileno modificado com fibras de vidro longas, para peças com alta demanda de desempenho, está disponível pronta para uso e na forma dilution technology, para reduzir a quantidade de material compostado. Neste material é utilizado um concentrado de PP com fibra longa, diluído com outro composto de PP fornecido direto do reator com elevada fluidez e altamente aditivado. A família Nepol oferece excelente estabilidade dimensional, alta rigidez, resistência ao impacto, estabilidade de processo, baixa absorção de umidade e alta resistência à fluência, mesmo em elevadas temperaturas. Apresentará, também, a família Xmod de compostos de PP modificados com fibras de vidro curtas, de alto desempenho (HPGF), que atendem à necessidade do mercado por uma alternativa de custo mais baixo, menor densidade e menor absorção de umidade.

Plástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: DivulgaçãoBRABENDER / TECHNOSERVICE

Serão destacados no estande os dosadores FlexWall-plus para processos contínuos e por bateladas, projetados com design trapezoidal e construção de aço inoxidável espelhado, possibilitando um layout compacto e otimizado. Os dosadores Brabender, empresa representada no Brasil pela Technoservice, podem operar em regime gravimétrico ou volumétrico, dependendo da aplicação. São do tipo universais, ou seja, permitem que um mesmo equipamento seja utilizado para dosagem de granulados, pós ou fibras. Possuem recipiente de poliuretano e atuam ativados por pás massageadoras, garantindo fluxo mássico constante e aumento na precisão de dosagem. Também serão divulgados os serviços especializados de assistência técnica, start-up e fornecimento de peças de reposição originais prestados pela Technoservice no Brasil, como representante da Brabender.

BRASCHEMICAL

Especializada no fornecimento de pigmentos de efeito e aditivos químicos, a empresa aproveitará a feira para lançar a linha FG (food grade ou grade alimentício) da Expancel, microesferas expansíveis que atendem às normas para entrar em contato com alimentos e são indicadas à fabricação de tampas para vinho, selantes, copos, embalagens, bandejas para alimentos. As microesferas consistem em um gás encapsulado que, ao ser aquecido, se expande e aumenta o volume das microesferas. Resultado: reduz o peso das peças e confere leveza e maciez ao toque. Dos produtos da Day-Glo, serão enfatizadas as séries Gem Tone e Glo Prill, que podem ser utilizadas em contato com alimentos, e os pigmentos fluorescentes para aplicações em plásticos. Outras novidades na linha de efeitos são os pigmentos fosforescentes coloridos, que absorvem a luz e, no escuro, a reemitem nas cores azul, verde, púrpura, vermelha ou laranja; e os glitters de alumínio, os fluorescentes, os resistentes a água e o de micropartícula 1/700. Além dos lançamentos, a empresa estará divulgando as marcas de suas representadas, fornecedoras de produtos para os mercados de plásticos, como a DayGlo, Matsui, Everlight, com absorvedores UV; Kärntner, com óxidos de ferro micáceo, Akzo Nobel – Expancel, DCC e Sachtleben.

BRASFIXOPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

A expositora realizará dois lançamentos no Anhembi. Um deles é uma prateleira modular para armazenagem de moldes, produzida com dimensões sob encomenda, cujo uso permite regular a altura das gavetas, reduz o tempo de setup e facilita o deslocamento de peças pesadas pelo uso de guindaste ou de ponte rolante, procedimento que dispensa a empilhadeira. A outra novidade é um carrinho hidráulico com capacidade de 500 kg a 10.000 kg, ideal para movimentação de ferramentais, dotado de sistema de elevação automatizado para reduzir o nível de esforço e a necessidade de movimentos repetitivos do operador. O carro funciona com sistema elétrico a bateria (vem acompanhado de carregador) e apresenta sistema de transferência por roletes ou esferas. Estará exposta, ainda, uma estante deslizante para porta-moldes e ferramentas de 100 kg a 10.000 kg.

Plástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: DivulgaçãoBRASKEM

A empresa levará para a feira quatro novos grades de polietileno e seis lançamentos da linha de polipropileno. Na linha de polietileno, apresentará o grade HF3712, resina para geomembranas, produzida com tecnologia Chevron Phillips Loop Slurry, que oferece alta resistência ao Environmental Stress Cracking Resistance (ESCR), boa processabilidade e resistência do fundido.

As resinas para tanques de combustível automotivos HS4506 e HS4506A foram desenvolvidas em versões para mono e multicamadas, bem como para fabricação de tubos de enchimento e de reservatórios de partida a frio, podendo ser empregadas na produção de tanques fluoretados. A resina HS4506A é especialmente aditivada para garantir maior resistência à radiação ultravioleta e às intempéries, sendo destinada à produção de tanques de combustível para caminhões e para o segmento de reposição automotiva. Sua alta resistência ao tensofissuramento permite envasar diferentes tipos de combustível, como o diesel e o biodiesel, viabilizando aliar alta segurança com redução de peso e maior grau de liberdade no processo de moldagem por sopro em relação ao uso de metal. Para propiciar melhor controle de coeficiente de fricção cinético (CoF) e a fim de atender às exigências do mercado de laminados de alto desempenho, utilizados nos processos de empacotamento automático de elevada velocidade, a Braskem criou a Flexus 9212XP (XP = extra performance), resina metalocênica (mPEBDL). Além de altas propriedades mecânicas e ópticas intrínsecas à família de produtos Flexus, o material possui como diferencial a capacidade de manter mais estáveis os valores de CoF, após laminação, transporte e estocagem de bobinas. Para o mercado de polipropileno, a empresa apresentará a resina CP 191XP, copolímero heterofásico de alto índice de fluidez e elevada resistência ao impacto, voltada ao mercado de injeção de ciclo rápido e de peças de paredes finas, tais como o segmento de embalagens de sorvete injetadas, utilidades domésticas e compostos automotivos. O não tecido H 155, em substituição ao H 152 no portfólio da empresa, é um novo grade que apresenta fluidez mais elevada, permitindo melhor desempenho na formação da camada de barreira obtida pelo processo meltblown, o que se traduz em maiores valores de coluna d’água (medida de permeabilidade do material) e maior homogeneidade na distribuição da camada de meltblown na estrutura de NT. Para o segmento de compostos, serão lançados dois copolímeros. O CP 393, de alto impacto e baixíssima contração, foi desenvolvido especialmente para compostos cuja aplicação final se destina ao uso em para-choques, pois, com a adição da carga mineral, deixa o “gap zero” entre o para-choque de plástico e o para-lama de metal. Já o CP 286 é um copolímero heterofásico desenvolvido para o mercado de compostos que busca a manutenção de elevada resistência ao impacto, com rigidez e fluxo maiores, oferecendo bom balanço de propriedades mecânicas e alto índice de fluidez, ligado ao baixo VOC – isenção de voláteis para eliminar odores –, o que o torna uma opção versátil para uso na indústria automotiva em aplicações como produção de para-choques e painéis. O grade H 201HC completa a linha a ser lançada durante o evento. Destina-se ao uso em processos de injeção de alta rigidez de peças técnicas e compostos que requeiram elevada rigidez e boa processabilidade na fabricação de componentes de eletrodomésticos e eletroportáteis. Possui elevada cristalinidade, elevada resistência termomecânica e resistência ao risco diferenciada.

BRÜCKNERPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

Serão expostas linhas flexíveis para produção de filmes. A empresa apresentará linhas para produção de BOPP com largura de trabalho de 4 a 10,4 m, capacidade de 900 a 7.000 kg/h e velocidade máxima de 525 m/min, voltadas à indústria de linhas de estiragem; linhas para filmes de BOPET para embalagem flexível ou uso industrial e grades de filme óptico até 400 µm; e equipamentos novos ou soluções de upgrade para fabricação de filme biorientado/biodegradável para embalagem, feito de matéria-prima de fonte renovável, sobretudo PLA. Disponibilizará tecnologia para BOPA, inclusive estiramento em dois estágios, atendendo à demanda do produtor de filme; linhas para produção de filme encolhível para etiquetas, rótulos (sleeves) de corpo inteiro ou para segurança contra adulteração, feitos de PET-G, com largura de trabalho até 6,2 m evelocidade máxima de 250 m/min. Além disso, apresentará grande gama de linhas flexíveis especiais para a fabricação de filmes nobres e de alto valor, como filmes funcionais com camadas de barreira especial, filmes ópticos ou filmes para painéis fotovoltaicos. Os produtores de filmes da América Latina conhecerão também o novo modelo de máquina CPP, com largura de filme final de 6,2 m e capacidade nominal de 16.000 toneladas por ano.

CESTARI Plástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

A tradicional fabricante de redutores e motorredutores de velocidade apresentará como principal novidade o motorredutor da linha Vertimax, já com mancal axial incorporado, para extrusoras de plástico. Complementando a linha de redutores específicos para extrusoras da empresa, junto com os já tradicionais modelos das linhas Helimax e Helicon, esta nova opção tem como diferencial a possibilidade de montagem com o motor acoplado direto, sem polias. Além disso, oferece várias possibilidades de motorização, como o modelo que estará exposto, dotado de motor WEG tipo WMagnet de ímã permanente e acionamento por inversor de frequência, produzido com uma carcaça menor que o padrão de mercado, sendo, portanto, mais leve e compacto. O equipamento estará disponível com reduções entre 1:5,6 e 1:28, e capacidades de 680 a 13.000 Nm, atendendo à faixa de equipamentos considerados de pequeno porte. As outras linhas de redutores para extrusoras, já citadas acima, também serão expostas, além das linhas de motorredutores (Coaxial, Magmax, Vertimax e Conimax), e a linha Magma de redutores tipo coroa e rosca sem fim. Divulgará, ainda, o Service Cestari, uma área de serviços especializada, criada para dar suporte aos clientes na área de reformas, repotencialização, manutenção e outros serviços relacionados a redutores e acionamentos, incluindo equipamentos de outras marcas.

CLASS ENGINEERING

Empresa russa, fabricante de rebobinadeiras e cortadeiras para filmes stretch, no sistema rolo a rolo, estará expondo suas últimas novidades. O destaque fica por conta do modelo PSF011-M de rebobinadeira automática para processar filmes de 260 a 520 mm de largura, desenvolvendo velocidade de 2.000 m/min. O equipamento possui capacidade de produção máxima de 180 toneladas por mês e pode ser fornecido com sistema automático de pesagem como opcional. Divulgará, ainda, ampla gama de rebobinadeiras/cortadeiras semiautomáticas, nas larguras máximas de 620 ou 920 mm; e rebobinadeiras automáticas de 260 a 520 mm de largura, com velocidades de até 2.000 m/min, e capacidade de produção máxima de 180 toneladas/mês. Os equipamentos são versáteis, de fácil operação e podem empregar tubetes de diversos diâmetros (de 50 e 76 mm na entrada e de 25, 30, 38, 50 e 76 mm na saída).

CILINGRAF

Os visitantes poderão conferir a linha de cilindros porta-clichês retificados, balanceados, com acabamento de cromo duro, buchas temperadas e retificadas, e com engrenagem. Também estarão expostos cilindros para rotogravura retificados, balanceados, dotados de bucha temperada e retificada. Engrenagens de ferro fundido, poliacetal ou náilon e cortadeiras de tubetes de papelão e PVC complementam os produtos que serão levados à feira. A empresa divulgará, também, seus serviços de retífica, balanceamento dinâmico e estático, reforma geral e rebaixamento de cilindros, troca de pontas e de buchas, e troca e ajuste de chavetas.

CHEMSON

O visitante poderá conferir uma nova linha de estabilizantes para PVC à base de cálcio/zinco e orgânicos, voltada aos segmentos de tubos e conexões, perfis, fios e cabos. Estabilizantes orgânicos, à base de cálcio-zinco e de chumbo; estearatos de cálcio e zinco, lubrificantes e blendas para poliolefinas também integram a linha de produtos fabricados pela empresa, que ainda disponibiliza serviços técnicos e soluções, sempre preocupada com a preservação do meio ambiente.

CLARIANT

A unidade de negócios pigmentos promoverá os pigmentos orgânicos e corantes de diversas linhas. Também terá como destaque os pigmentos de alto desempenho, como os vermelhos, laranjas e amarelos, que conferem cores vivas e dotadas de solidez às peças plásticas, todos isentos de metais pesados, de acordo com as normas internacionais de qualidade e pureza e, ainda, os pigmentos metálicos e de efeito (marca Eckart). A unidade negócios additives apresentará sua ampla linha de aditivos para plásticos, tais como agentes antioxidantes, antiestáticos, retardantes de chama não halogenados e os estabilizantes de luz, além de diversas famílias de ceras (Licocene Licowax, Licolub e Licomont) com foco especial para as aplicações em WPC (Wood plastic composite) e hotmelt para tecidos, carpetes e grama sintética. Já a unidade de negócios masterbatches levará as linhas Cesa e Renol de cores e aditivos compostáveis, desenhados para o mercado de biopolímeros. Produzidos em conformidade com a norma EM 13432 e certificados pela Vincotte (Ok Compost), oferecem amplo leque de cores e elevada processabilidade e solidez à luz. A linha inclui estabilizantes UV, agentes split/antiblock, antiestáticos e branqueadores ópticos. Dos masterbatches líquidos, serão expostas as novidades de aplicações para poliolefinas nos processos de extrusão, injeção e sopro. Os serviços integrados de concepção e desenvolvimento de design e cor da marca ColorWorks complementam a exposição da empresa durante o evento.

COPERION

A empresa participará da feira apresentando a nova geração de extrusoras dupla rosca ZSK, dotada de relação de diâmetro externo/diâmetro interno de 1.55. Com novos tamanhos de máquina e sistema de compostagem que se adapta às necessidades de produção do mercado, a família ZSC Mc 18 atinge 30% a mais de torque específico (18 Nm/cm3) e está disponível em tamanhos de 32 a 119 mm de diâmetro de rosca. O equipamento traz várias técnicas de melhorias no controle de temperatura na zona de processamento, o que permitiu o aumento da taxa de produção. Possui novo design para facilitar o acesso para limpeza e manutenção, além de poder ser equipada com a tecnologia de reforço de alimentação e com a unidade de dupla rosca lateral para degasagem. Também será exposto o modelo para compostos STS Advanced fabricado na China, fornecido em cinco tamanhos diferentes e com taxa de produção máxima de 3.300 kg/hora, dependendo da configuração do processo. A máquina possui perfil de rosca autolimpante, aloja eixos de giro corrotante e opera com velocidade da rosca de 600 a 800 rpm.

COREPLAS

Levará ao Anhembi seu portfólio de produtos, formado por masterbatches brancos, pretos, coloridos e em cores especiais, para toda linha de materiais termoplásticos; aditivos nas versões antibloqueio, antiestático, antioxidante, auxiliar de fluxo, deslizante (sliping), expansor, estabilizante UV, e marcação a laser. Além dos produtos fornecidos, a empresa realiza prestação de serviços de tingimento de termoplásticos e de apoio ao cliente, tais como pronta entrega e suporte técnico e de laboratório. Além de mais de 10 mil cores já desenvolvidas, a empresa atende às necessidades do mercado, desenvolvendo cores especiais como florescentes, fosforescentes, metálicas, perolizadas, multicoloridas e com glitter, entre outras.

CORONA BRASILPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

Exibirá fontes de potência de 1.0 a 30.0 kVA, estações de tratamento para aplicações até 4.000 mm de largura e estações especiais com eletrodos de cerâmica para materiais metalizados. A empresa também levará à feira um sistema de tratamento para peças tridimensionais, bem como estará divulgando sua prestação de serviços de reformas e consertos para todas as marcas e modelos de tratadores corona, inclusive importados. Apresentará, ainda, cilindros revestidos de vidro, produtos de vida útil prolongada, utilizados no tratamento corona e fabricado pela americana Empire Treater Rolls, a mais recente parceira da empresa.

CROMEX

O foco nas inovações sustentáveis será o destaque no estande da empresa, com a exibição de novas linhas de cores e aditivos para o plástico verde (PE verde), feito de fonte renovável, proveniente do etanol da cana-de-acúçar e desenvolvido pela parceira Braskem, bem como dos masterbatches com nanotecnologia aplicada, além de outras soluções. O lançamento dos aditivos para os plásticos verdes tem por objetivo atender as indústrias automobilística, de brinquedos, cosméticos e de higiene pessoal, embalagens, entre outras, que demandam cada vez mais produtos de baixo impacto ambiental, tanto no processo produtivo quanto no descarte. Os aditivos conferem ao plástico verde características como antibloqueio, barreira aos raios UV, antiestáticos e antifogo, respeitando as propriedades fundamentais de sustentabilidade do produto. Também serão levados ao evento produtos desenvolvidos para melhorar a reciclagem, como os aditivos que eliminam a água residual, para facilitar o processo. Os visitantes poderão conferir, ainda, os novos aditivos/masterbatches e cores com nanopartículas de prata, que conferem aos plásticos ação bactericida (elimina as bactérias) e bacteriostática (impede sua proliferação) e podem ser usados em vários plásticos, como PE, PP, PS, ABS e PET, em todos os processos de transformação. Voltada às soluções criadas para otimizar os processos de fabricação, outro destaque será a nova linha composta de branco com antifibrilante e aditivo UV, elaborada para melhorar o desenvolvimento da ráfia, além dos novos masters para fabricação de multifilamentos, filamentos contínuos e não tecidos (PP e PET). Com foco na melhoria do desempenho dos polímeros na transformação, será exposta a linha de cargas minerais e aditivos voltados às propriedades mecânicas, estabilidade dimensional e taxa de troca térmica.

CYTEC

A mais recente linha de aditivos Cyasorb Cynergy Solution, composta por estabilizantes, absorvedores UV e antioxidantes será levada à feira. Dentre as principais características desta nova família é destacada a capacidade de atingir excelentes resultados, de acordo com as mais rigorosas normas de intemperismo, com ótimo custo/benefício. Além disso, será destacada a facilidade de uso, ou seja, a função One Pack, pois em um único grão de aditivo é possível obter a união das melhores sinergias entre moléculas, para uma determinada aplicação específica, ou seja, em um único grão estão presentes as moléculas para estabilização UV e AO, nas quantidades necessárias para cada tipo de utilização. Os produtos são empregados para promover elevada proteção UV em aplicações automotivas, agrícolas, rotomoldagem, grama artificial, contêineres plásticos, tubos e cabos, tintas automotivas (base água/solvente), móveis plásticos, plásticos de engenharia, composites, ráfia, mono e multifilamentos e não tecido, entre outros usos.

DACARTO BENVIC

A expositora colocará à disposição dos visitantes seus mais de 40 anos de atividade voltadas à fabricação de compostos de PVC, realizada em duas unidades fabris, uma em São Paulo e a outra na Bahia. Atualmente, a empresa produz materiais para as mais diversas aplicações e disponibiliza uma equipe de profissionais com formação técnica e comercial capazes de identificar as necessidades dos clientes, para poder indicar e desenvolver produtos adequados e prestar serviços de pós-venda de qualidade.

DAICOLOR

Estarão à mostra no estande as linhas de produtos da empresa, compostas pela mistura DC de colorantes dispersos em lubrificantes sob a forma de pó; o MB, um concentrado de colorantes incorporados em termoplásticos sob a forma de pellets; o BEC, concentrado de colorantes incorporados em termoplásticos sob a forma de pellets, especialmente desenvolvidos para fios e cabos; o CP, termoplástico tingido sob a forma de pellets; o CO, termoplástico incorporado com aditivos, fibras, cargas minerais e outros; e o Daieco, produto ambientalmente amigável e ecologicamente correto, baseado em compostos poliméricos em conjunto com cargas naturais, projeto que tem como objetivo empregar fibras naturais não convencionais e/ou resíduos de produtos naturais, modificando polímeros termoplásticos. Produtos especiais, como auxiliar de limpeza para equipamentos de transformação de termoplásticos; agente expansor; estabilizante UV; Masterbatch bactericida; e sistema de color Match, entre outros produtos também irão compor a linha de exposição da empresa.

DAL MASCHIOPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

Os visitantes poderão conhecer três robôs no estande da empresa. O novo modelo Snap Tank, de entrada lateral, opera com magazine e garra, e possui oito cavidades para a produção de copos de requeijão decorados no processo in mold label. O equipamento também retira e empilha os copos produzidos, em tempo de ciclo total abaixo de 6 segundos. O outro robô em exibição é o modelo PL3, dotado de seis eixos servocontrolados, sendo três cartesianos e três no cabeçote de manipulação de peças. Com esta configuração o equipamento opera com total flexibilidade de manipulação em injetoras de 1.000 a 1.500 toneladas. O robô orbital com 6 graus de liberdade, para a automação da pintura de peças, será o terceiro equipamento em exposição. Possui como principal diferencial a construção mecânica balanceada pneumaticamente, permitindo a programação dos ciclos de pintura com o operador atuando diretamente no seu cabeçote, pois memoriza a trajetória realizada pelo pintor e depois a reproduz automaticamente. Além dos equipamentos em operação no seu estande, a empresa terá diversos robôs da série PL funcionando automaticamente em estandes de parceiros diversos, fabricantes de máquinas injetoras.

DAX RESINAS

Distribuidora exclusiva dos produtos da Heritage Plastics norte-americana no Brasil, a empresa levará à exposição a linha de produtos que comercializa, englobando polietilenos – incluindo o tipo para rotomoldagem micronizado –, polipropilenos, poliestirenos, ABS, aditivos e compostos de carbonato de cálcio. A Heritage Plastics direciona 100% de seus recursos técnicos e de engenharia para os compostos poliolefínicos e concentrados minerais. É conhecida globalmente por impulsionar, com o carbonato de cálcio, o desempenho de processos de extrusão, sopro, termoformagem e injeção. Seus aditivos de carbonato de cálcio melhoram as taxas de transferência, os tempos de ciclo, as propriedades do produto e ainda reduzem os custos da matéria-prima.

DEB’MAQ

Levará para a mostra as linhas Platinum Plus e Ecológica de injetoras para plástico, apresentando opções com diferenciais de tecnologia, desempenho e produtividade. Com portfólio de 15 modelos, a linha Platinum Plus, um dos destaques do estande, alia, segundo o expositor, excelência tecnológica a um preço competitivo. As máquinas proporcionam produtividade, baixo ruído, baixo consumo de energia e precisão, além de serem práticas e funcionais. São dotadas de painéis de comando coloridos, com função touchscreen e teclas. Outra atração do estande será a Linha SE-Ecológica, composta por injetoras que oferecem alto desempenho e agregam o conceito de sustentabilidade à rotina industrial. Os modelos tornam possível a racionalização do consumo de energia elétrica, proporcionando economia de 35% a 65% em relação a outros modelos de mercado, e operam de forma sustentável, minimizando o impacto ambiental.

DIGITROLPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

O mais novo lançamento da representada Dynisco será o foco no estande da empresa. O sistema Opt.Trol (optimal control), do tipo plug and play, foi especialmente projetado para pequenas extrusoras, porém com características encontradas em sistemas maiores de controle de extrusão. O controle de temperatura, dotado de autossintonia, possui duas saídas de baixa corrente de 24 Vcc e permite que todas as zonas possuam sistema de aquecimento ou aquecimento e resfriamento. A estação do operador inclui um display de cristal líquido com tela sensível ao toque (touchscreen) e sistema operacional Ce.Net e comunicação Modbus TCP/IP Ethernet, além de um cartão de memória de 1 Gb como padrão. A arquitetura de blocos no módulo de controle possibilita uma solução compacta e de baixo custo para pequenas extrusoras, e as definições padrão do sistema de controle economizam horas de engenharia e gastos excessivos. O sistema é pré-programado para atender às necessidades do usuário, e o programa é carregado, testado e inclui um cartão de memória disponível para um sistema de backup externo. O cartão de temperatura é projetado especificamente para sistemas monorrosca, dupla rosca, coextrusão ou aplicações em extrusora tipo balão. Possui sintonia adaptativa total de controle de temperatura, bem como sintonia convencional, e conta com telas predefinidas e uma sequência lógica que simplificam a instalação e o setup. Receitas, capturas de tela e funções de registro podem ser armazenadas e carregadas por vários dispositivos de memória. Tem relógio em tempo real e bateria de backup. Também será exposta toda a linha da Dynisco formada por transdutores e transmissores de pressão para processo de extrusão e injeção, bem como uma linha abrangente de equipamentos para ensaios de materiais plásticos, tais como HDT/VICAT, determinação de flamabilidade de resinas, testadores de impacto Izod/Charpy, medidores de índice de fluidez (plastômetro de extrusão), reômetro capilar, e hot tack heat sealer, entre outros.

DINATESTE

A empresa apresentará aos visitantes o medidor de índice de fluidez (plastômetro) de termoplásticos modelo MP600, fabricado pela Tinius Olsen, dos Estados Unidos. Fácil de atualizar, por meio de sua configuração básica, e dotado de estrutura modular, o equipamento vem com um pacote de acessórios para testes automatizados e controle de até dez máquinas com um único software. Além de determinar o índice de fluidez, pode, com a inserção do devido acessório, estipular a taxa de volume (MVR), taxa de tensão de cisalhamento, densidade do fundido e viscosidade dinâmica. Com a adição de um acessório especial, permite a medição automática da taxa de fluidez entre, no máximo, três diferentes pesos em um único ensaio (FRR). Opcionalmente, pode ser adquirido o sistema pneumático para purga do material fundido e limpeza do cilindro, prevenindo contra riscos ergonômicos.

DOW BRASIL

A empresa usará o Anhembi como palco para apresentar soluções para mercados distintos – embalagens rígidas, especiais e de alimentos, tubos, embalagens industriais e de consumo, saúde e de construção civil. O principal lançamento é destinado ao mercado de embalagens especiais e de alimentos, e traduz a preocupação da empresa em relação à sustentabilidade do planeta. Outra novidade será a solução PE-RT para o mercado de construção civil. Trata-se de um polietileno de alta resistência térmica, ideal para a distribuição de água quente e fria, que não transfere odor e sabor para a água. Para a área da saúde, será apresentada a família de polietilenos de baixa densidade Health, projetada para produção de sopro-enchimento-selagem (BFS). Estes polímeros vêm com uma notificação de mudança nas especificações, composição, localização de origem e descontinuação do produto, o que é muito relevante para a indústria de itens voltados à área da saúde. Em embalagens rígidas, serão exibidas as soluções para rotomoldagem, resinas organolépticas para tampas e bebidas mono e bimodais, e uma linha de polietilenos bimodais para moldagem por sopro. Já para embalagens especiais e de alimentos, os destaques serão as resinas para filmes de alto desempenho, de menor espessura, porém com barreira mais eficiente contra a umidade. O lançamento XB 81843.01 chega para atender à demanda por um filme com balanço entre rigidez e propriedades ópticas. Serão mostradas, ainda, as soluções para empacotamento automático, além da nova resina Dow LDPE 252E para filmes para etiquetas. Em relação a tubos, além da novidade PE-RT, será apresentado o portfólio de resinas de PE bimodal Continuum, para a produção de tubos de pressão, e a família Fingerprint, desenhada exclusivamente para irrigação agrícola. Para o mercado de embalagens industriais e de consumo, será levada à feira a resina para filme stretch Hood XUS 59999.02, que proporciona excelência mecânica, recuperação elástica, resistência à perfuração e ao rasgo, força e retenção de carga.

DUPONTPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

Serão apresentados pela divisão DuPont Packaging and Industrial Polymers os projetos voltados à reciclagem, com a resina DuPont Fusabond, vencedora do Prêmio Eco 2010, cuja tecnologia permitiu a recuperação de embalagens agrícolas e sua transformação em tubos rígidos e flexíveis, muito utilizados na construção civil, por exemplo. Esta resina se torna uma opção adequada para as empresas que serão responsáveis pela recuperação de suas embalagens, diante da aprovação da Política Nacional dos Resíduos Sólidos. Também será divulgado o DuPont Elvaloy, para modificação de PVC e voltado ao setor de construção. O produto melhora as características do perfil rígido do PVC, empregado no sistema construtivo Concreto-PVC, reduzindo a quantidade de modificador a ser utilizada e aumentando a resistência das casas e, consequentemente, sua vida útil. Com a resina DuPont Fusabond, é possível compatibilizar o composto plástico com a madeira, criando materiais com excelentes propriedades mecânicas e estéticas. A Divisão DuPont Packaging Graphics mostrará os diferenciais do seu sistema de impressão flexográfica DuPont Cyrel Fast, tecnologia para o processamento térmico a seco de chapas de fotopolímero usadas na impressão flexográfica. O equipamento dispensa o uso de solventes ou outras substâncias aquosas na preparação dos clichês, reduzindo em até 1 hora o tempo necessário ao procedimento.

ECOMASTER

O foco do estande da empresa durante a exposição estará voltado para sua mais nova linha ECOlogica de aditivos e compostos, que contribuem para a diminuição do impacto ambiental causado pelo descarte de produtos plásticos no meio ambiente. Ao todo são cinco versões: Econ e Ecolex, Eco Drier, Eco Clean, Eco Bio e Eco Flame Retardant. Econ e Ecolex são compostos de carga mineral natural que reduzem em até 20% o uso de resinas novas, baixando o custo final do produto acabado e contribuindo para diminuir a quantidade de material plástico exposto no meio ambiente, caso seja descartado de forma incorreta. O Eco Drier, aditivo absorvedor de umidade e gás, mostra-se ideal para transformadores que usam resinas pós-consumo (recicladas) ou aparas de sua própria produção, retirando a umidade e o gás do material, sem necessidade de aquecimento em estufa, aglutinação ou extrusão, eliminando etapas que aumentam o custo de fabricação. O Eco Bio é um aditivo oxibiodegradável para acelerar a degradação de materiais plásticos descartados na natureza de modo indevido. O aditivo retardante de chama não halogenado Eco Flame Retardant confere ao polímero característica antichama que, em caso de combustão, não emite gases tóxicos, estando, assim, de acordo com a norma internacional UL 94. Para atender às mais rígidas normas de atoxicidade, permitindo o contato direto com alimentos, a empresa oferece o Eco Clean, um aditivo antimicrobiano desenvolvido com base na nanotecnologia, cujo princípio ativo é a prata, capaz de deixar qualquer superfície plástica livre de contaminação e proliferação por fungos e bactérias.

ELEKEIROZ

A empresa marcará presença expondo sua tradicional linha de produtos e suas aplicações que englobam o ácido fumárico, para resinas poliéster, fenólicas e alquídicas, elastômeros, fungicidas e adesivos; o ácido sulfúrico, usado em fertilizantes, celulose, fabricação de detergentes e cosméticos, galvanoplastia e refinação de óleos minerais lubrificantes; ácido 2 etil hexanoico, empregado como estabilizante para PVC, na produção de plastificantes, na indústria farmacêutica e secante para tintas, entre outros; anidrido ftálico, com aplicações em plastificantes, resinas poliéster e alquídicas, corantes sintéticos, intermediários farmacêuticos; anidrido maleico, para plastificantes, resinas poliéster, alquídicas e maleicas, aditivos para óleos lubrificantes, inseticidas e fungicidas, e ácido fumárico; formol e concentrado ureia-formol, utilizado em resinas ureia-formol, melamínica e fenólica, e adesivos para madeira; plastificantes para PVC empregado na fabricação de calçados, fios e cabos, brinquedos etc.; além de álcoois e resinas poliéster.

ELETROTHERMO

Usará a feira como palco para lançar um secador e cristalizador de polímeros plásticos por meio do processo de irradiação por infravermelho, adequado para recicladores e consumidores finais. O equipamento pode processar, de modo contínuo, até 1.800 kg/h de flake de PET, com redução de umidade de 3.500 ppm para 50 ppm, em apenas uma hora, proporcionando redução de até 45% de energia.

EMATEC

Além dos materiais de consumo, tais como lâmpadas UV, blanquetas de impressão e plugues para termoformagem, a empresa reunirá algumas das suas representadas mais importantes. A Gabler Thermoform GmbH & Co., da Alemanha, fabricante de máquinas termoformadoras para a indústria de embalagens, especialmente as de alimentos, dará destaque à máquina Focus, para produção econômica de potes e tampas de PP e APET, atendendo às necessidades dos clientes de usar moldes econômicos com a tecnologia de múltiplas estações. Outro destaque da empresa será a M98, com tecnologia de mesa basculante acionada por servo, que permite alta produtividade e área de formação de 800 x 550 mm. A Hans Weber Maschinenfabrik GmbH, alemã, fabrica extrusoras e equipamentos downstream completos para linhas de extrusão de tubos e perfis plásticos, e para a transformação de matérias fibrosas, tais como o polímero-madeira. A gama de equipamentos compreende modelos de dupla rosca paralelas e cônicas, de monorrosca e com zona de alimentação ranhurada, além de coextrusoras. As extrusoras também podem ser oferecidas sob medida, de acordo com as necessidades do cliente. A SML Maschinengesellschaft, da Áustria, vai enfocar o mais novo desenvolvimento das suas linhas de filme stretch wrap, desenhadas para atingir produtividade de 3.300 kg/h, com largura de 4.000 mm (oito bobinas de 500 mm) e velocidade de até 750 m/min. Neste novo conceito de linhas stretch wrap, os bobinadores estão preparados para bobinar sem tubetes coreless e produzir bobinas para aplicação automática e manual. Outra atração da SML será a nova geração de extrusoras “High Speed” para linhas de filmes stretch e linhas de chapa com alta produtividade e eficiência energética. Outro destaque serão as linhas de filmes higiênicos – respiráveis, melt embossing e cloth like laminate, disponíveis com laminação em linha e estiramento monoaxial para produção de fraldas e absorventes higiênicos. A Van Dam, da Holanda, apresentará sua impressora de copos CQ 608M, que garante qualidade próxima à do IML (in mold label) em copos redondos cônicos. O equipamento foi desenvolvido para garantir troca de setup em menos de 20 minutos, e vários opcionais estão disponíveis para facilitar as trocas e a flexibilidade operacional. Agora, os tinteiros sem as regulagens micrométricas são monitorados pelo painel de operação da máquina. Serão divulgadas, ainda, na feira a linha MQ de impressoras para latas metálicas e a linha BQ de revestimento contínuo, recentemente apresentadas ao mercado pela Van Dam.

EMIC

A tradicional fabricante de máquinas universais de ensaios estará participando da exposição dando destaque à máquina monofuso DL-200MF, de 200 kgf de capacidade, e à DL-2.000, bifuso, dotada de 2.000 kgf de capacidade. A linha de máquinas universais de ensaios DL (Digital Line) supre as necessidades de ensaios até 1.000 kN de força e pode ser aplicada em todas as classes de materiais, como metais e ligas, polímeros, cerâmicas, compósitos, biomateriais e materiais avançados. Dotada de conceito eletromecânico, com acionamento através de fusos de esferas recirculantes, colunas-guia e servocontrole, a máquina atua em conjunto com um microcomputador. Os visitantes também poderão conhecer a linha de acessórios para ensaios em polímeros, como garras, dispositivos e extensômetros, assim como acompanhar a utilização do software Tesc. A ampla linha de acessórios compatíveis com a linha DL atende os mais frequentes ensaios destrutivos, como, por exemplo, tração, compressão, flexão, dobramento, cisalhamento, descolamento, adesão, coeficiente de atrito, rasgamento, flambagem, penetração e extração, entre outros.

ENGEL DO BRASIL

Serão expostos três equipamentos lançados recentemente, sendo duas máquinas injetoras e um robô. A injetora modelo EM 2440/280T E-cap, elétrica, foi desenvolvida para a fabricação de tampas, podendo atingir produção de 115 mil unidades/hora. Opera com unidade de fechamento rápido e ciclos de menos de 3 segundos e permite redução do consumo de energia elétrica em até 50%. O modelo Duo 2550/350 Pico, compacto, é dotado de execução de duas placas, opera com 350 toneladas de força de fechamento e ciclos em vazio muito curtos. O robô Viper 40, que estará montado na injetora Duo 2550/350 Pico, apresenta estrutura leve e robusta, composta de três ferramentas, de modo que permita a identificação do peso manipulado, adaptando a dinâmica dos movimentos às velocidades de aceleração otimizadas. Proporciona o controle de vibração e redução de sua própria vibração estrutural, mesmo com eixos longos, bem como o controle de eficiência, por meio da otimização de seus movimentos, para maximizar a produtividade e minimizar o consumo energético.

EVONIKPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

Os visitantes poderão conferir a linha de polímeros de alto desempenho composta por materiais customizados, sistemas e produtos semiacabados baseados em poliamidas 12 e 6.12, poliamida 12 em pó, poliamidas 6.10 e 10.10 produzidas com matérias-primas de fontes renováveis, poliamidas transparentes, copoliamidas (COPA), poliamidas elastoméricas (PEBA), PBT, poliéter-éter-cetona (PEEK) e chapas de PMMI, além de outros polímeros utilizados na substituição de metais e em aplicações de temperatura muito elevada, como o PEEK e as poliftalamidas (PPA) PA6T e PA10T, esta última obtida de matéria-prima de fontes renováveis. Também serão apresentados polímeros acrílicos (PMMA), para injeção ou extrusão de peças, bem como a linha de semiacabados, tais como chapas, tubos e tarugos acrílicos, voltados aos setores automobilístico, óptico, médico-hospitalar, aeronáutico, eletrônico, arquitetura e decoração, comunicação visual e iluminação, pois oferecem elevada resistência a raios ultravioleta, não amarelam e têm alta transparência e brilho. A empresa levará à feira, também, pigmentos negro de fumo, incluindo alguns específicos para o contato com alimentos, em conformidade com as normas da Food and Drug Administration (FDA), aditivos, masterbatches, sílicas precipitadas, agentes fosqueantes, catalisadores e silanos organofuncionais.

EXTRUSÃO BRASILPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

O público terá a oportunidade de conhecer as novas extrusoras dupla roscas paralelas, com relação L/D 1:32 e multiacionamento realizado por meio de dois motores controlados por inversores de frequência, próprias para a produção de tubos e perfis de PVC. A linha de fabricação da empresa também inclui outros tipos de extrusoras, tais como monorrosca, dupla rosca corrotante, além de conjuntos completos para extrusão de tubos, perfis, laminados, granulação e monofilamentos, entre outros produtos.

FCC

Apresentará em primeira mão o Fortiprene TPE Verde, constituído de até 50% de material de origem renovável. Totalmente reciclável, sua funcionalidade e demais propriedades mecânicas e físicas são similares aos demais produtos convencionais disponíveis no mercado. Pode substituir os TPEs tradicionais em todas as aplicações, tais como peças feitas de borracha vulcanizada, utilidades domésticas, cabos de ferramentas e utensílios, peças de vedação automobilísticas, brindes e brinquedos, entre outras. Dará destaque, também, à linha completa de elastômeros termoplásticos dinamicamente vulcanizados à base de PP/EPDM (TPVs), desenvolvida com tecnologia nacional.

FCSPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

Há mais de 15 anos no Brasil, a fabricante de injetoras de Taiwan usará a feira como palco para lançar duas injetoras, uma com tecnologia de servomotor e outra dotada de bomba variável e comando europeu. A série HN, com servomotor, propicia economia de até 80% de energia, realiza ciclo semiclose loop, permite repetibilidade de ciclo e funciona com precisão volumétrica de dosagem. Atua com contrapressão em semiclose loop proporcional, possui comando Automata e tem articulação de cinco pontos, dispondo de programa para tampa fria, pré-avanço do fechamento, câmara quente com 48 canais, extração repetitiva e parada intermediária para extração. A série K vem equipada com bomba de vazão variável eletrônica, garantindo a repetibilidade e a precisão no processo de moldagem, e proporcionando ciclo close-loop em todas as funções hidráulicas. Inclui comando Automata de última geração, atua com articulação de cinco pontos e injeta com duplo cilindro equalizado e acionamento da rosca direto, com rendimento otimizado. Fora os dois lançamentos, a empresa apresentará injetoras horizontais de 30 a 3.500 toneladas (FCS), bicolores, de ciclo rápido e movidas a gás, para processar PET, BMC e termofixos. Mostrará, também, injetoras verticais de 15 a 500 toneladas (TKC), que incorporam mesas planas e rotativas e podem realizar injeção vertical e horizontal. Além disso, colocará em exposição uma sopradora (Kai Mei), com capacidade de 30 ml a 220 litros, e robôs e manipuladores (Tenso), para injetoras de 30 a 4.000 toneladas.

FLEXO TECHPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

Sempre atenta às movimentações do mercado, a Flexo Tech, desenvolveu a nova geração de impressoras Access Premium Gearless, com projeto moderno e inovador. A máquina embute tecnologias que reduzem significativamente os tempos de setup, permitindo altas velocidades de trabalho vinculadas à alta qualidade de impressão. Os equipamentos estão disponíveis em versões para imprimir de 6 a 8 cores, com larguras que variam de 800 a 1.400 mm. Possuem rede de alta performance (profibus) para comunicação entre os equipamentos, permitem troca automática de entrada e saída, bem como troca lateral de camisas anilox e porta-clichês, e alojam alinhadores eletrônicos. Apresentam doctor blade com sistema de fixação das lâminas por meio de ímãs, desenvolvem velocidade mecânica de 350 m/min e contam com sistema de armazenamento de dados de um pedido e sistema de pré-registro e pré-formato. A empresa oferece serviços de assistência técnica a distância via Ethernet, bem como outras configurações de máquinas de acordo com a necessidade e característica de cada convertedor. A nova geração de impressoras admite a instalação de acessórios como sistemas automáticos de lavagem, controle automático de viscosidade da tinta (viscosímetro) e sistemas de gerenciamento de impressão integrados com a máquina.

FORTYMIL

A empresa levará à exposição algumas novidades em termos de melhorias no desempenho dos compostos e recuperados na linha de injeção e extrusão de filmes tipo blow, o que resultará em ganho de produtividade e desempenho mais próximo ao da resina virgem. Os participantes também poderão conhecer a linha completa de compostos virgens e recuperados de PP, PE, ABS e PS, naturais e coloridos, produtos voltados aos mercados automotivo, agrícola, de brinquedos, construção, eletroeletrônicos, eletrodomésticos, higiene e limpeza, utilidades domésticas etc.

FRIOTECPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

Equipamentos para controle térmico industrial, totalmente adaptados para os mais variados processos, estarão expostos no estande da empresa, com destaque para uma unidade de água gelada de operação silenciosa. O equipamento foi projetado com inovação e tecnologia, em parceria com empresas multinacionais presentes no Brasil.

FURNAX

O grupo estará presente com alguns equipamentos de tecnologia de ponta. A injetora SM-900V de duas placas tem como principal vantagem a economia de energia por meio de seu motor IPM, sendo ideal para aplicações em que há variações de velocidade. O equipamento oferece alto rendimento e baixo nível de ruído. Além disso, aloja uma econômica bomba de 22 kW atuando com cinco servomotores e opera auxiliado pelo sistema closed-loop. Apresenta formato compacto, pois seu sistema de fechamento não possui braçagem, ocupando assim espaço menor que uma máquina comum de mesma tonelagem. Além disso, permite aumentar a sua altura do molde e pode acoplar matrizes que só caberiam em uma máquina de braçagem superior. O modelo MJ-35, compacto de alta repetibilidade, é adequado para injetar pequenas peças e corpos de prova. Possui painel Ai-01 (versão em português) de fácil manuseio, desenvolvido no Japão e atende aos padrões de aceitação JIS. Incorpora painel de comando com monitor LCD colorido e resolução de 320 x 240 megapixels, e permite o armazenamento de dados por mais de cinco anos, mesmo com a energia desligada, para garantir segurança e confiabilidade. A máquina injetora EM-180, da série Easymaster, prima pela economia de energia (bomba de vazão variável), precisão e velocidade. Tem o painel de comando Ai-11 (versão em português), para fácil manuseio e entendimento do controlador, o qual apresenta dados de monitoramento de temperatura, tempo de ação e dados do produto sob a operação automática, movimento e ações de operação da máquina. O modelo SM-200TSV, de alta velocidade, opera auxiliado por cilindros de nitrogênio e seu motor IPM proporciona economia de energia, sendo apropriado para aplicações em que há variações de velocidade, alto rendimento e baixo nível de ruído. A máquina é dotada de válvulas Moog, que garantem alta precisão em seus movimentos.

GNEUSSPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

Três tipos de tecnologia serão expostos no Anhembi este ano. Um deles é a extrusora MRS, para o processamento de PET sem a pré-secagem, utilizando um sistema de vácuo simples de 25 a 45 mbar, com bomba de anel líquido. O equipamento é baseado em uma extrusora monorrosca convencional, cuja seção de rotações múltiplas (MRS) é um tambor contendo oito roscas satélite simples, acionadas por uma transmissão de coroa e pinhão. Os cilindros cavados no tambor possuem abertura de 30%, para possibilitar a exposição ideal do material. A tecnologia de filtração da empresa será apresentada por meio dos sistemas de filtração rotativa de massa RSFgenius, dotados de novos padrões em relação ao consumo de energia e a níveis de limpeza de material refugado – estão equipados com um sistema de limpeza de comando eletrônico. Produzidos com a geometria do canal de massa otimizada, os sistemas possibilitam aumentar entre 30% e 40% a área de filtração dos modelos RSFgenius 75, 90, 150, 175 e 200. Uma completa linha de transdutores de pressão de massa representarão a área de tecnologia de medição da Gneuss na Feira. Os instrumentos utilizam o fluido sem mercúrio, procedimento que estabeleceu novos padrões em relação à segurança ambiental. Além deste, a empresa exibirá o sistema de monitoramento de pressão de extrusão (EPM), bem como seus transdutores de pressão de massa e demais instrumentos voltados aos crescentes requisitos europeus relativos à proteção contra a sobrepressão de extrusoras.

GRUPO NZPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

Estará participando do evento com duas empresas. Pela NZ Cooperpolymer, apresentará aos visitantes poliamida 6.0/6.6/11/12, poliacetais copolímero e homopolímero, polipropileno (PP), poliestireno (PS), polietileno (PE), ABS, ABS/PC e ASA, resinas utilizadas em segmentos diversos. Pela NZ Philpolymer, mostrará a extrusora monorrosca tipo cascata para filmes, fios e tecidos plásticos com troca de tela hidráulica, em funcionamento e disponível para a realização de testes em materiais. A máquina realiza moagem, possui alimentação para funil por meio de Venturi e funil com alimentação forçada. Aloja cilindro com degasagem (saída de gases e umidade) e acopla banheira de resfriamento, secador de fios plásticos (espaguete), silo ensacador, granulador e peneira vibratória para classificação de granulados plásticos. Opera com cabeçote dotado de troca de tela hidráulica para filtragem, no 1º estágio, e com troca de tela hidráulica para estabilização de processo e filtragem, no 2º estágio. Realiza extrusão de fios, filmes e tecidos termoplásticos, podendo, também, ser usada para reciclagem de materiais.

HAITIAN

Equipamentos de maior eficiência energética constituem o foco desse expositor oriundo da China, com subsidiária no país, que escolheu, por conta desse atributo, dois modelos da série Mars como destaque de seu estande: as injetoras Mars 6000 e Mars 2500. Não à toa, as máquinas mais vendidas pela fabricante asiática, que estima mais de 30 mil delas ao redor do mundo. A Haitian também ressalta tecnologia patenteada embutida na linha Mars Eco, outro sinônimo de operação com consumo reduzido de energia. De acordo com a fabricante, essa série de equipamentos, com forças de fechamento desde 600 até 10.000 kN, tem preço cerca de 50% menor em relação às máquinas com padrão de qualidade europeias.

A empresa também aproveitará a ocasião para exibir equipamentos totalmente elétricos, destinados a aplicações de alta precisão, da série Venus, desenvolvidas pela sua subsidiária alemã Zhafir Plastics Machinery GmbH. Modelos de nova geração da série compuseram a exposição da empresa na última megafeira K, no final do ano passado. Quem passar pelo estande da Haitian na Brasilplast poderá conferir a Venus 1500, equipada com unidade de injeção de alta velocidade, projetada para ciclos rápidos.

HDB REPRESENTAÇÕESPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

A empresa apresentará as linhas de sua ampla lista de representadas. Da Exacta Injection Blow, divulgará as sopradoras Exacta 30, 45 e 60 toneladas, destinadas à produção de frascos de 5 a 500 ml de PE, PP, PS e SAN em múltiplas cavidades. Terá como foco da Hasco os porta-moldes, a linha completa de acessórios, câmaras quentes e sistemas de extração, entre outros. Dará ênfase à Herzog com seus bicos valvulados, filtrantes e dotados de homogeneizadores especiais para injetoras de todos os tamanhos, para atender às mais diversas necessidades do transformador por injeção de termoplástico, borracha e LSR. A Farragtech será destaque com o desumidificador de matérias-primas técnicas higroscópicas, como o PET e outros polímeros, utilizando somente ar comprimido, tecnologia que requer pouco consumo de energia. O equipamento possui painel inteligente que analisa a quantidade de material a ser seco e controla a quantidade de potência necessária para cada processo, entrando automaticamente em stand-by quando não houver matéria-prima a ser desumidificada. Apresentará também, da mesma empresa, os equipamentos de sopro de ar frio, destinados à redução do tempo de resfriamento no processo de sopradoras, desenvolvidos e adaptados para cada processo e produto. Divulgará o limpador de cilindros de injetoras, sopradoras e extrusoras, material não agressivo, que pode ser purgado e reutilizado da Plastoclean. Já da GWK serão exibidos os termorreguladores compactos de diferentes tamanhos, e da Sulzer, os homogeneizadores estáticos para materiais plásticos processados em injetoras, sopradoras e extrusoras. A Movacolor terá como foco os dosadores gravimétricos e volumétricos para masterbatch, microesferas e líquidos, enquanto a Novapax será representada com sua solda fria a laser e TIG, e seus sistemas de polimento. A HB-Therm, com seus termorreguladores de alta precisão para indústria de plástico e elastômeros; a linha de aditivos para reduzir os ciclos de processos plásticos em até 35% da MJ Additive; e a Haidmair, do segmento de ferramentaria especializada em caixaria, contêiner e peças automotivas, que fornece moldes de até 25 toneladas, complementam a ampla gama de empresas representadas no estande da HDB.

HIGH TECH EXTRUSION

Dará ênfase à linha de extrusão de dupla rosca paralela Omnia, composta por cinco modelos, caracterizando um novo conceito em máquinas dotadas de tabela de calibração e combinação haul-off/guillotine. Baseada na renomada Theysohn extrusoras, a empresa apresentará, também, uma gama de extrusoras Theysohn-Torque-Master, que se destacam devido à sua melhor performance e eficiência energética. Disponíveis em cinco classes de desempenho, com diâmetros de rosca dupla de 74 a 137 milímetros e comprimentos de 28 e 32D, as máquinas são empregadas para cobrir perfis de PVC e tubos, com capacidade de produção de 1.480 kg/h. A instalação das máquinas garante economia de energia, graças ao isolamento de aquecimento do cilindro, à integração dos seus ventiladores axiais, ao uso de bombas de frequência controlada no sistema de vácuo e ao ciclo da água fechado na tabela de calibração, o que minimiza a contaminação do resfriamento da água. Tudo isso com o propósito de aumentar a qualidade da superfície do perfil e minimizar o volume de sucatas do material plástico. Cadeias de lubrificação permanente no haul-off impedem que o perfil seja contaminado por óleo, e uma lâmina especialmente montada na guilhotina da extrusora foi projetada para impedir a quebra da lâmina. O equipamento conta, ainda, com sistema de troca rápida de ferramentas.

HUDSON SHARPPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

A fabricante de máquinas de embalagens flexíveis, que desde 2009 é integrante da Thiele Technologies, do grupo Barry-Wehmiller, quando o grupo passou a deter também os direitos e desenhos das máquinas Ro-An, ampliando seu leque de produtos, apresentará sua ampla linha de equipamentos. Estarão em exposição alguns lançamentos, tais como máquinas para solda lateral e solda fundo, nas larguras de 750 a 1.600 mm, modelos R0-Na; e asmáquinas Wicketer, para embalagens de pão e fraldas, dotadas de servomotor no cabeçote modelos R0-An. Também serão lançadas as máquinas pouch, nas larguras de 750 – 600 mm, para três soldas / stand pouch e quatro soldas com fundo colado e dobrado.

INBRA

O evento será palco para a exposição de estabilizantes térmicos sólidos e líquidos, das linhas Plastabil e Markstab, principalmente à base de cálcio e zinco, destinados a formulações de compostos de PVC. Também serão apresentados os óleos de soja e de linhaça, ambos plastificantes das linhas Drapex e Inbraflex, empregados nas formulações de compostos de PVC flexíveis. Os plastificantes dioctil ftalato, dioctil ftalato e di-isoamil ftalato aditivados, da Linha Inbracizer; os estearatos metálicos, e os agentes expansores da linha Planagen, utilizados em formulações de compostos de PVC para produção de laminados espalmados, compostos de EVA e em injeção de poliolefinas, completam a linha de produtos que irão compor o estande da empresa.

INCOEPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

Estarão em destaque as melhorias no programa de câmara quente Direct-Flo Gold e no sistema integrado de câmara quente, ambos eficazes para moldes de múltiplas cavidades, tais como o filamento germinado das resistências, o alojamento de bicos controlados termicamente, para proporcionar alta qualidade do ponto de injeção na peça, e os vários outros elementos de proteção para garantir a montagem e o funcionamento seguro. A empresa oferece 14 opções de ponteiras e novos tipos de diretores de fluxo, agora com cobertura para elevar a resistência ao desgaste e ampliar a flexibilidade das aplicações. Os insertos facilitam a usinagem do alojamento no molde e possibilitam a refrigeração na área do gate. As soluções para os problemas de troca de cor, como Incoe Color Seal, também serão o foco no estande. O Incoe Multi-Tip é uma solução econômica para peças de dimensões reduzidas que, antes, usavam parcialmente o canal frio e agora podem ser injetadas totalmente com a bucha Multi-Tip. Entre os periféricos para injetoras, será exposto o filtro homogeneizador e o bico extensor, assim como o controlador de temperatura multizona Microcom, para câmara quente, com precisão de controle de 0,5ºC, e o controlador sequencial que monitora a injeção sequencial e cuja abertura das válvulas se dá por tempo ou posição da rosca.

Plástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: DivulgaçãoINEAL

Novidades em equipamentos para extrusão, que serão produzidos no país em parceria com uma empresa estrangeira, serão o destaque durante a exposição. Também será apresentada a linha tradicional da empresa, com algumas inovações em termos de design e tecnologia, que visa à otimização energética e ao atendimento dos mais variados processos. A linha SDI é composta por desumidificadores dotados de secagem regulada individualmente no silo, no intuito de propiciar flexibilidade e economia de energia. Os secadores da linha SA possuem alimentação do silo incorporada, utilizando motorização única para secagem e alimentação da matéria-prima. Esta linha conta, agora, com novo controlador de temperatura para identificar anomalias do processo, interrompendo o ciclo e evitando a perda de materiais. No estande também estarão expostos moinhos de baixa rotação e sistemas de alimentação e dosagem.

INTERMARKETING BRASIL

Empresa de representação, a expositora estará divulgando diversos equipamentos e matérias-primas. Da Macro Engineering, do Canadá, cujas atividades são voltadas para sistemas de coextrusão, serão apresentadas uma máquina de extrusão plana (cast) de sete, nove e 11 camadas (aplicação para alta e média barreira); uma sopradora para sete e nove camadas (aplicação para alta e média barreira); a nova linha de extrusora para filme cast – CPP (aplicação para cinco e sete camadas); e a nova linha de extrusora para filme stretch – nanolayer (até 32 camadas). Divulgará, ainda, as seguintes linhas da Macro Engineering: Double Bubble, composta de PA (para tripas monocamadas “casing”); PA e EVOH para estrutura de sete camadas (para tripas e carnes frescas); PVDC monocamada para tripa salsicha retort; para aplicações de sacos encolhíveis tipo shrink de até sete camadas; e linha cast especial para PVB (aplicação em vidros laminados), para EVA (aplicação em painéis solares). Da Erema, austríaca, será apresentada a linha TVE Plus para reciclagem de materiais, que oferece alta capacidade de filtragem devido à redução de cisalhamento e funciona com degasagem tripla, realizada com sistema compactador Erema. O equipamento conta com o sistema Ecosave, para reduzir em até 10% o consumo de energia; pode acoplar opcionais como o disco duplo, viabilizando o processamento de materiais com até 12% de umidade, e o módulo air flush, para melhorar a secagem e aumentar a produção em kg/h, com menor consumo de quilowatt/h. Ainda da Erema, será divulgada a divisão Vacurema Sistemas bottle to bottle nas opções básica, advanced e prime, que funciona com até dez pontos de aumento de IV, em processo contínuo e por batelada, oferecendo maior eficácia de limpeza do flake. O equipamento opera com nível de AA (acetaldeído) em pellets menor do que em PPP e possibilita a obtenção de menor custo de conversão do flake ao pellet BTB cristalizado, com IV idêntico ao virgem (entre 0,25 – 0,29 Kwh/Kg). Possui aprovação para contato direto com alimento pela US FDA (categorias C-H+J Áustria, Canadá, Brasil (Anvisa), Argentina, Uruguai, Paraguai, podendo ser utilizado em indústrias de alimentos e bebidas. Da Elecster, da Finlândia, serão divulgados equipamentos para produção de pouches assépticos flexíveis de alta barreira para leite longa vida. A empresa fornece desde esterilizadores (por raios ultravioleta e peróxido de hidrogênio) e envasadoras assépticas, até equipamentos automáticos auxiliares de embalagem. Alta precisão no nível de enchimento. A Welex, americana, fabricante de equipamentos de extrusão de alto rendimento para a fabricação de chapas plásticas, marcará presença com o foco em extrusoras, coextrusoras, bombas de engrenagem, sistemas de corte e acessórios para automatização de processo, incluindo sistemas com microprocessadores de última geração, banhos antiestáticos, sistemas de resfriamento e peletizadores, entre outros, além de sua linha Welex Mark I (com rosca de 30 mm a 90 mm), indicada para ampla variedade de produtos, e a versão Mark III de extrusoras de alto desempenho, dotadas de roscas de 65 mm a 250 mm, desenvolvidas para variadas aplicações. Todas as extrusoras e coextrusoras da Welex são fornecidas com feedblock modular. A Wilmington Machinery, dos Estados Unidos, colocará à disposição dos visitantes máquinas de sopro contínuo para produção máxima de 800 frascos de 60 ml por minuto e injetoras de peças de plásticos estruturais para grandes volumes. Já a GN Thermoforming Equipment, canadense, dará destaque à sua nova série de termoformadoras com diversas combinações de área de termoformagem. As máquinas são equipadas com um sistema mais compacto de movimentação do laminado, por meio de dois servomotores, e incorporam um sistema de aquecimento por infravermelho de 60 zonas regenerativo para conservação de energia, além de uma estação de manuseio do produto final por robô. Também de  design inovador, a GN vai apresentar a série DX com sistema Dual Mould, dotada de duas estações de termoformagem capazes de atingir 35 ciclos por minuto. O equipamento é indicado para a produção de banheiras, porta-ovos, embalagens de iogurte e sorvetes, tampas e outras diversas aplicações. Esta série inclui estação de empilhamento robotizada e diagnóstico de defeito contínuo via internet. A série TM, também da GN, é compacta, versátil, econômica e vem equipada com seu próprio sistema de empilhamento, ideal para a produção de tampas, potes e outros pequenos recipientes. Opera com molde de peso reduzido, o que diminui o tempo de set-up e, dependendo do material processado, a produção horária pode alcançar 24.000 peças/hora. A Irwin Research & Development, dos Estados Unidos, especializada em desenvolver equipamentos de termoformagem específica para produção de copos, bandejas e embalagens sólidas e expandidas em PP, PS (rígido e expandido), CPET (rígido e expandido) e PET, divulgará nove modelos de termoformadoras, granuladores e equipamentos auxiliares, além da prestação de serviços de construção de moldes.

O expositor representa, ainda, diversas empresas japonesas na área de insumos, como o grupo Kuraray, do Japão, reconhecido por suas resinas de EVOH (marca Eval), de altíssima resistência química aos solventes mais agressivos, além de barreira a aromas e sabores. A empresa japonesa oferece contato direto com seu centro de pesquisas nos Estados Unidos, com sugestões de estruturas para atender às necessidades específicas dos clientes. O fabricante destaca o seu EVOH em aplicações como pouches e chapas termoformadas. Outras novidades ficam por conta do filme para laminação, desenvolvido para tampas de bandejas termoformadas e pouches que serão submetidos a processos de esterilização de 120ºC por uma hora; de linha especial para alto índice de orientabilidade para produção de sacos encolhíveis e linhas de BOPP; e linha especial com modificador de impacto para embalagens destinadas a produtos perigosos que precisam resistir a testes de impacto sob temperatura de -18ºC. A família se completa com resinas de purga (ETC 103) e auxiliadora de processo para reciclados de estruturas multicamadas (GF30), esta última com ação química e mecânica que homogeneíza, evita incrustações e estabiliza termicamente, evitando pontos de degradação. O grupo Kuraray ainda constará da exposição com linhas de polióis poliéster de base 3-Methyl-1,5-Pentanediol, de vários pesos moleculares; filamentos de poliéster aromático; e borrachas termoplásticas estirênicas, entre outros produtos.

De outro parceiro japonês, a Mitsui Chemicals, destaca-se um novo grade da família de resinas adesivas baseadas em tecnologia de anidrido maleico (marca Admer), que possibilita adesão entre resinas polares e apolares. Trata-se de novo adesivo para embalagens com estrutura multicamadas, de base PE com resistência a processos assépticos até 85ºC, termoformagem, encolhimento e blenda com masterbatches de cor. Ainda da Mitsui, apresentará novos grades de sua família de resinas de base copolímero olefínico (marca Tafmer).

Masterbatches e compostos de alto desempenho da Krafit, de Israel; polietileno reticulado da Silon, da República Tcheca; e primers e vernizes da alemã Mader completam a exposição da Intermarketing.

INVISTA

A multinacional, produtora global de intermediários químicos, polímeros de náilon 6 e fibras, participará pela primeira vez da feira, marcando sua entrada oficial no setor de plásticos sul-americano e a expansão de seus negócios no mercado de plásticos de engenharia na América do Sul, com atenção especial para o Brasil. Os visitantes terão a oportunidade de conhecer a carteira de produtos da empresa, com mais de dez diferentes tipos de polímeros. Com uma unidade de produção local na Argentina, a multinacional é capaz de atender à demanda regional e tem como foco o desenvolvimento dos grandes consumidores da indústria automotiva, de eletroeletrônicos e de bens de consumo. A empresa já apresenta uma história consolidada no segmento de fibras, sendo detentora de marcas como fio Lycra, Supplex, Tactel, tecido Cordura e a fibra de carpete Antron, com operações industriais bem estabelecidas no Brasil e na Argentina.

ITATEX

A tradicional produtora de especialidades minerais aproveitará a oportunidade para apresentar ao mercado novas linhas de produtos, como a Itasilex 3000, de carbonato de cálcio revestido com ácido graxo. O produto maximiza a passagem de vapor d’água em filmes de polietileno de baixa densidade linear por promover a formação de cavidades em filmes estirados, e atua também como fosqueante em blendas PVC/NBR para mimetizar o aspecto de borracha. A fabricante ainda lançará três versões comerciais de argilas organofílicas (família Itagel) para produção de nanocompósitos com poliolefinas e termofixos (resinas epóxi, poliéster, fenólicas). Além dessas novidades, a empresa destacará sua família de hidrosilicatos de alumínio ultrafinos (família Saca), para ação antiblock em filmes termoplásticos finos para embalagens flexíveis; de hidrosilicatos de magnésio micronizados (Itatalc) para atuar como reforço no polipropileno, e ainda, desmoldante, fosqueante e promotor de cristalização; além dos silicatos de alumínio calcinados (famílias Sac e Itasac), aplicados como fosqueante, para melhorar a estabilidade dimensional e como pigmento extensor de titânio, carga dielétrica e barreira térmica. Em filmes de policarbonato, o aditivo reduz o atrito estático ao incorporar proporções diminutas de 0,1 partes por 100 partes de resina.

JMB ZEPPELINPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

As mais recentes soluções em manuseio de sólidos da empresa serão levadas à feira este ano. Terá destaque, entre outros, umabalança, fabricada com corpo metálico de alumínio ou aço inox ou, ainda, com manta flexível. Pode ser empregada em processos de produção de compostos plásticos, sendo abastecida por transporte pneumático ou por gravidade, por meio de roscas dosadoras, e foi projetada no tamanho desejado para diversos produtos, com diferentes características de escoamento. Outro componente será a unidade de descarga de contêineres (CDU), utilizada para descarga de vários tipos de produtos em pó ou granulado, de contêineres, pequenas moegas, big-bags ou sacos, assim como para alimentação de sistemas de transporte pneumáticos.

Plástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: DivulgaçãoJONIX

Apresentará em primeira mão, no segmento de dosadores, um equipamento volumétrico que dispensa calibração e oferece mais precisão no processo. Colocará em exposição, também, suas linhas de equipamentos para controle de câmara quente, dosagem e alimentação, e demonstrará as séries 850 e S8000 de controladores de câmara quente modulares, estes últimos aplicáveis a um grande número de zonas, dotados de painel touchscreen e simples de operar. Poderão ser conhecidos, ainda, os dosadores gravimétricos para até seis componentes, da linha DGX, construídos de aço inoxidável e que podem ser utilizados em processos de reciclagem.

KAL INTERNACIONAL

Exibirá as impressoras serigráficas automáticas da Werner Kammann, equipamentos de alta produtividade destinados ao mercado de embalagens plásticas e de vidro, para decoração de produtos cilíndricos, ovais, planos e cônicos, como frascos, copos, potes, garrafas, tampas e outros similares. As máquinas podem imprimir de uma até dez cores, com capacidade para processar entre 1.000 e 12.000 frascos/hora, e operam principalmente com tintas de cura UV. Apresentará, também, a nova série de impressoras automáticas CNC para todos os tipos de embalagens plásticas e de vidro. Além disso, colocará à mostra a ampla gama de sopradoras injection-blow, que podem operar com todo tipo de termoplásticos, destinadas ao mercado de frascos farmacêuticos e cosméticos, roll-ons de uma peça só, potes e outros.

KENT DO BRASIL

O conceito de sustentabilidade na tampografia (Green Pad Printing) ou tampografia verde será o destaque no estande da empresa, vencedora do Prêmio Internacional “Green Pad Printing System”, um inovador conceito de tampografia com uma série de novas características “verdes”, resultantes de novas tecnologias e características sustentáveis. O resultado é um processo tampográfico mais limpo e menos agressivo ao meio ambiente. A “tampografia verde” é composta por cinco elementos: tinteiro ecológico selado, capaz de reduzir o consumo de tinta e do solvente para limpeza em até 90%; clichê ecológico, que elimina os produtos químicos altamente agressivos ao meio ambiente, utilizado para efetuar a revelação das placas; KCTP, tecnologia laser “compute to plate”, para gravar os clichês direto do computador, sem necessidade de fotolito e corrosão química; tinta UV, com 75% menos solvente, um elemento importante deste processo, pois reduz o consumo e a evaporação de solvente no meio ambiente e cuja secagem é feita por meio de exposição à luz ultravioleta; e impressão verde, ou seja, máquinas que consomem menos energia elétrica, sem prejuízo dos níveis de qualidade e produtividade.

KIE MÁQUINAS

Às vésperas de completar 25 anos no mercado, a empresa apresentará como novidade a extrusora com sistema de cascata e corte na cabeça. Mostrará, também, parte das máquinas que fornece, como moinhos, secadoras, granulador e extrusora tradicional. Além destes equipamentos, oferece linhas completas de reciclagem de plásticos e coloca à disposição seu departamento de vendas, apto a acompanhar a implantação de linhas de reciclagem desde seu início, passando pelas fases de desenvolvimento, layout, fluxograma até o teste final.

KIEFELPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

Terá destaque no estande da empresa a nova Speedformer KMD 80, uma máquina termoformadora para a indústria de embalagens, cujo conceito possibilita a recuperação de energia e, consequentemente, menor consumo energético, assim como velocidade operacional de até 65 ciclos/minuto, diminuição do consumo de material, devido à utilização otimizada da área de moldagem e um sistema inovador de transporte de filme. Será lançado, também, para a área específica de máquinas inclinadas (termoformadoras para copos), um novo sistema de empilhamento livre de desgaste e qualificado para alimentos, o qual pode ser integrado a máquinas já existentes e que alcança a velocidade de 45 ciclos/minuto. Outro destaque serão os novos sistemas integrados CIP/SIP de enchimento para bolsas de sangue e infusão, oferecidos tanto em unidades individuais como para serem integrados em linhas de produção automatizadas. Estarão expostas, ainda, as máquinas termoformadoras para a indústria de refrigeradores, que aliam a nova tecnologia de termoformagem e corte integrado e funcionam com ciclo de 12 segundos.

KÖRPERPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

Estará relançando as linhas de chillers e termorreguladores, que tiveram seus designs modernizados e agora estão mais compactos e robustos. A linha de resfriadores de líquidos (chillers), adequada para pequenos espaços, utiliza componentes de fabricantes como a Danfoss e aloja compressores do tipo Scroll. Opera com condensação de água ou ar e possui centrais de bombeamento para dar suporte ao seu mecanismo de funcionamento, as quais operam em substituição ao reservatório de água. A linha de termorreguladores foi remodelada e passou a ter estrutura com medidas consideravelmente reduzidas, composta por gabinete, bomba e tubulações de aço inoxidável, oferecendo maior resistência e modernidade ao usuário. Além disso, o novo modelo realiza a drenagem dos moldes pó meio de ar comprimido.

Plástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: DivulgaçãoKRAUSSMAFFEI

Dois novos equipamentos prometem atrair os holofotes para o estande dessa tradicional fabricante europeia. Trata-se daextrusora dupla rosca contrarrotante KraussMaffei Berstorff KMD 90-36 E/R e da injetora totalmente elétrica KraussMaffei AX 180-750. Além dos lançamentos, a expositora aproveitará o ambiente da feira para comemorar os dez anos de atuação da sua subsidiária brasileira, com forte participação nos países sul-americanos em mercados como o automotivo, de embalagens e de eletrodomésticos. A série AX se destina em especial à fabricação de componentes eletroeletrônicos e de autopeças. A ênfase desses modelos fica por conta da alta eficiência produtiva e elevada repetibilidade. Contribuem para o desempenho dessas máquinas o projeto aperfeiçoado de dupla alternância, servomotores eficientes e o fácil acionamento de seus sistemas mecânicos. De acordo com estimativa do fabricante, os modelos AX propiciam economia de até 60% no consumo energético em comparação com máquinas hidráulicas.

Na área de extrusão, o conceito otimizado de roscas confere flexibilidade ao processo para todas as formulações disponíveis comercialmente de tubos de PVC. A extrusora dupla rosca 36D possui geometria de rosca de alta performance (HPG), apropriada para diversas tecnologias de tubos de PVC (como PVC expandido, entre outros). O equipamento dispõe de uma zona de pré-aquecimento mais longa, sinônimo de maior flexibilidade para processar uma variedade maior de formulações. A nova extrusora também possui uma zona de transporte e plastificação igualmente mais longa, o que assegura maior estabilidade de processo, além de um desenho de rosca que possibilita reduzir de modo significativo as alterações de processo na produção de formulações com alta concentração de carga. O equipamento ainda propicia aumento de produtividade da ordem de 10%.

KRÜTH DO BRASIL

A empresa colocará em exposição seus trabalhos de texturização, gravação e polimento. Em texturização, serão apresentados exemplos de texturas de couro e madeira, que modificam a aparência de produtos sintéticos, dando ao plástico um apelo “natural”, além de ajudar a minimizar os defeitos de moldagem como junta fria e marcas de fluxo, entre outros. Trabalhos envolvendo gravações de logotipos, marcas, datadores, identificadores, símbolos, desenhos etc., mesmo em superfícies irregulares, também serão apresentados. A expositora ainda levará à feira amostras de serviços de polimento, realizados com o uso de aparelhos de ultrassom, além de equipamentos convencionais, incluindo desde trabalhos simples, como remoção de marcas de usinagem ou erosão até polimentos espelhados com pastas diamantadas. Outro produto da empresa é o Porcerax II, um aço-ferramenta com poros de 3 a 7 µm e dureza de 39 HCR.

KURZ

Apresentará várias novidades, além das tradicionais fitas hot stamping metalizadas, pigmentadas e escovadas com centenas de padrões, cores e características técnicas diferentes. A empresa mostrará aos visitantes a linha Multitecc Laminates de filmes laminados com fitas de diversos padrões, os quais podem ser usados em IML (in mold labeling), com adesivos hot melt ou, ainda, com a utilização de fitas adesivas dupla face, abrindo novas possibilidades de aplicações que se estendem desde eletroeletrônicos, eletrodomésticos, utilidades domésticas até embalagens de cosméticos. Em paralelo, colocará em exposição o processo insert molding, tecnologia derivada do hot stamping que permite acabamento e decoração de superfícies em três dimensões, muito usada em aplicações no interior de automóveis. Outra novidade a ser conferida no estande será a máquina para gravação hot stamping de bisnagas com registro automático de posicionamento. De sua linha de hologramas para prevenir a falsificação de produtos, será apresentado o dispositivo óptico variável TrustSeal em sua mais recente versão, dotada de novos dispositivos de segurança.

Plástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

Oriunda da linha de alta segurança (como a de cédulas e passaportes), a solução TrustSeal incorpora elementos visuais e de verificação pericial e oferece alta definição de cores e alto brilho, sob diferentes condições de iluminação. Vários dos elementos a serem apresentados não podem ser copiados ou imitados pela tecnologia holográfica convencional, o que aumenta de modo significativo a segurança na autenticação de um produto ou documento. Além desses lançamentos, a empresa exibirá novidades de cores e padrões da sua linha de fitas para acabamentos dos mais diversos produtos plásticos e exemplos de novas aplicações em peças automotivas, eletrodomésticos, eletroeletrônicos, perfis, embalagens de cosméticos e embalagens flexíveis, entre outros, além dos ribbons e das fitas de codificação para impressão de dados variáveis.

LANXESSPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

A companhia participará da feira com quatro de suas 13 unidades de negócios. A Inorganic Pigments (IPG) apresentará a linha de pigmentos (marca Bayferrox), voltados ao uso em embalagens e equipamentos plásticos em contato com alimentos e bebidas, bem como laminados e masterbatches, aplicados em produtos que necessitam ser moldados ou injetados. A linha encontra-se disponível nas cores vermelho, preto, amarelo, marrom e verde. A Functional Chemical (FCC) terá como destaque os corantes orgânicos, base solvente, para coloração de plásticos de engenharia sob a marca Macrolex, que apresentam fácil solubilidade, possuem aprovação para contato alimentício em diversos países e têm como principais usos a coloração de garrafas PET e bandejas de PS expandido (Isopor). Mostrará, também, as linhas de plastificantes isentos de ftalato e os agentes retardantes de chamas, próprios para aplicação em espumas de poliuretano e materiais termofixos. Já a RheinChemie (RCH), além de aditivos para poliuretanos, levará os produtos reticulantes Addolink e Addolink TT, este último à base de isocianato bloqueado que aumenta o grau de reticulação, melhorando a adesão entre PVC/PET e também para outros tipos de plásticos; e a linha de aditivos anti-hidrólise (marca Stabaxol), também empregados como “melhoradores” de propriedades mecânicas, modificador de viscosidade para PA6 e 6.6, além de controlador de peso molecular. A unidade Semi-Crystalline Products (SCP) focará sua participação em especial nas linhas de copoliamidas para filmes extrudados e nos retardantes de chama não halogenados.

LUBRIZOL

A linha de poliuretanos termoplásticos (TPU) da Lubrizol, comercializada sob a marca Estane, comparece à Brasilplast com novidades. Trata-se do Estane ZHF92AT3, introduzido na série de TPUs retardantes à chama não halogenados. Formulado para cobertura de cabos flexíveis, oferece um maior índice limite de oxigênio (Limiting Oxygen Index [LOI]), é UL = V0 e possui um LOI de 33%, comparado com um padrão de 25% de TPUs não halogenados típicos. O produto foi especialmente desenvolvido para atender às exigências do teste de chama mais severo UL 1061, mantendo sua tenacidade e flexibilidade, características particularmente importantes para a cobertura de cabos utilizados em aplicações de robótica e industriais. Esse novo grade de TPU também passa no teste UL 1061 para cabos com uma menor espessura de cobertura e diâmetros de cabos inferiores a 5 mm.

Outra novidade no estande da Lubrizol serão os novos TPUs sem plastificante nas séries poliéster (Estane T460AH, T460A, T465A e T470A) e poliéter (Estane T365A e T370A), em durezas entre 60 A e 77 shore A. Segundo o fabricante, oferecem alta transparência e excelente estabilidade UV e são ideais como substitutos da borracha e do PVC em diversas aplicações de injeção por moldagem.

O expositor ainda destacará produtos da família Pellethane, de poliuretanos termoplásticos utilizados em tubos para a área médica; a linha de ETPU Isoplast, destinada a aplicações especiais que requeiram transparência e resistências química e ao impacto. Showroom com produtos para a indústria automotiva, tubos e mangueiras, filme e folha, tubos médicos, cabos elétricos e geofísicos completam a exibição.

MAAG (AUTOMATIK) GROUPPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

A empresa exibirá sua linha tradicional de granuladores-secadores Baoli, desenhados, segundo o fabricante, em especial para o mercado brasileiro. A série compreende três tamanhos básicos de equipamento – 100 mm, 200 mm e 300 mm –, dotados de sistemas de corte considerados estado da arte, que asseguram elevada produtividade: até 3 mil kg/h para PBT ou PET. O expositor também garante agilidade na troca de material, graças a alimentadores e lâminas de fácil acesso, limpeza e substituição. Outro destaque ficará por conta da nova geração de granuladores Sphero, agora redesenhados, com maior vida útil, da ordem de 30% em comparação aos seus antecessores, e também maior eficiência energética.

M. CASSAB

Distribuidora de matérias-primas, com foco na diversificação de segmentos e produtos, apresentará com destaque seus projetos de distribuição na linha de plásticos de engenharia para 2011. A empresa distribui insumos dos maiores produtores mundiais por intermédio de filiais estrategicamente posicionadas. Seu portfólio é composto por materiais como resina de PVC em suspensão e emulsão, borracha SBR, borracha nitrílica, plastificantes, lubrificantes, corantes, pigmentos, dióxido de titânio e aditivos para os transformadores que atendem os mercados de construção civil, brinquedos, automotivo, calçados, filmes e embalagens entre outros. Durante a feira, além de apresentar o portfólio para plásticos e borrachas, dará ênfase às especialidades, como modificadores de impacto e auxiliares de processo base MBS e ABS para PVC da LG Chem; à distribuição exclusiva dos corantes solventes Macrolex e plastificantes isentos de ftalatos da Lanxess; e às aramidas Kevlar e Nomex da DuPont.

MACROPLAST

Ao completar 40 anos no mercado, a empresa escolheu a feira para divulgar a adoção de nova estratégia voltada para produtos mais técnicos e especialidades. Com seu amplo portfólio, formado por masters, compostos e resinas coloridas, oferece soluções técnicas para clientes de praticamente todos os segmentos do mercado de plásticos. Aproveitará a oportunidade para lançar algumas novas aplicações de plásticos de engenharia para o segmento de construção civil e da indústria automobilística, com ênfase para o ABS/PC e a poliamida com carga mineral, fibra e aditivos. Apresentará, também, uma linha de aditivos e masters especiais, principalmente para o segmento de embalagens, bem como será divulgado o master de PET com fibras, aditivado e colorido. Além disso, estarão em exposição a linha tradicional de resinas coloridas, masterbatches e compostos.

MAGMAPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

A empresa estará presente com sua solução para simulação de polímeros, o software Sigmasoft, ampliando, deste modo, sua atuação no mercado de injeção. O programa é capaz de simular, com uma malha em 3D, o enchimento da cavidade, acoplado com os efeitos térmicos do molde. Desta forma, é possível reproduzir todos os componentes envolvidos no processo, produto, cavidades, insertos, sistemas de refrigeração e aquecimento por resistências elétricas. O software traz ferramentas CAD integradas, possibilita geração de malha fácil e rápida para todos os componentes e efetua diversos tipos de simulações, tais como reológica e térmica acopladas; de multiciclos – perfil térmico do molde, durante os ciclos térmicos; de multicomponentes (n-número de componentes), por exemplo, de borracha sobre termoplástico; do sistema de extração; do resfriamento após extração e tratamentos térmicos posteriores. Realiza em 3D, previsão de orientação de fibras, visualização das linhas de emenda e grau de cristalização de polímeros semicristalinos. Possibilita, ainda, a simulação do grau de cura em elastômeros e termofixos, tem interface com análise FEM para desenvolvimento de produtos e faz previsão de tensões residuais e empenamento, entre outras funções. A empresa desenvolve e comercializa o Sigmasoft no mercado internacional há mais de 12 anos, com subsidiárias em Aachen, Chicago, São Paulo e Cingapura.

MAINARDPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

O grande destaque para esta edição da feira serão os medidores para monitoração contínua de espessura de filmes flexíveis na saída da extrusora, com foco especial para o modelo M-73161DG, dotado de rolete duplo total para leitura milesimal (0,001), com curso de 12,5 mm. Seus roletes são formados por rolamentos blindados, que garantem deslizamento suave do filme com precisão. O medidor possui base plana de aço inox com 10 mm de diâmetro, é fabricado com arco de alumínio fundido estabilizado de 120 mm, e vem acompanhado de relógio comparador digital. Além dos destaques, a empresa estará expondo toda a sua linha de medidores de espessura de leituras decimal, centesimal ou milesimal, disponíveis nos modelos digital ou analógico; mesas de medição para laboratórios; balança de gramatura; e durômetros Shore com arcos de 30 mm até 500 mm de profundidade, pontas planas entre 10 mm e 50 mm de diâmetro e com pontas esféricas, abauladas, com roletes, cônicas. Os instrumentos podem ser usados em diversos segmentos, tais como plástico (filmes, sacolas), embalagens (papel, papelão), borrachas, PVC, espumas, cortiça, amianto, lonas, tapetes, carpetes, tubos, mangueiras; tubos de látex e aço, fios e cabos; para tecidos e TNT, entre outros. Divulgará, ainda, sua prestação de serviços especializada em consertar e calibrar medidores de todas as marcas e modelos, como Mitutoyo, Calati, Enko, Kori, Baker, Digimess, Braubar, Cordix, Kafer e Starret, entre outras. O visitante também poderá levar todos os seus aparelhos que necessitem de calibração e manutenção para que sejam consertados após o término da feira.

MAQPLASPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

Uma das atrações que os visitantes poderão conhecer será a NCS 800 SLH, máquina para fabricação de sacolas com alças flexíveis, dotada de conceitos eletrônicos e mecânicos de tecnologia de última geração. Além disso, estarão em exposição os equipamentos de corte e solda com servomotor, bem como os acessórios especiais voltados ao segmento, e a máquina computadorizada para produção de embalagens plásticas flexíveis. As máquinas fornecidas pela empresa possuem vários avanços tecnológicos e adequados às normas ISO 9001/2000.

MÁQUINAS PREMIATA

A fabricante de máquinas para os setores de transformação e reciclagem de plásticos estará estreando na feira, expondo, entre as novidades que serão apresentadas, um misturador / secador com capacidade para 1.000 kg/h, cuja inovação no projeto será divulgada apenas durante o evento.

MÁQUINAS SANTOROPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

O fabricante lançará a máquina automática de corte e solda modelo CS-600, para até 450 sacos plásticos com solda no fundo e na lateral por minuto. Dotado de novo acionamento por CLP digital e interface homem-máquina (IHM) touchscreen colorido, o novo equipamento promoverá maior interação com o operador, além de ocupar menos espaço físico, pois possui 3,25 m de comprimento. Além disso, apresenta novo sistema de servomotor digital, com mesa empilhadora de série, sistema de refrigeração e comando de fotocélula.

MAXUS

Equipamentos para automação e controle de qualidade, empregados na fabricação de polímeros e compostos, serão a ênfase da Maxus Comércio e Representações, sucessora da Globaltek, durante a exposição. A empresa exibirá a linha de produtos da sua representada alemã OCS-Optical Control Systems, os quais contemplam diversas aplicações, tais como em miniextrusoras para filmes, leitura do índice de fluidez, inspeção óptica para contagem de géis e pontos pretos em filmes, contaminação de pellets e pó, tamanho e forma de pellets, densidade e brilho em diversos polímeros e compostos.

MECALORPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

Um dos principais lançamentos será o DryCooler Modular silencioso, dotado de concepção construtiva inovadora e de controle por CLP de fácil operação e indicação de falhas. Montado em estrutura de aço inoxidável desmontável, o equipamento permite que diversos módulos de 100 kW sejam justapostos, à medida que a necessidade de resfriamento for crescendo, podendo ser expandidos até 1.200 kW. A caixa “plenum”, formada pelos painéis evaporativos e os trocadores de calor, garante a distribuição ideal da velocidade do ar, resultando em umidificação de 80% nos dias mais quentes. Possui sistema de reaproveitamento da água de umidificação não evaporada e possibilita redução de 97% no custo de tratamento de água, se comparado com torre de resfriamento. Apresenta estação de bombeamento completa, com bomba adicional e reservatório de aço inoxidável. A limpeza dos painéis evaporativos, que também atuam como filtro de ar, pode ser feita de dentro para fora.

Plástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: DivulgaçãoMEGGAPLÁSTICO

injetora BS 200, equipada com servomotor para proporcionar até 80% de economia de energia, será o grande lançamento da linha Sinitron-Borchê. A máquina pode ter três especificações diferentes (A/B ou C), opera com força de fechamento de 200 toneladas, desenvolve curso máximo de abertura de 465 mm e tem espaço entre colunas de 510 mm x 510 mm, podendo acoplar molde de 180 mm de altura mínima. Aloja rosca de 45, 50 ou 60 mm de diâmetro, para processar volumes de injeção de 389, 481 e 692 cm3, sob velocidade de 110 mm/s. Na unidade de controle traz comando colorido dotado de tela de 10,4 polegadas de fácil visualização. A empresa também irá expor em primeira mão um sistema de segurança de acordo com a norma vigente, com relés de categoria 4, botões de emergência e chaves de segurança nível 4, entre outros recursos.

METALÚRGICA PARRA

A fabricante de máquinas extrusoras, cilindros e roscas e cabeçotes hidráulicos lançará dois modelos de extrusoras tipo cascata. O modelo PTA-500, de alimentação contínua, destinado às empresas transformadoras de plásticos, opera sem utilizar aglutinador convencional, tem dupla degasagem a vácuo e funciona com corte submerso. O modelo 150/120, voltado às empresas de compostos reciclados, é uma opção dotada de três degasagens a vacuo.

MH EQUIPAMENTOSPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

A empresa apresentará equipamentos com algumas inovações, desenvolvidas em parceria com clientes e fornecedores ao longo dos últimos anos. Um deles é o homogeneizador de laboratório de baixo nível de ruído, que passou a atuar com emissão abaixo de 85 decibéis e rotação com variação contínua. No sistema de gerenciamento de produção foram implementadas mudanças para reduzir custos operacionais e aumentar a produtividade, inovações que possibilitam ao operador gerenciar vários equipamentos por uma única interface, através de CLP de alta performance, com módulos I/O distribuídos em rede CAM. Também estarão expostos equipamentos para produção de materiais reciclados, prensas de laboratório dotadas de programação CLP e novos sistemas de leitura de temperatura sem contato, aplicados à produção de masterbatch e compósitos.

Plástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: DivulgaçãoMILACRON

A norte-americana exibirá uma máquina injetora 100% elétrica, modeloRoboshot 110 S2000iB, uma máquina extrusora e um sistema revolucionário de resistências que proporcionam redução de 40% de energia elétrica, em comparação aos sistemas convencionais.

MILLIKEN

Dará ênfase às vantagens dos aditivos Millad NX8000, que, quando acrescidos ao polipropileno, proporcionam melhorias nas propriedades ópticas, ou seja, mais transparência. Oferecem, também, maior produtividade – em alguns casos, o aumento pode chegar a 25%, pois possibilitam a diminuição da temperatura de processamento. Os aditivos geram, ainda, economia de cerca de 10% de energia em kW/tonelada de resina processada. Em ambos os casos, os números mencionados podem variar de acordo com as condições de processo de cada transformador.

MINÉRIOS OURO BRANCO

A empresa levará à feira sua já reconhecida linha de aditivos minerais, celulose moída, especialidades químicas e pigmentos, com destaque para a linha de aditivos para polímeros da Croda, sua nova representada. Dos aditivos minerais, será dada ênfase para os produtos usados no segmento plástico, tais como talco micronizado, carbonato de cálcio de alta pureza, mica micronizada e caulim calcinado, os quais proporcionam alto desempenho termomecânico, fácil incorporação e redução na utilização de pigmentos brancos, como dióxido de titânio. Na linha de pigmentos terão destaque os perolados, com nova gama de cores de efeito, em diferentes tonalidades, dependendo do ângulo de visão.

MIOTTO

Estará expondo várias extrusoras monorrosca e dupla rosca, incluindo os modelos Multifuncional e Economáquina e suas melhorias técnicas, principalmente em relação à geometria das roscas e dos cilindros. O modelo EM-03, de 60 mm de diâmetro, produz 160 kg/h, e o modelo EM-03, de 90 mm de diâmetro, processa 500 kg/h de PVC flexível, no revestimento de cabinhos elétricos. Apresentará, também, as tradicionais roscas e cilindros bimetálicos Universaloi para extrusão, injeção, sopro, monorroscas e dupla roscas, com geometria específica para cada termoplástico.

MMS PLÁSTICOS

Apresentará uma das suas novidades na linha de chapas plásticas transparentes de fabricação própria, a Policlear e a Policlear G. A chapa Policlear é feita de poliéster termoplástico importado, cujas características são leveza, alto brilho, elevada resistência mecânica e reciclabilidade. Trata-se de um produto versátil, para diversas aplicações, como no mercado de comunicação visual, embalagens, construção civil e outras indústrias, que possibilita a realização de dobras a quente, bem como ser termoformada, adesivada e impressa. A Policlear G, produzida com copoliéster PETG, oferece alto brilho e transparência, resistência química e mecânica, alta processabilidade com baixas temperaturas de moldagem e pode ser adaptada para as mais diversas operações de usinagem e impressão. É amplamente empregada no mercado de comunicação visual, decoração, móveis, equipamentos hospitalares, visor de máquinas e demais aplicações nas quais sua flexibilidade e transparência forem necessárias, permitindo reciclagem. As duas versões são fornecidas em dimensões de 2.000 x 1.000 mm, com espessuras de 0,15 a 2,00 mm.

MOLD-MASTERSPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

Comemorando dez anos de presença no mercado brasileiro, a multinacional canadense levará à feira toda a linha de controladores de temperatura com sistema de controle PID2, que terá inovações no sistema de controle e armazenamento e gerenciamento de dados e ferramentas, assim como tecnologia touchscreen e diversas funcionalidades, até para os controladores voltados a moldes de baixa cavitação. Nos sistemas de câmaras quentes, a inovação fica por conta dos produtos Sprint para aplicações de parede fina, tampas, embalagens e moldes de talheres. Os bicos melt disk, para injeção lateral de peças, vêm com novidades para permitir a aplicação em poliolefinas e materiais de engenharia. Para o mercado automotivo, será apresentada a nova linha de sistemas pré-montados denominada Fusion G2, que proporciona facilidade de montagem e manutenção, além de rápida instalação. Completando a série de lançamentos, a empresa levará sua linha de produtos MPET, desenvolvida para atender o mercado mundial de PET, com possibilidade de fornecimento de moldes de pré-formas completos, reformas e conversões, desenvolvimento de projetos de pré-forma e prototipagem, bem como sistemas de câmara quente para qualquer tipo de molde e controladores de temperatura.

NEXO INTERNATIONAL

Estarão presentes no estande os aditivos para plásticos das representadas Songwon, da Coreia do Sul, Fine Organics, da Índia, e Viba, italiana, que se declaram entre as maiores produtoras do mundo e detentoras de moderníssimas plantas. Dos produtos da Fine Organics, o destaque fica com os aditivos deslizantes, desmoldantes e lubrificantes, os quais primam pela pureza e qualidade, todos de origem vegetal (oleoquímica) e dotados de tecnologia de última geração. Da Songwon, serão mostrados os antioxidantes e protetores de luz, com ênfase aos produtos das marcas Songnox, Songlight e Songsorb. Já da Viba, serão expostos os produtos de efeitos especiais, cores, branco-negro, bem como os aditivos da marca Vibatan.

NOSELAB

A empresa italiana apresentará duas linhas completas de instrumentos para ensaios de polímeros e de testes de reação à chama para classificação de materiais, em acordo com mais de 40 diferentes métodos de padrões internacionais (UNI, CEI, ISO, ASTM, DIN, UL). A empresa possui ampla família de instrumentos de medição e análises de propriedades dos plásticos (desempenho quanto à tensão, compressão etc.), elastômeros e outros materiais. Entre as novidades, o expositor mostrará o A-MeP Automatic, que permite determinar o índice de fluidez na caracterização de termoplásticos, dentro dos padrões internacionais. Seu controle microprocessado oferece resolução de 0,1ºC e armazena até 28 configurações.

NOVUSPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

A empresa dará destaque para o N1200-HBD, um controlador de processos, cujo algoritmo de controle PID autoadaptativo monitora o desempenho do processo de modo contínuo e ajusta os parâmetros PID, atingindo a melhor resposta possível para o controle. Associada ao controle PID, o instrumento oferece a função de alarme para detecção de falha na resistência de aquecimento, facilitando o diagnóstico de problemas em sistemas de controle de várias zonas. Possui interface de comunicação RS-485 Modbus, para permitir integração ao software SuperView ou outros sistemas de automação existentes. Estarão em destaque, também, os controladores de potência das séries PCW e PCWE, que regulam a quantidade de energia a ser aplicada a uma carga por meio do acionamento controlado da corrente elétrica. Utilizados com o objetivo de aumentar a eficiência energética e a precisão do controle de processos, os controladores possibilitam ao usuário escolher entre acionamento por ângulo de fase ou ciclo integral. Aceitam sete tipos de sinal de controle – corrente 0-20 mA, 4-20 mA; tensão 0-5 V, 1-5 V, 0-10 V e 2-10 V, e potenciômetro de 10 k. Possuem entrada para seleção de modo de controle manual e trabalham com tensão de carga de até 380 V ca e correntes de, no máximo, 200 A. Alojam fusíveis e relé para sinalização de alarme de falta de fase e rompimento de fusível. Os modelos da série PCWE têm entrada para limitação de potência.

OSCAR FLUESPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

Comemorando cem anos de atividades, a empresa irá expor diversos lançamentos no pavilhão do Anhembi. Um deles é atampográfica modelo CP 200 Bicolor, equipada com tinteiro selado e sistema de raspagem com anel de longa duração, dotado de dois copos e equipado com CLP dedicado, próprio para clichês de aço ou Print 200 x 220 mm. O equipamento traz sistema de programação integrado (até 32 passos) que serve para criar ciclos especiais de impressão. A outra novidade é o CX 400 Monocolor, também com tinteiro selado e sistema de raspagem com anel de longa duração, que aloja CLP dedicado. Destina-se a clichê de aço ou Print 400 x 220 mm e possui um copo de 90 ou 130 mm de diâmetro, cuja movimentação proporciona melhor relação de dimensão de clichê versus área de impressão. Vem com sistema de programação integrado (até 32 passos), possibilitando criar ciclos especiais de impressão. Todas as máquinas da empresa estão equipadas com copo e tinteiros dotados de tratamento antiaderente, facilitando a remoção da tinta; alojam fonte chaveada (80 a 240 volts); têm display alfanumérico de fácil operação; e possuem regulador de pressão pneumático com filtro, bem como adaptador de tampão completo. Operam com lock out pneumático e possibilitam ajuste de velocidade de avanço e recuo do tampão e tinteiro, assim como regulagem do número de coletas e de impressões.

PACK LESS

Apresentará aos visitantes da feira o Pack Less, um novo conceito em sistema de movimentação de cargas unitizadas que possibilita a eliminação do uso da madeira. Alinhado às políticas de sustentabilidade, é fabricado com polipropileno, sendo, portanto, reciclável, impermeável e dotado de elevada resistência mecânica. O produto foi desenvolvido para transportar embalagens industriais, como sacos, big-bags, bins (caixas com volume acima de 0,5 m3) e bobinas, entre outras aplicações. Possui capacidade de carga entre 1,5 a 6 toneladas, dependendo do tipo do produto e armazenagem. Viabiliza o acondicionamento de cargas, proporcionando vantagens em termos de aspecto (limpeza) e proteção adicional à carga, pois é impermeável, não prolifera pragas e evita a ocorrência de fumigação nos processos de exportação. Apresenta-se isento de superfícies ou elementos cortantes e pontiagudos. Durante a armazenagem, especificamente na sobreposição de cargas, preserva as entradas dos garfos de empilhadeira, garantindo a inexistência de partes da embalagem inferior no seu percurso. É produzido com a base fechada, impedindo que as embalagens fiquem com partes expostas.

PALLMANN DO BRASILPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

Estará expondo, entre outros produtos, o sistema mecânico de micronização da linha PKM, em sua nova versão fabricada no Brasil em quatro diferentes modelos, cujas capacidades variam de 120 a 1.200 kg/h. O equipamento possui pista de moagem segmentada, para facilitar e reduzir custos de manutenção, uma vez que a afiação e reposição se restringem a alguns segmentos, e vem montado sobre estrutura tubular, que requer espaço reduzido para instalação e facilita o acesso para eventuais manutenções. Possui tubulação montada com fecho rápido, o que propicia mais facilidade e redução de tempo para limpeza, quando da troca de cor e/ou material. Funciona sem alterar as características da resina micronizada e mantendo granulometria uniforme. Ainda na linha de micronizadores, a empresa estará lançando o sistema da série PM, versão ideal para micronização de resinas veículo para produção de masterbatch, até mesmo resinas sensíveis à temperatura, como o PP, sem a necessidade de resfriamento por meios externos, e masters propriamente ditos. Sistema compacto, construído em monobloco, sem cantos vivos, garante limpeza completa e eficiente na troca de cores e resinas. Haverá também no estande um espaço destinado à recepção e orientação de clientes, por técnicos da empresa, sobre manutenções, instalações, start-up de equipamentos/sistemas e sobre peças de reposição. Além dos equipamentos, será disponibilizado um espaço para a divisão de beneficiamento da empresa, que contará com técnicos especializados nas áreas de aglomeração, micronização e moagem, com amplo conhecimento sobre resinas.

PARABORPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

O principal destaque será a linha Paratrade, com o lançamento de quatro produtos. Os polímeros aditivados com anidrido maleico Bondyram, da Polyram, são um deles. São utilizados como agentes de acoplamento e modificadores de impacto, cuja maior aplicação está em blendas, compostos altamente carregados, compostos com fibra de vidro e coextrusão de estruturas de barreiras multicamadas, para adesão entre substratos incompatíveis. Da Dow Corning, a empresa apresentará os modificadores de resina – siloxanos em pó, compatíveis com diversos sistemas poliméricos, recomendados principalmente para compostos olefínicos retardantes a chama, cujos benefícios incluem a redução das taxas de liberação de calor, fumaça e evolução de gases tóxicos, o aumento da resistência ao impacto e o processamento mais fácil. Outra novidade são os auxiliares de processo V-Wax E e OP, da Struktol, desenvolvidos para substituir as ceras montânicas atualmente comercializadas, permitindo processamento equivalente e desempenho compatível com uma variedade de aplicações. Da Eliokem, a empresa levará o Sunigum P2100, polímero em pó à base de acrilato, que confere propriedades de processamento, além de estabilidade térmica, resistência aos raios UV e baixa deformação permanente sob compressão, o que o torna um aditivo diferenciado e adequado para usos em juntas de vedação dinâmica, nas áreas de construção civil e automotiva. A Divisão Paratest realizará demonstração de vários equipamentos, com destaque para a máquina universal de ensaios Testometric, inteiramente controlada por computador; e o medidor de coeficiente de fricção estático/dinâmico Hanatek, automatizado e operado por meio de software autoexplicativo, inclusive para os ensaios de peel, rasgamento e blocking, além de permitir o tratamento de dados e a impressão de resultados.

PAVAN ZANETTI

Divulgará aos visitantes suas tradicionais sopradoras da série Bimatic, expondo o modelo BMT5.6S/H, para polipropileno clarificado, desenvolvido para o setor de cosméticos como opção ao PET, devido à sua excelente transparência. Apresentará a nova série HPZ de sopradoras por acumulação, lançada este ano, disponível com capacidades de 10 a 500 litros. Será demonstrado, também, o modelo HPZ 300 com molde de 20 litros e saída lateral, o qual possibilita adaptação de sistemas auxiliares de rebarbação, saídas orientadas, testes de estanqueidade e esteiras. O equipamento dispõe, ainda, de um sistema de troca de moldes e ferramentas que possibilita melhoria significativa do tempo de setup e facilidade de acesso à área de moldes, além de vir equipado com comandos de última geração e programadores de espessura de 400 pontos. Outros produtos a serem expostos são a sopradora por estiramento para PET, modelo PetmaticC 3C/2L, para produção de 3.000 frascos de 500 ml por hora, e uma injetora da série HXF.

PIOVANPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

A empresa participará com uma amostra de seus equipamentos para refrigeração industrial, alimentação e transporte, dosagem e secagem de materiais termoplásticos. Da área de tecnologias para refrigeração, o destaque será o novo dry cooler monobloco, com projeto remodelado, para proporcionar mais eficiência e economia. O equipamento garante temperaturas uniformes e constantes, sem desperdício de água e baixos custos operacionais. Pode ser fornecido em diversos tamanhos e capacidades térmicas, e usa ventiladores com controle de velocidade variável, propiciando maior economia no consumo energético, além de operar com níveis de ruído bastante reduzidos. No campo de tecnologias para dosagem, será apresentada a Lybra, a mais recente linha de dosadores gravimétricos e volumétricos para masterbatch, aditivos e reciclados, dotados de controle avançado e interface simples com o usuário. Cada unidade pode suportar até duas estações de dosagem independentes, configuradas de modo individual de 10 a 170 kg/h. Cada estação é equipada com seu próprio controle por perda de peso, possibilitando medir individualmente a quantidade de aditivo dosado em cada máquina transformadora. Suas roscas de dosagem estão disponíveis em três configurações diferentes com eixo helicoidal único, duplo ou triplo, para controle exato da dosagem de material em baixas porcentagens.

PIRAMIDAL

Estará divulgando suas resinas commodities de PEBD, PEBDL, PEAD, EVA, PP homopolímero, PP copolímero, PP random, Utec, Flexus, PS cristal e alto impacto, masterbatches e aditivos. Dará destaque, também, às resinas de engenharia, ou seja, compostos de PP, ABS, SAN, policarbonato, blenda de policarbonato + ABS acrílico, naílon 6 e 66, poliacetal, borrachas naturais e nitrílicas, TPV, TPE, PBT, Noryl e ASA.

PLAMEXPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

O Anhembi será palco para a empresa alemã expor com destaque suas linhas de extrusão balão e coextrusoras com sistemas mono ou biorientados, para embalagens plásticas flexíveis com altíssima barreira, como, por exemplo, tripas para mortadelas e sacos termoencolhíveis com barreira. A tecnologia utilizada nos equipamentos permite reduções significativas de espessuras, mantendo as mesmas propriedades mecânicas de resistência à perfuração. Também terão foco especial os sistemas de resfriamento por água ACE – Aqua Cooled Extrusion, que proporcionam ao filme balão altíssimo nível de transparência, possibilitando o uso de polímeros barreira (PA) de menores custos e alto desempenho. Complementam a linha a ser exibida os equipamentos MDO (orientadores de filmes on-line e off-line) e os projetos especiais para a produção de filmes/lâminas plásticas, por calandragem, aplicáveis em termoformagem. A Plamex estará presente no estande da Ancoat Máquinas.

PLASCONY

Os visitantes poderão conhecer dois destaques da empresa. Um deles é a chapa de polipropileno transparente madeira, cuja formulação contém PP reciclado e uma composição de fibras naturais provenientes de reflorestamento certificado da cadeia Florest Stewardship Council (FSC), conferindo à chapa tonalidade madeirada. O outro destaque é a chapa de PP coextrudada e sustentável, pois tem duas camadas de polímeros em uma só chapa, o que resulta em duas faces distintas no mesmo produto. De um lado, oferece a beleza das cores em uma textura nobre; do outro, é utilizado material reciclado, para contribuir com o meio ambiente, sem perder a sofisticação. Além destes dois destaques, serão expostas as chapas de polipropileno da linha tradicional da empresa, disponíveis em espessuras, texturas e cores variadas, para possibilitar o desenvolvimento de produtos para diversos segmentos, tais como os de revestimentos, embalagens, sacolas, comunicação visual, luminárias e brindes promocionais, entre outros.

PLASTENG

A empresa apresentará sua linha de produtos, composta por resinas e aditivos para plásticos, tanto para embalagens como para plásticos de engenharia, assim como as poliamidas (Grilon) e PAA (Grivory), importadas da EMS-Grivory da Suíça, e a resina biodegradável da Mitsubishi. Na linha de aditivos, provenientes da Alemanha (Accurel) e dos EUA (Phoenix), estará ressaltando o aditivo oxibiodegradável para PE e PP, e agora, também, para PET (Reverte), da Wells inglesa. Dará destaque, ainda, à resina PEEK para injeção; ao granulado para jateamento em poliamida (Emsodur); ao agente de purga Ramclean e à sua linha de máquinas da GRT americana, para sopro e injeção-estiramento de pré-formas.

POLIMATEPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

Em seu estande de 160 m2, será exposto o que as sete empresas representadas – entre elas a Systech/Illinois, a mais recente – têm a oferecer em termos de novidades e equipamentos estado da arte para análise de polímeros. Da 01dB-Metravib, francesa, especializada em DMA, será lançado o modelo DMA+300, máquina de teste de fadiga em compostos de borracha; e também o modelo DMA25 para realizar grande variedade de ensaios de caracterização viscoelástica. A alemã Bareiss apresentará o durômetro automático Digi Test II, para medição em todas as escalas Shore e IRHD, que possui como principal inovação o dispositivo Barofix II de posicionamento automático do corpo de prova. Da italiana Ceast, os visitantes poderão conhecer dois novos equipamentos: o Ceast 9310, compacto, para teste de impacto por queda de dardo de bancada; e o sistema de aquisição de dados Ceast DAS 64K, para coleta de dados ou martelos instrumentados, com taxa de aquisição até 22 MHz. A Lauda, alemã, lançará o viscosímetro iVisc, para medição e avaliação automática da viscosidade cinemática, bem como para cálculo de dados poliméricos, tais como viscosidades intrínseca (IV) e inerente, e valor K. A inglesa Lloyd levará à Feira a nova máquina de tração modelo LS1, com carga máxima de 1 kN e faixa de velocidade de 0,01 a 2.032 mm/min. A Systech/Illinois, a mais nova representada da Polimate, apresentará sua linha de equipamentos de testes de permeabilidade nas seguintes versões: ao vapor de água em filmes de embalagem e materiais não tecido; ao oxigênio em filmes e embalagens finais; e a gases, em filmes de embalagem. A Thermo Fisher Scientific lançará a microextrusora MiniCTW, que opera com cerca de 7 g de material, alimentação e controle do by-pass manual e operação por software.

POLIMOLDPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

A empresa promete apresentar uma série de novidades este ano, como a integração de suas duas principais linhas de produtos, resultando na ampliação dos hot halfs com a linha “Pratico”, uma solução integrada de porta-molde e câmara quente, que consiste em entregar o sistema já instalado dentro de um hot-half com o padrão da Polimold. Ainda dentro do conceito de padronização, serão apresentados os novos “kits bico”, um conjunto de bucha, anel e controlador, específico para cada aplicação. A linha de porta-moldes, agora incrementada com uma opção específica de montagem para usuários de câmara quente, sem levar em conta o modelo escolhido, com os mesmos benefícios de preço e prazos dos padronizados da empresa, também será destaque no estande. Será disponibilizada, ainda, uma nova opção de acabamento dos porta-moldes da empresa, que poderão ser fornecidos com acabamento de retífica tangencial para toda a linha padronizada. Ainda no segmento de porta-moldes será lançada uma linha completa de placas lisas. São duas opções de acabamento e diversas opções para complementar as necessidades de uma ferramentaria.

POLYFAST POLÍMEROS

A distribuidora oficial dos polímeros de engenharia da DuPont, que atualmente conta com novos parceiros na distribuição e revenda de ABS e acetal copolímero, estará lançando o acetal copolímero Blue Star e DuPont Zytel Plus, além de apresentar sua linha tradicional de produtos. O acetal copolímero (ou polióxido de metileno – POM) Blue Star apresenta excelente estabilidade térmica e química, facilidade de processamento, maior resistência a alcaloides, água quente e outras substâncias químicas, assim como manutenção de propriedades mecânicas de longo prazo e elevada resistência aos raios UV e à fadiga. O Zytel Plus mantém altos níveis de desempenho, mesmo se exposto a longo prazo a óleo quente, ar quente, cloreto de cálcio e outras substâncias químicas agressivas automotivas. Fora estes dois lançamentos, a empresa divulgará também resinas ABS, resinas de poliéster (polibutileno tereftalato-PBT) disponível em grande variedade de combinações de grades com fibra de vidro, para baixo empenamento, com retardante à chama, além dos grades não reforçados; poliacetal (POM), o acetal homopolímero da DuPont, um termoplástico de engenharia oferecido em vasta gama de grades com fibra de vidro (rigidez), lubrificantes especiais (atrito e desgaste), elastômeros (impacto), além de variedades de baixa, média e alta viscosidade; seu elastômero termoplástico (Hytrel), que combina as características de alto desempenho dos elastômeros com a processabilidade dos termoplásticos, podendo ser utilizado em grande faixa de temperaturas de -40ºC a 110ºC; o termoplástico para injeção (Minlon), que tem como resina base náilons 6 e 6.6 carregados com carga mineral ou carga híbrida (combinação de fibra e carga mineral), apresentando como principais propriedades alta estabilidade dimensional e facilidade de pintura; o PET (Rynite) de alta estabilidade térmica, propriedades elétricas, estabilidade dimensional e rigidez, resultado de uma combinação entre o polietileno tereftalato e a fibra de vidro; toda a linha das resinas de náilon 6, 6.6 e 6.12 (marca Zytel), ampliada pelo Zytel GRZ, que compreende os náilons reforçados com fibra de vidro, além de muitos outros aditivos como estabilizantes térmicos, nucleantes, elastômeros, microesferas de vidro, além da Zytel HTN, poliamida alifática-aromática com alta temperatura de fusão de 300ºC, 45ºC mais alta que a PA 6.6 ou o PET.

POLYONE

O fornecedor global de materiais poliméricos, serviços e soluções irá mostrar várias inovações durante o evento, incluindo as linhas de suas duas mais recentes aquisições, a Polimaster e a Uniplen, produtoras brasileiras de materiais especializados de engenharia, de cores e aditivos concentrados. Além disso, a Uniplen também é distribuidora de termoplásticos no país. Terão destaque as soluções de polímeros formulados “make innovation possible”, de alto desempenho, tais como o Stat-Tech CNT, de nanotubos de carbono (compostos para eletrônica); formulações à base de poliacetal (POM), combinados com tecnologia de nanotubo de carbono, para atender às demandas de exigência das aplicações em eletrônica, como armazenamento de mídia eletrônica, embalagens de circuitos integrados e dispositivos semicondutores. Estas novas soluções oferecem desempenho de descarga eletrostática consistente (ESD) e de alta pureza, sem prejudicar a performance mecânica, ajudando a aumentar as taxas de produtividade e acelerar os tempos de ciclo. Também terá foco especial o OnColor Complete Solutions de cor líquida, sistema de corante líquido ecoconsciente que ajuda conversores e OEMs a reduzir o custo operacional total, eliminar desperdícios, aumentar a segurança dos funcionários e reduzir o impacto ambiental. O sistema combina tecnologia com medição integral recarregável, recipientes retornáveis ??e corantes líquidos estate of the art, em um circuito fechado do sistema. O GLS OnFlex HFFR não halogênio, TPEs para fios e cabos, também terá ênfase no estande da empresa. Estes compostos, disponíveis em uma gama de produtos para isolamento, encamisamento e conectores, proporcionam estética visual e tátil em uma solução não plastificada, que permite aos fabricantes responder às demandas dos consumidores por produtos mais ecoconscientes. Também terá foco especial o ECCOH Solar-T LSFOH, linha de compostos, aditivos e corantes. Esta família completa de soluções para energia fotovoltaica permite aos clientes acelerar o processo de aprovação TÜV e encurtar o prazo de execução. Essas soluções atendem ou superam o desempenho em termos de resistência às intempéries e aos requisitos regulamentares aplicáveis ??aos componentes fotovoltaicos, como laminados back-sheet e fios TÜV. Incluem os corantes OnColor Solar, Smartbatch Solar e os concentrados de aditivos ECCOH Solar-T LSFOH (baixa emissão de fumaça e fumos, com zero halogênio) e compostos de silano, para isolamento e encamisamento a seco de fio cross-linking, além de concentrados de cabos OnCap Solar. A PolyOne também fornece kits formados por compostos, agentes cross-linking (compostos de reticulação) e corante.

POLYSTELL

Direcionará o foco para o lançamento de aditivos que integrem as novas tecnologias de materiais (nanotecnologia), além de aditivos “Linha Verde”, a exemplo do Polysmell AOD 7739 e AOD 7742, dois agentes redutores de odor (anticheiro), destinados ao uso em tintas imobiliárias/decorativas, à base de água. Dará ênfase, também, ao Polyapp 2470/2510, agente que agrega alto poder de tingimento ao composto, além de garantir melhor dispersão das partículas duras; assim como ao Polyadit 4558/59/60, agente antiestático para polímeros que permite reduzir a tensão superficial, evitando o acúmulo de energia estática e a deposição de sujidades, conferindo assim às peças técnicas resistência, qualidade e estética, além da total aderência das tintas sobre o plástico. A indústria de masterbatches também será contemplada com o lançamento do Polyumec 5379, aditivo auxiliar para o processo de umectação e dispersão dos pigmentos. Outra novidade será o Polyadit 4001, aditivo especial para aplicação em polímeros de engenharia, para conferir à peça o aumento de propriedades mecânicas, flexibilidade e resistência ao impacto. Certificada pela Norma ISO 9001, a empresa fornece aditivos convencionais para o mercado de tintas imobiliárias, automotivas, náutica, demarcação viária e industrial e mantém catalogados em seu portfólio aditivos modificadores de propriedades (Linha Polyadit), processos ( Polyapp) e superfície (linha Polystell). A linha de produtos da empresa engloba absorvedores UV, antiblocking, antiespumantes, antiestáticos antipeles, bloqueadores UV, branqueadores ópticos, controladores de odor, desmoldantes, dispersantes, deslizantes, desaerantes, emulsionantes, estabilizadores UV, fluidos de silicone, limpadores de moldes, melhoradores de coeficientes (fricção), melhoradores de fluxo, modificadores de impacto, modificadores reológicos, pastas pigmentárias, tensoativos, umectantes etc.

PREMIX

Levará à exposição a linha de materiais que comercializa, composta por PP homopolímero, copolímero e randômico, PE de alta, baixa e média densidades, PE linear, EVAs e PET importados. Como distribuidora oficial da Videolar, levará o PS cristal e o PS alto impacto.

PRIMOTÉCNICAPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

Este ano, a empresa participará com dois estandes, um de 150 m2, onde irá expor seus tradicionais equipamentos de moagem, e outro com 25 m2, no qual apresentará sua linha de poliamidas Primid. No espaço das máquinas, será dado destaque especial ao moinho tipo Schredder, específico para moagem de pneus de carros e caminhões, fios e cabos elétricos, e perfis de alumínio, entre outros materiais. O equipamento processa cerca de 15 toneladas/hora, possui dois motores de 200 HP cada e eixo composto de 56 facas. Demonstrará a linha já conhecida de moinhos para borra, com ênfase para o de bocal de alimentação de 400 mm, especial para borras geradas na injeção, com capacidade para produção de 300 kg/ h e motor de 20 HP. Será exposta, também, a série de moinhos para peças em geral e as versões de baixa rotação, para trabalhar ao lado de injetoras. No espaço da Primid, com 25 m2, estará exposta toda a linha de poliamidas 6.6 e 6, compostas de cargas diversas e certificadas pela ISO 9001, as quais são comercializadas em embalagem estanque de 25 kg, prontas para uso, sem necessidade de pré-secagem. Toda a linha é produzida em extrusoras dupla rosca corrotantes, e seguem com laudo técnico. Outra novidade é a linha de granuladores para espaguete PGRS com novo design e produção de 1000 kg/h.

PRO-COLOR

A empresa irá anunciar o lançamento de uma linha de produtos, bem como divulgará os investimentos realizados em equipamentos, no intuito de atender as indústrias que atuam no segmento de cosméticos e possuem perfil diferenciado em relação aos clientes atendidos atualmente.

Além disso, será exposto o portfólio, composto por masterbatches commodities, especialidades e aditivos, entre outros produtos.

PRONATEC

Irá lançar a máquina de corte e solda para plástico bolha e polietileno expandido, com destaque para a linha de equipamentos para embalagens de proteção, como a laminadora de bolhas, composta por uma laminadora de bolhas e uma laminadora a quente, a qual, além de produzir o plástico bolha, pode laminar outros materiais, como, por exemplo, polietileno expandido com poliéster metalizado, empregado para isolamento térmico em telhados. Esta linha de máquinas foi projetada para fabricar embalagens protetoras e contra impactos e tem como principais usuários as indústrias de móveis, eletroeletrônicos, automobilística, cosméticos, metalúrgica, construção civil, vidros e transportadoras. Além destes lançamentos, será exposta toda a sua linha de equipamentos, como eixos pneumáticos, rolos curvos, castanhas pneumáticas e mancais de troca rápida, todos destinados às indústrias que operam com bobinas, para produção de embalagens flexíveis. Na linha de máquinas, serão apresentadas a cortadora de tubos de papelão, rebobinadeira Magiflex 300 para PVC; extrusora para produção de filmes de PVC; extrusora para fabricação de chapas de polietileno expandido de 0,5 a 28 mm de espessura; laminadoras dubladoras, para fabricar chapas de polietileno expandido de até 100 mm de espessura; além da laminadora coating, para processar polietileno expandido com poliéster metalizado e outros produtos.

PRÜFTECHNIKPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

O expositor apresentará seus principais equipamentos de medição de máquinas industriais, tais como os modelos Shaftalign e Optalign, para alinhamento de eixos acoplados ou não. Dotados de tela colorida e menus em Português, permitem a emissão de relatórios em pdf, atuam com alcance de 5 metros e sem distância mínima de medição, realizam a correção do alinhamento ao vivo e monitoração de pé manco, estando disponíveis com grau de proteção IP 65/67 e funcionalidades modulares para atender a necessidades específicas de uso, bem como com possibilidades de aplicação e conexão direta via USB a computadores e impressoras. No modelo Optalign apresenta, ainda, tabela de medição para verificar a repetibilidade de monitoramentos, e inclui probabilidade de comunicação sem fio sensor/computador; versão EX intrinsecamente segura para ambientes com risco de explosão; possibilidade de avaliar trem de máquinas; modo contínuo de medição sem pontos fixos; sequência ou limitação de ângulo e avaliação de retilinidade opcional. O modelo Rotalign Ultra de sistema de alinhamento de eixo tem todos os módulos de medição e funcionalidade, viabilizando o alinhamento de qualquer conjunto ou trem de máquina (até 14 máquinas). Possui laser rotativo de alta precisão, aloja sensor com tecnologia de medição de cinco eixos, sem limitação de posição ou ângulo, e vem com módulos adicionais de geometria para avaliar retilinidade, planicidade e concentricidade de mancais e ortogonalidade, além de módulo extra para análise de mudança de posição ou crescimento térmico ao vivo. Realiza avaliação global das condições de vibrações e laser padrão, com alcance de 10 m, expansíveis até 70 metros. O modelo Inclineo efetua medição absoluta e relativa de ângulos e opera com comunicação sem fio a computadores ou outros equipamentos da empresa, além de realizar checagem de nivelamento, prumo e possibilidade de avaliação de planicidade. O modelo Paralign funciona via medição inercial, para alinhamento de rolos, e fornece informações completas, como mapa de alinhamento do conjunto de rolos e necessidades de movimentação para correções; efetua correções ao vivo, tem operação independente e emite relatórios e avaliações imediatamente após a coleta de dados. O Alignment Center, uma plataforma para todos os equipamentos da empresa, permite criação e integração de informações na forma de banco de dados, para customização de relatórios, preparo de medições no PC e envio aos equipamentos, assim como comunicação bidirecional com as máquinas e avaliações estatísticas das medições.

PTC

A apresentação da versão beta do Creo Elements/Pro (nova versão e denominação do Pro/Engineer), uma das soluções que compõem a nova família de softwares Creo Design, será o principal destaque no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo, onde a empresa participará com estande próprio pela primeira vez. A nova ferramenta de CAD mecânico (Computer Aided Design) possui como diferencial a capacidade de unir as tecnologias de modelamento direto e paramétrico com total compatibilidade entre ambas. Com sua utilização, será possível, por exemplo, importar dados de outros CADs, independentemente de serem 2D, 3D direto ou 3D paramétrico, sem perda de informação, viabilizando aos usuários desenhar e modelar na ferramenta que preferirem e trocar os dados com outros usuários de forma transparente e sem perda de informação. Serão demonstrados em primeira mão para os visitantes da feira alguns dos principais módulos e funcionalidades do Creo Elements/Pro, entre os quais se inclui o Tool Design Option, voltado a auxiliar os projetistas no desenvolvimento de moldes para injeção de plástico a obterem maior agilidade, a fim de reduzir o número de horas trabalhadas no projeto e propiciar resultado mais preciso. Também serão demonstrados os módulos Plastic Advisor (para simulação de injeção e análise de preenchimento de cavidade), Pro/Mechanica (para simulação e análise estrutural de materiais poliméricos), CAM (para simulação de manufatura), além do Windchill ProductPoint, solução de PDM, voltada para ferramentarias e empresas de menor porte, para controle da gestão de dados dos projetos. A empresa atua no segmento de soluções para o gerenciamento do ciclo de vida do produto (PLM), bem como soluções em CAD/CAM/CAE/PLM aplicadas ao gerenciamento de conteúdo e de direção de processos, para empresas dos setores industrial, de alta tecnologia, aéreo e defesa, automotivo, varejo e médico.

QUANTIQ

A empresa estará presente com uma nova linha de elastômeros especiais da ExxonMobil, a Vistamaxx, e anunciará a nova parceria com a Mitsubishi para a distribuição de toda a linha de plásticos de engenharia, contando com a participação de técnicos internacionais da ExxonMobil, da Mitsubishi e da Lubrizol. O elastômero Vistamaxx, para poliolefinas, confere aos produtos transparência, elasticidade, flexibilidade e resistência ao impacto, pois tem estrutura molecular que permite a formulação de uma morfologia especial de poliolefinas semicristalinas, resultando, além das propriedades já mencionadas, em alta adesão ao polipropileno e ao polietileno. Dotado de aprovação FDA e EU, o Vistamaxx pode ser utilizado em diversas aplicações, tais como na melhoria das propriedades mecânicas para eletrodomésticos pequenos ou contêineres para alimentos; chapas transparentes para termoformagem ou embalagens de cosméticos; perfis flexíveis para a indústria automotiva, de móveis e de interiores; dutos flexíveis, corrugados e mangueiras; baldes de uso doméstico e industrial ou cadeiras; bandejas termoformadas, tábuas de carne e utensílios domésticos; grama artificial; membranas de filtros; mamadeiras; e ímãs flexíveis, além de conferir propriedades ao masterbatch.

RAPOSO
Os visitantes poderão conferir a linha de plásticos industriais reciclados e novos da empresa de mais de vinte anos de atividades no mercado e certificada pela norma ISO 9001:2008. Estarão expostos no estande produtos como polipropileno, polipropileno composto, polietileno, poliestireno alto impacto, acrilonitrila-butadieno-estireno, poliamida e poliacetal. Todos os materiais podem ser fornecidos com antioxidantes, cargas reforçadas, elastômeros, estabilizadores a luz e a raios ultravioleta, fibra de vidro, lubrificadores, modificadores de impacto etc.

RAX / PLAST-EQUIPPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

Estará mostrando toda a sua linha de periféricos, que abrange alimentação individual, válvula proporcional, dosagem volumétrica e gravimétrica; secadores, desumidificadores, centrais de alimentação, dosagem, secagem e desumidificação; moinhos, silos externos e internos, carrinhos e contêineres padronizados, chillers, controladores de temperatura de moldes; e controladores de espessura para linhas de extrusão de filmes. A empresa dará destaque às principais novidades na área de alimentação com os alimentadores para transporte de flakes, especialmente de PET, e os alimentadores centrais de alta eficiência. Em termos de dosagem, o foco será o lançamento da linha de dosadores gravimétricos RDG, ampliada e completa, para até seis componentes e 1.200 kg/h; e a nova geração dos dosadores volumétricos RDV-060-2 de dois componentes, para pequenas máquinas. Para o segmento de secagem e desumidificação, serão apresentados os novos desumidificadores com maior eficiência energética e tamanhos compactos para até 750 m3/h.

RHODIA

Entre as recentes inovações desenvolvidas no Brasil, a empresa apresentará o Technyl Star A205F, uma nova geração de poliamida, cujas propriedades técnicas permitem diminuir de maneira importante as temperaturas de processamento nas máquinas de injeção, contribuindo para reduzir em 15% o tempo do ciclo produtivo e em 20% o consumo de energia. A empresa estará divulgando, também, sua parceria com a Daicolor, para produção e comercialização de poliamidas coloridas na América Latina. Os materiais, desenvolvidos em cores especiais, são utilizados principalmente na produção de peças técnicas para diversos segmentos de mercado, tais como automotivo e de transporte, elétrico e eletrônico, e de esporte e lazer.

ROBUSCHIPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

Aproveitará a oportunidade para lançar o compressor parafuso isento de óleo, denominado compressor screw – oil free. O equipamento combina as características já consolidadas do conjunto Robox compacto dos sopradores tipo roots trilobulares, podendo atingir vazão de 10.500 m3/h, sob pressão de 2,5 barg. O equipamento oferece como grande vantagem o baixo consumo de energia elétrica e o baixo nível de ruído gerado durante o processo. Exibirá, também, aos visitantes os sopradores trilobulares e as bombas de vácuo de anel líquido.

Plástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: DivulgaçãoRONE MOINHOS

Será dado enfoque especial para as linhas “N” e “F” de moinhos, compostas por modelos convencionais de 2 a 150 CV, para produções de 10 a 3.000 kg/h dos mais diversos tipos de materiais, sejam peças injetadas, sopradas, termoformadas ou extrudadas. Também serão apresentadas as linhas “W” e “C”, ambas com baixo nível de ruído e baixo índice de emissão de pó, e adequadas para operações conjuntas com injetoras e sopradoras. Os modelos da linha “C” possuem cabine atenuadora de ruídos, funcionam com transporte pneumático para retirada do material moído, têm ventilador do tipo ciclone e alojam filtro manga para retirar o pó do ambiente, gerado durante o processo produtivo, além de apresentar sistema de segurança que impede seu funcionamento quando o bocal de alimentação ou qualquer porta de acesso estiver aberta. Os modelos da linha “W” possuem bocal de alimentação de paredes duplas, preenchidas internamente por material de alta absorção acústica e pintados externamente com pintura emborrachada, para propiciar baixo nível de ruído. São fornecidos em duas opções de motores de baixa rotação (200 e 400 rpm) e, normalmente, utilizam três lâminas rotativas e uma fixa, para permitir operações de limpeza, manutenção e substituição da peneira em poucos minutos. Além desses, estarão à mostra os modelos da linha tradicional “T”, com bocal alongado e volante de inércia, três lâminas rotativas e uma fixa, adequados para moagem de tubos e perfis de qualquer comprimento, sem a necessidade de corte prévio das peças.

ROTOLINEPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

Os visitantes poderão conhecer a máquina de rotomoldagem modelo Carrossel, o lançamento de maior destaque da empresa para esta edição da feira. A máquina é produzida com três ou quatro carros independentes, sendo eficiente na fabricação sequencial de peças. Constituída de forno, pré-resfriamento, descarga e carga, permite versatilidade no ajuste do processo, e possui carros independentes, possibilitando ao operador realizar ajustes de tempos diferentes em cada braço, para otimizar o processo. Outro destaque será a máquina DC Série XT, dotada de forno central e duas estações de resfriamento, que oferece facilidade para a troca do molde, bem como a opção de operar com uma ou duas estações. Será lançado, também, o modelo Rock and Roll, destinado a atender às necessidades de rotomoldadores de grande porte, pois possui forno central com capacidade para moldes de 7 metros de comprimento e 3 metros de diâmetro, próprio para a fabricação de tanques e barcos, entre outras peças. A máquina também se destaca por possuir duas estações de resfriamento e as plataformas móveis com suporte de duplo apoio para instalação dos moldes. O moinho para micronização modelo 400, desenvolvido para atender empresas com padrões de produção em larga escala, pois processa, em média, de 490 a 680 kg/h de polietileno para rotomoldagem, será mais um destaque do estande da empresa.

RULLI STANDARD

Mostrará aos participantes da feira suas linhas de extrusoras de filmes e chapas campeãs de vendas em 2010. Os equipamentos operam livres de manutenção e atingem alta produtividade e qualidade de plastificação, proporcionando aos operadores praticidade em seu trabalho, já que todas as máquinas, independentemente de sua complexidade, fornecem dados em todos os níveis, para seu funcionamento e controle de modo adequado.

SABICPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

O foco do estande estará voltado ao cliente, à tecnologia, ao crescimento e à sustentabilidade. Serão apresentadas novas tecnologias e aplicações desenvolvidas em diversas partes do mundo e voltadas a setores como infraestrutura, automotivo, médico-hospitalar, eletroeletrônico e de transportes. Estará em evidência o portfólio de resinas termoplásticas da empresa, composto por marcas conhecidas, como Cycolac (ABS), Cycoloy (ABS/PC), Geloy (ASA), Lexan (PC), Noryl (PPO), Noryl GTX (PPO/PA), Noryl PPX (PPO/PP), Ultem (PEI), Valox (PBT), Xenoy (PC/PET ou PC/PBT) e os compostos LNP. Entre os produtos mais avançados oferecidos no país, destacam-se as resinas Geloy (ASA), por sua elevada resistência à ação de intempéries, sendo utilizadas em diversas aplicações como, por exemplo, telhados, perfis e molduras de janelas, carcaças de retrovisores e grades frontais para veículos. Outro destaque é a resina Lexan (PC) e seus copolímeros e blendas, como o Lexan HFD, material que apresenta elevada fluidez sem, no entanto, ter a tradicional perda de tenacidade, propiciando flexibilidade de design, elevado desempenho termomecânico e ótimo acabamento superficial. Além disso, a resina se destaca pelo aspecto ambiental, pois contém em sua composição até 5% de biocomponentes. As resinas Valox iQ e Xanoy iQ também são enfatizadas por suas consideráveis contribuições ao meio ambiente, pois são obtidas por meio de processo único de recuperação de PET pós-consumo, usado na fabricação de garrafas de água. Ao contrário dos procedimentos convencionais de reciclagem, as resinas obtidas por meio deste processo apresentam propriedades superiores em relação à matéria-prima utilizada, igualando-se, praticamente, às resinas virgens de PBT ou PBT/PC, obtidas por vias comuns.

SAGECPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

A empresa levará para o evento um novo conceito em projetos e construção de secadores, granuladores, peneiras e ensacadeiras. Estará lançando umgranulador dotado de ajustes milimétricos e baixo nível de ruído, e uma nova peneira com movimento, para seleção de grãos. Também será apresentado o recém-lançado secador de “espaguetes” com batedor de fios, que proporciona 95% de eficiência de secagem em linha, para materiais como PE. Uma ensacadeira automática com novo design, para oferecer mais praticidade no processo de colocação e retirada dos sacos, bem como a utilização de uma nova versão de balanças eletrônicas, com recursos mais confiáveis e precisos nos ensaques, complementa a linha a ser exposta.

SANDRETTO DO BRASILPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

Dará ênfase especial às séries Logica e Nove HP Fast, seus modelos de maior sucesso no mercado nacional. As duas linhas contemplam a injeção de resinas commodities e técnicas. Oferecem grande flexibilidade em suas características técnicas e grande facilidade de adequação a opcionais, atendendo aos mais complexos moldes. Estará em exposição a máquina 770/130 Série Logica, que opera com volume de injeção de 507 cm3, força de fechamento de 130 toneladas e velocidade de injeção de 140 cm3/s, possuindo capacidade de plastificação de 32 g/s de PP. O outro modelo em exibição será o 1320/300 Série Nove HP Fast, que atua com volume de injeção de 658 cm3, fecha com força de 300 toneladas, desenvolve velocidade de injeção máxima de 1.000 mm/s e possui capacidade de plastificação de 80 g/s de PP. Os equipamentos da empresa possuem como inovações o comando eletrônico Optinjet da Automata e grande otimização nos circuitos hidráulicos.

SASIL

Nesta edição da Feira, a primeira após a aquisição da Varient, a empresa irá mostrar ao mercado sua nova estrutura de distribuição comercial, pois, agora, passa a atuar com a bandeira Varient nos estados de SP, RJ e ES. Levará ao evento o seu já tradicional portfólio de resinas commodities das bandeiras Braskem, com a distribuição de PP, PE, PVC e EVA, e Innova, distribuindo PS, ABS e SAN. Na área de especialidades, com a recente conquista da distribuição nacional dos copoliésteres Eastman, também será apresentada a nova geração de plásticos de engenharia com menores níveis de estresse residual, maior resistência química, maior transparência e mais facilidade de processamento e termoformagem. Para proporcionar resistência ao impacto e temperatura ainda maiores, a empresa conta com o Tritan da Eastman, um copoliéster que mantém a versatilidade dos demais e oferece esses benefícios adicionais. Toda a família de copoliésteres é isenta de bisfenol-A e, por isso, pode ser utilizada nos segmentos que contam com rigoroso controle de qualidade, como o de puericultura e utilidades domésticas, por exemplo.

SCHMUZIGERPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

Serão expostos equipamentos de três representadas da empresa. Da NGR, australiana, serão apresentadas as máquinas de reciclagem, construídas com o sistema “3 em 1 – único estágio”, no qual em um único maquinário é realizado todo o processo de moagem – alimentação – extrusão, dispensando dispositivos externos à linha, tais como moinhos/trituradores e tanques/reservatórios intermediários, oferecendo, assim, ganhos na simplicidade operacional e no espaço físico. As máquinas são equipadas com um sistema de controle de alimentação que regula automaticamente a velocidade de extrusão e a granulação, de acordo com o volume de material alimentado, garantindo a produção de grânulos de qualidade e tamanhos uniformes. Os equipamentos processam praticamente todos os termoplásticos e plásticos técnicos, em quase todos os formatos, como filmes, fibras, peças e tubos moldados por injeção etc., desde que não contenham cloro em sua composição, como o PVC. A Maillefer, da Suíça, será representada na feira com as linhas de extrusão, para produção de tubos plásticos de irrigação por gotejamento, com destaque para o modelo PIL 032-1F “TOP”, que opera com sincronismo em todas as etapas de fabricação de tubos, desde a inserção dos gotejadores, extrusão e perfuração até o resfriamento. O modelo possui capacidade de produção, na extrusora, de 250 a 270 kg/h e funciona com velocidades de produção de até 150 m/min, com gotejadores autocompensados, e até 180 m/min com os não compensados. Da Comi SPA, italiana, levará o sistema de corte a jato de água modelo Medusa, nas versões para três e para cinco eixos, cujos projetos com ponte móvel permitem obter elevado nível de precisão de corte. A máquina vem equipada com um cabeçote de corte próprio para atuar tanto para uso de jato de água pura como abrasiva, sob pressão máxima de 6.000 bar, permitindo o corte de peças de grandes espessuras (até 250 mm), feitas de titânio, aço, fibra de carbono e compostos. Na versão dotada de cinta transportadora (de malha de aço inox) possibilita alimentação com materiais em bobina e a execução de corte de peças de disposição encaixadas com alta precisão.

SCHÖTTLI

A expositora de origem suíça demonstrará sua competência na produção de moldes complexos e de alto desempenho, com economia de material e ciclos mais rápidos. Representada no Brasil pela Plast Mac, a empresa apresentará seus produtos junto com a companhia afiliada chinesa S-Mouldtech (Suzhou Mould Technology Co., Ltd.). Alta produtividade, máxima repetibilidade e elevada estabilidade dimensional marcam os moldes para injeção da Schöttli, especializada no desenvolvimento de moldes para o setor médico, embalagens de paredes finas, inclusive com in mold labelling (IML), e outras peças técnicas. A empresa também produz stack moldes.

SEIBTPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

Serão expostos pela primeira vez em uma feira três equipamentos da empresa, além dos já tradicionais modelos de moinhos convencionais, para aplicações especiais e de baixa rotação, bem como a linha de trituradores convencionais e de pastilhas. Um dos estreantes em feiras é o rasgador de rótulos modelo RR800, como parte dos sistemas de reciclagem para PET, equipamento construído com aço SAE 1020 galvanizado, de 29 hélices de alta resistência e quatro pás cada uma, e dotado de capacidade de processamento de até 1.000 kg/h e de dimensões de 2.000 x 4.000 x 3.200 mm, respectivamente de largura x comprimento x altura. Outro equipamento em destaque na exposição será a pré-secadora vertical PSV 640 de aço inoxidável 304 e dimensões de 640 mm de diâmetro e 1.500 mm de altura. Destina-se à secagem do material com menor consumo de energia e pouca emissão de pó, devido à sua forma construtiva vertical, que gera menos atrito do flake com a parede perfurada em comparação aos modelos horizontais. O triturador de garrafas MGHS 700 GF completa o trio de estreantes da Feira. Desenvolvido para atender às necessidades do mercado de reciclagem pós-consumo, para a moagem de garrafas e filmes, o equipamento tem fácil manutenção para acesso às facas e peneira, sem necessidade de uso de ferramentas. Tem bocal de articulação pneumática, para garantir mais segurança e nenhum esforço ao operador, e, além das características dos tradicionais moinhos da empresa, este modelo traz como inovação a moagem de filmes por rotor. Ocupa área de 1.320 x 2.350 mm, podendo ser fornecido com base elevada a 3.000 mm ou não e 2.000 mm de altura.

SEHI

Mostrará em primeira mão o distribuidor de linha simples RH-3000, acoplado a um pino visor para detectar entupimentos, o qual pode ser de duas, três ou cinco saídas, possibilitando ligação em série para a mais variada quantidade de pontos. O equipamento pode ser aplicado na lubrificação de máquinas injetoras, sopradoras e termoformadoras de plásticos, assim como em máquinas operatrizes em geral. Estará, também, em destaque a bomba de lubrificação modelo AMGP-CFW-2, dotada de painel de comando digital. Trata-se de uma motobomba de engrenagens, acoplada a painel de comando e controle digital com regulagem de tempo de pausa de 0 a 999 minutos e tempo de lubrificação de 0 a 999 segundos. O equipamento opera com tempo de acionamento do alarme programado via display e aloja válvula limitadora de pressão e de despressurização, possuindo manômetro com escala de 0 a 40 kg.

SEPRO ROBOTIQUEPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

Apresentará sua nova gama S5 Line de robôs cartesianos, controlados pela eletrônica Visual 2, sinônimo de automatização facilitada por uma programação simples e por um comando convidativo, próprios para automatizar máquinas injetoras de 3.500 a 8.000 kN. Em comparação à gama GIV, a linha S5 Line possibilita aumento de 50% quanto à capacidade de carga e de 16% em relação aos cursos. Possui braço para extração 10% mais estreito, permitindo curso de abertura do molde menor, o que resulta em aumento da velocidade dos ciclos. Possui um dispositivo de lubrificação integrado, para garantir tempo de funcionamento máximo para manutenção mínima (apenas uma vez por ano), pois efetua lubrificação permanente. Integrantes da 5ª geração de robôs da empresa, os modelos S5-25 e S5-35 foram concebidos para máquinas de médio porte e podem atingir altas velocidades, com cargas de até 20 kg. O modelo S5-35 é rápido e flexível e pode ser utilizado em injetoras com força de fechamento média de 3.500 a 8.000 kN e com descarregamento de peças de até 15 kg. Realiza curso horizontal de 2.000 a 7.000 mm, com velocidade máxima instantânea de 3,5 m/s, e curso vertical de 1.400 mm, possibilitado por um braço telescópico opcional de 1.800 mm, atuando sob velocidade de até 4 m/s.

SICCUSPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

Irá expor sua linha de secadores e desumidificadores para grãos de plásticos e flakes-PET, empregados para secar, desumidificar e cristalizar de forma dinâmica todos os lados do material, em pouco espaço de tempo, conservando suas propriedades físico-químicas. Os equipamentos estão disponíveis em três tamanhos, próprios para processar 50, 300 e 500 kg/h. Também será apresentada uma peneira vibratória com capacidade de até 1.000 kg/h, destinada a auxiliar na extração de pó dos grãos.

Plástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: DivulgaçãoSIG-ROOL

Um elastômero à base de cortiça será o destaque do estande. O produto oferece maior resistência à abrasão e menor atrito ao contato com diversos tipos de materiais, diminuindo a eletricidade estática entre filmes e papéis com os maquinários, tais como rebobinadeiras, desbobinadeiras e extrusoras. Especializada em revestimento de borracha e fabricante de camisa de silicone, rolo curvo (rolo banana) e revestimento de poliuretano (PU), para diversos segmentos, entre eles indústrias de embalagens plásticas, papel, papelão, indústrias gráficas, têxteis, siderúrgicas e moveleira etc., a empresa é certificada pela Norma ISO 9001. Outros destaques ficarão por conta dos diversos tipos de elastômeros produzidos, tais como Neoprene, nitrílicos, Ebonite, silicone, EPDM, natural e SBR, assim como canecas de alumínio, rolamentos blindados e capas tubulares feitos de acordo com a necessidade de cada máquina.

SKINTECH

A tecnologia oxibiodegradável, aplicável a polímeros plásticos de origem fóssil ou renovável (plástico verde), será o destaque no estande da empresa, que importa e distribui aditivos oxibiodegradáveis produzidos pela americana Willow Ridge Plastics Inc. O processo de oxibiodegradação ocorre em algumas fases, entre elas a de degradação oxidativa por temperatura e raios UV, com quebra da cadeia e perda do peso molecular do plástico oxibiodegradável, com a introdução do oxigênio e a transformação dos resíduos da degradação em biomassa (CO2 e H2O), passível de ser consumida por micro-organismos presentes no ambiente de descarte e, segundo o fabricante, inofensiva ao meio ambiente.

SILVER VÊNETOPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

A empresa usará o Anhembi como palco para lançar um conjunto composto de misturador/aquecedor para pigmentos, reciclados e resinas, além de expor sua linha de misturadores verticais, com capacidades de 0,3 a 24 m3; e horizontais, de 0,15 a 5 m3; bem como o misturador Y – duplo cone e de tambor. Roscas transportadoras, produzidas de acordo com as necessidades dos clientes; transportador pneumático, silos metálicos, peneiras rotativas e vibratórias, sistema de descarga e dosagem de resinas ou reciclados, acondicionados em um ou mais big-bags, complementam a linha de equipamentos feitos de aço carbono e pintura externa ou de aço inox, que serão exibidos na feira.

SO.F.TER BRASIL

Lançará um composto termoplástico de base copoliéster (marca Pibiflex), 100% reciclável, com altas propriedades elastoméricas, que combina características especiais para aplicações de engenharia que exigem dureza e elasticidade, alta resistência a deformações, resistência ao impacto, resistência à flexão, boa flexibilidade a baixas temperaturas e retenção de características a altas temperaturas. O produto se destina a diversos mercados como automotivo, linha branca, fios e cabos, utensílios domésticos, artigos esportivos e setor moveleiro. O material é produzido na Itália pela P.Group, parceira da empresa e fabricante de polímeros e compostos técnicos de engenharia. Irá destacar, também, suas linhas de elastômeros termoplásticos, além da parceria com a Huntsman, fabricante mundial de poliuretano termoplástico. Apresentará, ainda, sua linha de elastômeros termoplásticos, que envolvem as marcas Forprene (TPE com propriedades semelhantes à borracha para moldagem por injeção, sopro e extrusão), Laprene (produto à base SEBS para aplicação em biinjeção), Softprene T (material à base SBS com alto desempenho custo x performance) e Forflex (variação de TPE baseado em blendas de poliolefinas termoplásticas e elastômeros poliolefínicos diversos). Na América do Sul, a empresa atua em parceria com a Prisma Montelur. Além das unidades na Itália e Brasil, está presente no México e no Uruguai.

STARLINGERPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

Estará presente na feira com três lançamentos para o mercado brasileiro, os quais estarão em funcionamento. A bobinadeira com troca automática twinTape, para produção de bobinas de ráfia de comprimentos uniformes, é equipada com novo sistema de acionamento eletrônico, para reduzir a manutenção, pois elimina diversos componentes mecânicos. A máquina opera com tubetes de 35 mm de diâmetro interno e velocidade máxima de 600 m/min. O novo tear circular Ômega 1.000 HV funciona com sistema de liços metálicos e segmentos de cerâmica, para proporcionar aumento de sua vida útil. Pode produzir tecidos circulares e planos com até 160 g/m2, e opera com largura de trabalho de 300 a 850 mm, em duplo plano, e de 600 a 1.700 mm, com tecido plano, desenvolvendo velocidade de operação de até 1.000 lances por minuto. A máquina de corte e costura multiKON, novo modelo para sacos de tecido tubular de ráfia (laminados e não laminados), opera com velocidade de produção máxima de 55 sacos por minuto e vem equipada com novo cabeçote de costura Union Special, permitindo produção constante em altíssima velocidade e precisão. Admite a inclusão de diversos opcionais, para possibilitar a fabricação de produtos especiais, que incluem sistemas easy open (abre fácil) e alças para transporte do saco.

STÄUBLIPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

Mostrará seus engates CBX de face plana, para altas pressões, com tecnologia que garante a segurança do usuário, sem respingos e sem contaminação do local de trabalho, assim como evita que eventuais agentes poluidores externos penetrem no circuito. Disponíveis em diâmetros nominais de 3 a 12 mm e dotados de sistema de travamento automático, os engates propiciam manuseio fácil e prático, basta que sejam simplesmente empurrados contra o niple para o conjunto ser conectado. Este conceito é particularmente útil para usuários que fazem conexões cegas e/ou com grande número de repetições. Além disso, possui construção robusta para proporcionar alta resistência a esforços mecânicos, como vibrações e oscilações, bem como resistência mecânica e química adequada às necessidades da aplicação. Apresenta vedações de borracha nitrílica, fluorocarbono ou perfluoroelastômero, podendo ser utilizado sob pressão máxima de trabalho de 180 a 450 bar. A empresa colocará à mostra, também, o novo coletor de distribuição de fluidos (manifold) NCI 33, que oferece maior flexibilidade na conexão e distribuição de controle térmico de circuitos de termorregulação. Produzido com estrutura de módulos reguláveis, mesmo contendo líquido em seu interior, com preservação da estanqueidade durante manipulações, o equipamento oferece simplicidade de utilização e foi concebido para se adequar a todas as configurações, atendendo às exigências específicas de cada uso. Seu design inovador associa diferentes conexões, que vão desde simples conector com rosca a engates de face plana, de passagem livre ou valvulado. Permite variadas possibilidades de configuração, pois tem dois tipos de entrada ou saída (axial ou radial).

STEELMACH/GRUPO ALLTECH

A empresa participará pela primeira vez expondo uma máquina elétrica de injeção paralela, ou seja, de duas cores, que fecha com 110 e 150 toneladas de força. A máquina da série LGE, da coreana Mtron (Grupo LG), consome até 70% menos energia e é 50% mais silenciosa e livre de contaminação por não utilizar óleo hidráulico. Possui controlador com loop fechado completo, dotado de sistema de fechamento do tipo joelho de cinco pontos, microprocessador de 32 bits e base Windows, além de autodiagnóstico, alarmes e monitoração. Funciona com acionamentos via servomotor de corrente alternada e resposta rápida, propiciando aumento da produtividade devido à operação de movimentos simultâneos. A série LGE oferece injetoras nas capacidades de 30 a 550 toneladas, em três versões: standard, high speed e super high speed, podendo chegar a 800 mm/s de velocidade de injeção.

STYROCORTEPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

De olho no aperfeiçoamento e no lançamento de novidades para atender o mercado de construção civil e de decorações, a empresa lançará o Styroforro, ou seja, placas de poliestireno expandido (EPS) antichamas para forros de pequenos e grandes ambientes, que proporcionam isolação térmica e acústica. O produto estará disponível nos modelos Hamburg e Nizza, dois tipos diferentes de acabamento, pode ser instalado sem aplicação de massa acrílica para o acabamento, não trinca e é 100% reciclável. A empresa é especializada na fabricação de produtos de EPS (marca Isopor), tais como caixas térmicas personalizadas, especiais para o transporte de medicamentos e alimentos perecíveis; calços recortados ou moldados para eletroeletrônicos, eletrodomésticos, informática e flocos para acolchoamento (S-Pack), para produtos frágeis.

Plástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: DivulgaçãoSUPRIMAS SOLUÇÕES FLEXÍVEIS

A empresa levará ao pavilhão do Anhembi novidades como tubo modelável de polipropileno, mangueira de TPE atóxica e PU, mangueira para ducha e mangueira para produtos à base de petróleo. Exibirá, também, sua linha de produtos composta por mangueiras produzidas com PU, PVC, PE, TPE (termoplástico) e alumínio, bem como proteções sanfonadas, mangueiras de PVC com e sem trama, arame, mangueira de silicone, mangueira para alta pressão e cotovelos/redutores de silicone.

TECNOFERPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

Lançará para o mercado brasileiro uma unidade de tratamento a quente para flakes de PET, sistema especialmente desenvolvido para retirar do PET substâncias de difícil remoção, como pegamento de óleo. Além de conseguir a remoção total de contaminantes, a empresa projetou um sistema de depuração contínua da água quente, que atua acoplado à unidade de tratamento, para propiciar economia no processo, pois filtra a água quente e a retorna depurada para o tanque, evitando assim a perda de temperatura e de detergentes. A empresa desenvolveu, também, um compactador para secagem de filmes de PE, que compacta e aquece o material, resultando em um filme com umidade residual de cerca de 8% a 10%.

TECNOS

Será enfatizada a representação da Maguire Products, empresa americana voltada ao mercado de sistemas de gestão de materiais plásticos para injeção, sopro, extrusão e moldagem rotacional, entre outros, bem como ao fornecimento mundial de dosadores gravimétricos e dosadores de líquidos, além de ser fabricante de sistemas de carga, misturadores, dosadores de rosca e equipamentos e softwares relacionados. O grupo Tecnos atua em três divisões: Tecnos Plásticos, Tecnos Metais, que desenvolve e produz sistemas de armazenamento, e a Tecnos Laser, atuante no mercado de corte, dobra, solda e outros serviços em aço carbono, aço inoxidável e alumínio.

TECNOSERVPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

Irá anunciar a parceria com a empresa alemã Strack Norma, cujas atividades são voltadas ao fornecimento de componentes para moldes, os quais seguem padronização internacional, proporcionando vantagens aos projetistas e usuários tais como planejamento e cálculos rápidos, redução de custos do molde e do prazo de produção, e fácil aquisição de peças para reposição. Com mais de 150 mil itens catalogados, durante a feira, os visitantes poderão conferir alguns dos produtos da empresa, com alguns destaques. Um deles é o elemento de centralização W44, que permite centralização adequada em ambos os lados do molde e se apresenta livre de desgaste e de jogo. O interruptor de limite Z 7615-M possui resistência térmica até 70ºC, é à prova de respingos para IP-40 e tem suporte robusto com interruptor microlimite integral. A trava automática para transporte R 1025, para montagem e trocas rápidas, evita a abertura não intencional na montagem e desmontagem do molde de injeção, assim como no transporte. Os dispositivos de acoplamento ejetor Z 4156 e Z 4157 possibilitam que os ejetores da máquina hidráulica sejam conectados de modo adequado com as ferramentas. Já os ejetores de duplo estágio Z 5081 e Z 5085 são usados em ferramentas, viabilizando que o primeiro e o segundo curso atuem separados um do outro. As unidades deslizantes Z 4290 e Z 4296, em modelos redondo e quadrado, e as travas de engate Z 3 e Z 4, para proporcionar altas velocidades de abertura e fechamento, ideais para ciclos rápidos de moldagem, completam a linha de exposição da empresa.

TERMOCOLOR

Levará à mostra uma nova linha de produtos aditivados com ação antimicrobiana e novos masterbatches perolizados de alta performance, além de sua linha tradicional de masterbatches, aditivos, compostos, resinas tingidas e de beneficiamento de compostos e tingimento. O aditivo antimicrobiano tem função bacteriostática que evita o desenvolvimento de micro-organismos. Desenvolvido com a nanotecnologia da prata, o aditivo possui alta estabilidade a temperatura e está disponível para diversas aplicações, tais como em utilidades domésticas em geral, cutelaria, higiene pessoal, embalagens para laticínios e de cosméticos, e acessórios para banheiros, entre outras. Já a linha de masterbatches perolizados resiste a temperaturas de até 250ºC, sem perder a qualidade de dispersão e garantindo aplicação sem manchas ou oscilação de cores. A empresa foi certificada recentemente pelas normas NBR ISO 14001:2004, voltadas ao meio ambiente, e pela OHSAS 18001:2008, relacionada à saúde e à segurança no trabalho.

TICONA

Os visitantes poderão conhecer o amplo portfólio da empresa composto pelos polímeros MetaLX, disponíveis pelas famílias de produtos acetal copolímero (POM) marca Hostaform, PBT marca Celanex e TPC-ET marca Riteflex, os quais não geram poluentes químicos associados com pintura e revestimento, inclusive de metal; os compósitos termoplásticos (marca Celstran), para atender às necessidades de desempenho mecânico, térmico e químico dos clientes; o novo poliacetal de alta resistência HS 15 POM, dotado de elevada resistência química a fluidos agressivos, tais como a água quente e soluções alcalinas concentradas; a nova geração de poliacetais de alto impacto, que proporciona aumento de até 75% da resistência ao impacto e até 300% de resistência na linha de emenda; O PPS marca Fortron, que suporta temperatura de uso contínuo de até 240ºC e permite reduzir em até 50% o peso das peças, em comparação às metálicas.

TIDLANDPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

Demonstrará dois tipos de eixos pneumáticos. O eixo diferencial modelo D4, projetado especialmente para o enrolamento de filmes plásticos, autoadesivos e outros materiais, em tubetes de 3 polegadas de diâmetro, diminui de modo considerável o tempo de setup da máquina, bem como as perdas de material. Permite o controle total da tensão de enrolamento, em virtude da capacidade de deslizamento monitorado de cada bobina cortada, eliminando a necessidade de repassá-las pela bobinadeira e o uso de “doctor machines”. O eixo expansivo Ultraleve, com 3 e 6 polegadas de diâmetro e 14 kg e 15 kg, é ergonômico e se apresenta como um recurso para facilitar o manuseio e proporcionar mais conforto aos operadores de máquinas, evitando problemas de dores na coluna. É empregado em rebobinadeiras, impressoras e laminadoras, entre outros equipamentos.

TRADECONNEX

Presente pela primeira vez na exposição, a empresa divulgará as resinas importadas de PE, PP, PVC, PS e PET que disponibiliza ao mercado brasileiro. Com escritórios em São Paulo, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, além de manter uma base em Houston, nos Estados Unidos, conta com a parceira MFC Commodities GmbH, localizada na Áustria. Suas principais oportunidades estão centradas nos mercados dos Estados Unidos, Colômbia, Nigéria, Arábia Saudita, Irã, Coreia do Sul e China.

VALENTE MOAGEM

A empresa divulgará os serviços que presta há quase 26 anos às empresas de transformação de plásticos por sopro, injeção, extrusão e rotomoldagem, entre outros processos, e no segmento de moagem de termoplásticos. Será dado destaque à granulação de PE, PVC, PS, PET e ABS, bem como ao diferencial de atendimento da empresa embasado no uso de tecnologias avançadas e na disponibilidade de um moderno laboratório de controle de qualidade e análises dos materiais, cujo objetivo é atender às especificações técnicas de cada cliente.

VALMART

A empresa lançará a linha VM de máquinas automáticas para fabricação de sacos e sacolas plásticas, composta pelos modelos 1100, 900, 700 e 500, respectivamente, construídos com larguras máximas úteis de solda de 1.100, 900, 700 e 500 mm. Todos os modelos podem processar sacos com comprimentos de 50 a 5.000 mm e espessuras para solda lateral de 0,015 a 0,15 mm e espessuras para solda fundo de 0,06 a 0,50 mm. Os equipamentos atingem produções máximas de 250, 280, 300 e 300 ciclos/minuto e têm potências instaladas respectivas de 10, 9, 8 e 7 kW. O modelo VM 700 estará em exposição durante o evento.

VILLARES METALSPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

Terá o pavilhão do Anhembi como palco de lançamento do Vimcor, novo aço inoxidável de alta usinabilidade, para aplicação em processos de produção de câmaras quentes, porta-moldes e moldes de injeção de termoplásticos, entre outras. Entre as principais características deste novo aço, que possui os mais importantes requisitos desejados pelas ferramentarias e usuários finais de moldes e componentes para injeção de plásticos, estão a alta usinabilidade em desbaste e em furação profunda, bem como elevadas soldabilidade, uniformidade de dureza, estabilidade dimensional e boa resistência à corrosão. O Vimcor é adequado para utilização em ambientes de elevada umidade e de estocagem, como os encontrados em câmaras quentes, placas de refrigeração e porta-moldes. Pode ser fornecido em formatos redondo e quadrado de, no máximo, 600 mm, e retangular, com área máxima de 3.000 cm2 para espessuras de até 500 mm, ou em outras dimensões, sob consulta. Na oportunidade também serão apresentados outros dois tipos de aço indicados para aplicação em moldes para plásticos: o VP100, desenvolvido com menor uso de elementos microligantes, podendo ser endurecido em condições de resfriamentos diferentes da têmpera tradicional e cujo processo de tratamento térmico diferenciado contribui para a sustentabilidade, com menor emissão de CO2; e o N2711M, aço com usinabilidade aprimorada, aplicável a moldes que utilizam material pré-temperado para 40 HRc, garantidas as propriedades de “polibilidade” e limpidez, requeridas para a fabricação de itens com alto grau de transparência e espelhamento. Os produtos da empresa têm qualidade certificada de acordo com as normas ISO 9001:2000, ISO / TS 16949:2002, Embraer GQP/SQF, D2000W0, Ü-Norm e P.E.D Diretiva 97/23/EC.

WELTECH

Estará lançando a Mini Compacta, máquina voltada especialmente para pequenas aplicações na união de peças plásticas, principalmente na solda de lingerie (costura da alça), e o novo gerador de ultrassom com tecnologia IGBT. Além disso, a empresa, atuante na área de fabricação de máquinas, ferramentas e dispositivos para soldagem de peças plásticas, incluindo solda por rebitagem ou remanche de torres ou aletas, estará expondo seus equipamentos convencionais como ultrassom, termofusão, rotação (solda por giro), teste de estanqueidade e ferramentas em geral, como sonotrodos, transdutores (sono conversores) e transformadores acústicos (boosters), entre outros.

WORTEXPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

Será exposta a linha de produtos focada na indústria de transformação de plásticos por injeção, sopro e extrusão, tais como roscas, cilindros (monos e duplos), nitretados e/ou bimetálicos e seus acessórios. Para reciclagem, serão apresentados os modelos Challenger Recycler (mono e dupla degasagem) e Challenger Compounder, além de recicladoras convencionais e de PET, máquinas extrusoras, kits de extrusão e troca-telas manuais e hidráulicos, entre outros equipamentos.

WUTZLPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

Estará expondo diversas máquinas de sua linha de termoimpressoras e impressoras tampográficas, com destaque para o sistema tampográfico de impressão de tampas PET, equipado com pré-tratamento de superfície por efeito corona. O equipamento possui sistema de alimentação inovador, que permite imprimir até 18 mil peças por hora, com funcionamento suave, em um conjunto compacto. Outros destaques serão a máquina de heat-transfer em peças cilíndricas e peças planas e linha CUP completa de tinteiros selados, além de uma máquina para aplicação de heat-transfer.

Plástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: DivulgaçãoZETTATECCK

Irá apresentar as máquinas sopradoras da Kautex Maschinenbau, da Alemanha, modelos KCC, KLS e KBS, para produzir componentes soprados de poucos mililitros até 10 mil litros. O foco principal será a linha KCC, composta por modelos dotados de estações simples e duplas, para a fabricação de componentes de até 30 litros. O modelo KLS caracteriza-se como uma máquina de cursos longos que comporta cabeçotes para, no máximo, 16 cavidades em diversos tamanhos, destinada a altíssimas produções. Já o modelo KBS é voltado à produção de peças industriais, como autopeças e embalagens industriais com volumes acima de 30 litros. Serão apresentadas, ainda, no segmento de sopro de peças automotivas, tecnologias, como o sopro 3D, extrusão sequencial SeSo e as variedades de controle de parison WWDS, PWDS, SFDR e outras soluções turn-key para automação após o sopro.

ZUMBACHPlástico Moderno, Brasilplast 2011 - O que há para ver na feira - Foto: Divulgação

Muitas novidades na área de medição e controle de qualidade estarão à mostra na feira. Entre os lançamentos está o sistema Wallmaster para medição de espessura de parede/diâmetro interno e externo e controle para tubos e mangueiras. O aparelho conta com scanner Umac Z, no qual os transdutores podem ser ajustados sincronicamente para a melhor posição na medição, operando de modo que, em poucos segundos, é possível abranger um diâmetro externo de até 180 mm.

A loja, também, um scanner Umac R com até oito pontos de medição e grandes diâmetros de até 450 mm. Terão destaque, ainda, os medidores de diâmetro e ovalidade a laser Odac, de eixo duplo e triplo, para tubos e mangueiras, dotados de nova geometria do feixe de laser, função de detecção de falhas e alta velocidade de varredura. Outro lançamento será o sistema Profilemaster, com aplicação de tecnologia de corte de luz (laser e CCD), para medição da seção transversal completa, incluindo dimensões como distâncias, raios etc. Um aparelho para detecção de falhas de superfície em três eixos KW 13TRIO e KW 32TRIO, via processamento de imagem ou fotometria, e o novo Speel 3000, para monitorar velocidade e comprimento óptico, projetado para aplicações que requerem precisão elevada, mesmo em velocidades muito altas, completam as novidades a serem apresentadas aos visitantes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios