Plástico

Benefícios do uso de canal quente com Resinas Ionoméricas SURLYN

Plastico Moderno
5 de outubro de 2020
    -(reset)+

    Uso do ponto de injeção valvulado

    Plástico Moderno - Artigo Técnico - Benefícios do uso de canal quente com Resinas Ionoméricas SURLYN em peças decorativas ©QD Foto: Divulgação

    Um ponto de injeção valvulado veda o ponto de injeção com a bucha do canal frio com a ajuda da haste da válvula. Por ação mecânica, a haste da válvula é movida para a frente, vedando o orifício do ponto de injeção no canal quente. Essa válvula permanece fechada durante a abertura do molde e a expulsão das peças, permitindo que a resina fundida não forme fio facilmente.

    As propriedades físicas das peças moldadas melhoram com o uso de um ponto de injeção com válvula. A tensão interna nas peças moldadas é o resultado da orientação molecular, causada pelo cisalhamento. Os pontos de injeção da válvula, com um diâmetro maior, geram menos cisalhamento em comparação aos não valvulados. O resultado é uma peça com menos deformação, menos tensão interna e melhores propriedades físicas e estabilidade dimensional.

    As resinas ionoméricas, apesar de sua grande transparência, ainda são semicristalinas e, portanto, o ponto de injeção valvulado do canal quente deve manter e conduzir o calor por todo o coletor até o ponto de injeção do pequeno canal frio, para manter a resina sempre fundida. Por outro lado, o resfriamento do molde reduz a temperatura na ponta e esse tipo de ponto de injeção permite que o ponto quente seja sempre mantido sem se solidificar. Para usar resinas ionoméricas, também é aconselhável usar materiais com resistência à corrosão.

    Em conclusão, embora um coletor de canal quente combinado com um pequeno galho de canal frio possa representar um custo inicial mais alto ao investir em um molde, é de grande valor na moldagem de peças decorativas de grandes espessuras de parede feitas com resinas ionoméricas Surlyn. O resultado é a qualidade da aparência das peças, sua estabilidade dimensional, a facilidade de processamento e o mínimo de desperdício por causa do mesmo canal frio e das peças defeituosas.

    Devido ao tamanho robusto e complexo das peças moldadas em resinas ionoméricas, o número de cavidades em um molde de injeção geralmente fica entre 8 e 16 cavidades. Portanto, o pequeno galho frio significará uma porcentagem muito pequena do material fundido por ciclo de moldagem.



    Recomendamos também:








    0 Comentários


    Seja o primeiro a comentar!


    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *